A transformação desta casa é espetacular!

Luciana P Luciana P
Loading admin actions …

Reformar é uma maneira de aplicar soluções arquitetônicas com criatividade e interesse, exigindo muitas vezes alguma complexidade e gerando quase sempre uma enorme e boa energia de mudança. Como sabemos, muitas vezes pode parecer um desafio muito grande, como este de transformar uma antiga casa em forma de caixa, dos anos 70, em uma casa moderna e estruturada. Você encararia o desafio?

A tarefa era difícil e complexa, mas o escritório francês Helene Lamboley conseguiu reviver esta propriedade com mais de 40 anos de idade e transformá-loa em um edifício super moderno, com toques tropicais. A casa dos sonhos nem sempre precisa começar do zero, sua criação pode muito bem nascer a partir de algo que já existe, desde mude o suficiente para se adaptar aos gostos e necessidades do novo proprietário. Neste caso, observou-se que esta casa evolui e se tornau uma bela residência de dois andares, procurando resgatar a maioria dos elementos existentes que estavam em boas condições, assim como alguns conceitos originais de construção. Não perca esta transformação emocionante que separamos para você, especialmente nas imagens a seguir…

Antes: uma casa triste e sombria

Partimos da casa original, uma casa simples que se desdobra em um campo verde, com todos os quartos e espaços distribuídos em um andar. A forma e as cores do edifício mostram a data em que foi concebido, as cores pasteis do detalhe do telhado mostrando tendências utilizadas na década de 1970. Atualmente, a casa parecia triste por fora, além de não cumprir as necessidades dos atuais proprietários, que não são os mesmos que há 40 anos.

Uma mudança surpreendente!

Sim, nós também tivemos que olhar duas vezes, A casa foi completamente transformada! Ela não só dobrou de altura, com um novo andar, como também mudou sua distribuição, cores e materiais. que são totalmente inovadores e modernos. No entanto, algumas paredes e tetos foram mantidos devido a sua excelente condição, o que faz com que o nível mais baixo mantenha certos elementos que apareceram na construção original. Os novos proprietários, amantes de cores vibrantes, optaram pelo o tom de magenta escuro, que contrasta perfeitamente com a madeira que reveste o resto do edifício.

Resplandor total

Ao contrário da casa original, a nova construção tem grandes superfícies envidraçadas que permitem a passagem da luz, inundando os espaços com luz natural e calor. À noite, a luz de dentro da casa brilha, iluminando o pátio. O novo quintal agora possui um deck de madeira, durável e bonito, que juntamente com o toldo retrátil fornece espaço para desfrutar do sol ou abrigo do verão para desfrutar da brisa em dias quentes. Do lado de fora vemos que a cor magenta ainda está presente em alguns detalhes para o lar, como móveis e espreguiçadeira.

Cozinha sóbria e elegante

cozinha, ao contrário do quarto, apresenta uma paleta um pouco diferente, em onde o verde está presente em uma das paredes principais do espaço. O resto das cores são mantidas claras e neutras, com destaque para os acabamentos de tetos de madeira polida para a bancada de café da manhã e preparo de alimentos, que é iluminada com uma luminária pendente e vários bancos de couro na cor preta. Este espaço minimalista e totalmente funcional tem uma bela vista para o jardim através das grandes janelas e portas de vidro que se abrem para o pátio, onde persianas foram implementadas para filtrar a luz do sol da tarde para evitar o superaquecimento nesta área.

Detalhes sobre a fachada

Nesta foto, vemos os novos acabamentos da habitação mais de perto. A pele de madeira que cobre a maior parte do volume é formada por tiras de madeira natural, em uma espessura que protege o edifício do tempo. Com o tempo, a madeira vai mudando a sua cor, criando novas cores e tornando a fachada um elemento vivo. O volume em circulação foi revestido inteiramente com painéis em tom magenta para quebrar a monotonia da madeira e dar-lhe um toque de remodelação moderna e arrojada.

O novo terraço

Terraços  por HELENE LAMBOLEY ARCHITECTE DPLG
HELENE LAMBOLEY ARCHITECTE DPLG

Vue sur la terrasse de l'étage avec pergola bois et bardage red cedar

HELENE LAMBOLEY ARCHITECTE DPLG

Com um novo andar, novos espaços vêm. Como tal, este belo terraço coberto por uma pérgola de madeira, possui o mesmo material que reveste as paredes e que emolduram o terraço. O andar de cima também usa tiras deste material, tendo o cuidado de colocar as tabelas no mesmo sentido que as pérgulas. O terraço se comunica com as áreas comuns do piso superior e com um dos quartos, com uma utilização versátil como um terraço ou área privada para celebrar e receber convidados.

A transformação deste apartamento foi um trabalho meticuloso e perfeitamente executado. E portanto não há limites quando se trata de intervir e reformar, desde que o senso comum e bons critérios de projeto sejam usados.

Gosta de reformas? Que tal conhecer agora mais uma em uma outra dimensão? Acesse:

Antes & Depois: Reforma de um apê vintage

O que achou do resultado? Estamos ansiosos para saber!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!