Salas de jantar clássicas por GATON VALLE

10 erros que muitas famílias cometem ao comprar móveis

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Quando mudamos para uma nova casa, é comum que ocorra a ideia de renovar os móveis para conferir a melhor adaptação possível ao novo espaço ou simplesmente adotar um novo estilo decorativo para os ambientes. 

Neste ponto, existem opções muito interessantes que podem surgir de móveis reformados ou novos. O principal desafio, neste caso, é ter o devido cuidado para que a empolgação acabe não discorrendo em exageros onde, o principal risco é ter no lar móveis inúteis e, por consequência, prejuízos. 

Pensando nisso, trouxemos hoje algumas boas dicas que serão ótimas se você está com a renovação de mobília em mente, mas sente dúvidas sobre a real necessidade desta opção. 

Siga conosco e confira!

1.Móveis de design com pouca versatilidade

Um móvel com desenho original pode cair muito bem em um novo espaço, contudo, é necessária a atenção quanto a disposição do novo espaço para valorizar devidamente a peça. Para isso, uma boa dica é optar por decorações com detalhes neutros que facilitem a adaptação e realcem a originalidade do móvel.

2. Poltronas com capas: uma coleção de manchas

Capas demandam cuidado especial para evitar a má aparência na decoração do lar. Se você tem animais domésticos, por exemplo, é fundamental a limpeza quase diária da capa. Portanto, cuidado com esta escolha.

3. Mesas grandes ou muito pequenas: pouco práticas

Antes de comprar uma nova mesa para sua sala de jantar, verifique se os espaços disponíveis são realmente suficientes para abrigar o novo móvel. A dica é que o conjunto de mesa e cadeiras fique em um espaço de pelo menos 90 cm. distante dos corredores para proporcionar conforto ao dia a dia.

4. Móveis reciclados: nem sempre aptos para todos

Os móveis feitos a partir de materiais reutilizados são encantadores e originais. Contudo, sua vida útil é naturalmente mais limitada em comparação a móveis novos. Portanto, é muito importante saber escolhê-los, especialmente se você tem crianças em casa.

5. Móveis estilosos: reciclagem muitas vezes deficiente

Móveis recuperados em estilo clássico podem ter remodelações deficientes que prejudiquem visualmente o estilo de seu lar. Além disso, é importante analisar corretamente a quantidade de reformas realizadas e a possível presença de cupins e ressecamentos nos tecidos.

6. Ilhas: apenas para cozinhas grandes

As ilhas são soluções excelentes para oferecer maior funcionalidade aos ambientes e garantir conforto nas tarefas do dia a dia. Contudo, é fundamental garantir que o ambiente tenha espaço suficiente para posicionar esse móvel. Comprar simplesmente pelo impulso, sem o devido planejamento, não será uma boa ideia. 

7. Estantes de armar: não são para todos

Muitas pessoas ficam tentados com as estantes econômicas que são de armar. É fundamental antes verificar a complexidade da montagem das peças para que não ocorra o risco de quebrar o móvel no processo. Outro ponto importante, é garantir que você possui em seu lar as ferramentas necessárias para deixar a peça perfeita e resistente para o uso no dia a dia. 

8. Bibliotecas grandes e compactas

As bibliotecas são espaços encantadores que valorizam a personalidade dos ambientes, especialmente quando são de madeira. Muitas vezes, esse móvel é escolhido mais pela estética do que pela praticidade. Uma boa dica para escolher esses modelos de estantes para livros, é optar por móveis modulares que são fáceis de serem remanejados ou distribuídos conforme a disposição do ambiente.

9. Móveis grandes: impossíveis de mudar

Sempre lembramos da necessidade em verificar o espaço disponível no momento de comprar seus móveis. Móveis grandes, por exemplo, provavelmente ficarão fixos em um mesmo lugar durante muito tempo ou, até mesmo, impedindo a redecoração com o passar dos anos. 

10. Móveis de moda: são temporários

Muito cuidado com as opções que estão em alta na moda. Depois de apenas alguns meses, você poderá ter uma peça ultrapassada, que não combina em nada com as outras peças de sua decoração e de difícil revenda. Evite o impulso e pensa na utilização da peça ao longo dos próximos anos. 

E você, tem alguma dica para não errar na compra de móveis?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!