Design de interiores com móveis usados

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Não existe nada melhor do que fugir do óbvio e dos lugares comuns e se sentir uma pessoa mais autêntica, seja nas escolhas mais triviais, como na escolha do vestuário e do corte de cabelo, até as escolhas mais importantes, como a escolha da profissão, do estilo e vida e, claro, da decoração da casa. Por quê seguir uma moda ou um padrão se somos seres únicos e dotados de personalidade, vocações e desejos próprios? Você não precisa decorar sua casa com móveis, acessórios e objetos da coleção e do catálogo mais recente das grandes marcas. Antoni Gaudí, mestre da arquitetura modernista catalã, dizia que ser original significava voltar às origens. Portanto, ás vezes a solução mais original pode vir do passado, de sua compreensão, incorporação e interpretação.    

Em tempos de era comunicação, na qual todas as pessoas sentem a necessidade de estarem conectadas, na qual nossas casas são repletas de mecanismos automatizados e aparelhos domésticos conectados na internet, fugir do óbvio significa buscar um estilo de vida menos conectado e em sintonia com a natureza e com as pessoas ao seu redor. 

O uso de móveis usados e repaginados na decoração de interiores é uma alternativa ao estilo de vida tecnológico e consumista e tem atraído cada vez interesse para seus aspectos estéticos e ambientais.    

Neste artigos apresentamos exemplos de design de interiores com móveis usados e repaginados, que dão personalidade e autenticidade aos ambientes, além de um toque rústico que os tornam mais cativantes e aconchegantes.

Novos usos

Os móveis usados podem perfeitamente ser combinados com móveis novos e modernos. Neste projeto, uma cômoda antiga e um aparador de vidro convivem em harmonia, contribuindo mutuamente para realçar as qualidades estéticas contrastantes de ambos. Além disto, as gavetas do móvel rústico foram transformadas em suporte para vasos de plantas e temperos. Uma pequena horta nasceu de um gesto simples.

Para saber mais sobre o aproveitamento de objetos usados no design de interiores, leia este artigo.

Sofá com novo estofado

A Loja Olhar o Brasil: Lojas e imóveis comerciais  por Olhar o Brasil
Olhar o Brasil

A Loja Olhar o Brasil

Olhar o Brasil

Obviamente, muitas pessoas se apegam aos seus objetos, que trazem histórias e lembranças de familiares e pessoas queridas. O sofá é um móvel indispensável na sala de estar e está sujeito a depreciação e desgastes provocados pelo uso e pelo tempo. Mas isto não significa se desfazer do companheiro de tantos momentos queridos. É perfeitamente possível, como neste exemplo de design de interiores, renovar o sofá e dar-lhe uma nova aparência com a substituição do estofado. A escolha do novo estofado, com estampa e cores sóbrias ou vibrantes pode inclusive servir para renovar a decoração do ambiente e torná-lo mais despojado e personalizado.

Móvel reinventado

As cores são ótimas aliadas para quem deseja ousar no design de interiores. Neste projeto, o ambiente de cores sóbrias ganhou cores através do uso de móveis como o sofá vintage de cor lilás e a cômoda bombè colorida. O destaque do ambiente é a cômoda bombè em estilo clássico, que originalmente possuía uma cor escura e ganhou nova pintura com listras coloridas que deu-lhe uma nova personalidade, mais descontraída. 

Reciclagem

APTO ANTONIO CARLOS: Salas de estar ecléticas por Mauricio Arruda Design
Mauricio Arruda Design

APTO ANTONIO CARLOS

Mauricio Arruda Design

Se você possui algum móvel antigo e que já não se encaixa mais na decoração do ambiente, você pode dar-lhe uma nova função ou uma repaginada, de modo a torná-lo novamente apto a incrementar a decoração do ambiente. Neste projeto de design de interiores, a cômoda de estilo vintage foi repaginada e suas portas e gavetas foram substituídas por caixotes de plástico de diversas sores, que além da pegada ecológica oriunda do reaproveitamento de objetos obsoletos, destaca-se pelo seu estilo despojado e autenticidade, combinando com o estilo cool da decoração.

Móvel de madeira garimpado

É muito comum herdarmos objetos e móveis de familiares. Estes objetos, geralmente de estilo mais rústico, podem se tornar os protagonistas da decoração do ambiente, quando combinados de modo adequado com o restante do mobiliário. Neste projeto de design de interiores, uma cômoda de madeira maciça de estilo rústico, combinada com os demais móveis de madeira e detalhes como a cortina, quadros e objetos decorativos, dá um toque rústico e um charme especial ao ambiente da sala de jantar.

Mesa de jantar rústica

Neste projeto a sala de jantar em estilo vintage conta com diversos móveis rústicos, como o aparador de madeira de estilo clássico, as cadeiras de madeira e a mesa de jantar, que se destaca pela sua dimensão e pela sua aparência de pátina, com pintura branca desgastada, que confere ao móvel e ao ambiente um charme e elegância únicos.  

Aparador vintage

Apartamento Bairro de Higienópolis: Sala de estar  por CARMELLO ARQUITETURA
CARMELLO ARQUITETURA

Apartamento Bairro de Higienópolis

CARMELLO ARQUITETURA

Fugir do óbvio no design de interiores é dar aos ambientes da sua casa uma identidade que espelha a sua personalidade de tal maneira, que quem o experimenta possa perceber a ligação do ambiente com a sua personalidade. Quem adora viajar e valoriza outras culturas, pode aproveitar as viagens internacionais para garimpar e adquirir móveis e peças exclusivas. Neste exemplo, o projeto de design de interiores fez uso do acervo de móveis dos proprietários, garimpados em diferentes países, como esta cômoda de madeira em estilo vintage, que ornamenta a sala de estar e serve de apoio para objetos decorativos.

Penteadeira

Lojas de antiquários também são ótimas fontes de móveis rústicos e vintages, com qualidades estéticas e materiais diferenciadas. Neste projeto, uma penteadeira de madeira em estilo clássico em tom de azul pastel, oriunda de antiquário agrega funcionalidade e delicadeza ao quarto, que conta ainda com uma parede de tijolos à vista, pintada de branco, um amplo painel espelhado e prateleiras de madeira, que deixam o ambiente mais personalizado e elegante.

Mais informações sobre design de interiores de quartos, você encontra aqui.

Cama em estilo shabby chic

O estilo shabby chic, um estilo delicado, elegante e sereno, que faz uso de cores neutras e em tom pastel e peças de mobiliário que foram previamente usadas, com aparência desgastada, é prefeito para quem quer fugir do óbvio e ainda impressionar a si mesmo com a elegância e charme do ambiente. Neste ambiente, as paredes de madeira e o piso foram pintados de branco, combinando com a cama de estilo rústico e as demais peças do mobiliário, que realçam o estilo romântico e o aconchego do ambiente.

Guarda-roupa repaginado

Bangalô 3 irmãos - Praia de Tamandaré/PE: Quarto  por Celia Beatriz Arquitetura
Celia Beatriz Arquitetura

Bangalô 3 irmãos – Praia de Tamandaré/PE

Celia Beatriz Arquitetura

Se para muitas pessoas móvel antigo é sinônimo de objeto inutilizado, neste projeto de design de interiores, assinado por Celia Beatriz Arquitetura, o guarda-roupa antigo ganhou pintura e vida novas, sendo o protagonista da decoração do quarto. Suas portas espelhadas e molduras coloridas realçaram o despojamento do ambiente e deram-lhe um personalidade marcante.

Você incrementaria a decoração do seu ambiente com um móvel usado?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!