DIY: repagine os móveis da casa com pintura laqueada

Santos Arquitetura Santos Arquitetura
Arquitetura Residencial | Casa de luxo na Barra da Tijuca Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica Salas de jantar modernas
Loading admin actions …

O mercado disponibiliza muitos móveis de madeira com acabamento em laca, em diversas cores e texturas, fosca, brilhante, etc. Você provavelmente já ouviu falar de pintura laqueada, técnica que consiste em pintar com uma tinta laca, esmalte acrílico ou laca chinesa, acetinada ou brilhante. Esta técnica pode ser feita por qualquer um, desde que sejam adotados equipamentos e materiais adequados para repaginar os móveis, sem gastar muita grana. Portanto, se você deseja incrementar a aparência de alguns móveis e deixar a casa mais bonita, você pode laquear os seus móveis.  

Neste artigo vamos ensinar você alguns passos para que você consiga pintar os seus próprios móveis com pintura laqueada e repaginá-los completamente, dando-lhes novas cores, texturas e vida. Inspire-se nestas dicas e imagens de móveis laqueados para renovar a decoração da sua casa, afinal você merece uma casa bonita e móveis com aparência fresca, nova e personalizada.

O acabamento pode ser usado em qualquer canitnho

Olha como fica original a pia do banheiro em acabamento laqueado colorido! Aprenda mais sobre o assunto a seguir.

O que é laca?

A laca é uma tinta automotiva a base de poliuretano, que tem a finalidade de selar as superfícies de diferentes materiais, desde que elas sejam bem lisas. Existem tintas laqueadas de diversas cores. Não é somente a madeira que pode receber este tipo de pintura, móveis ou objetos metálicos ou de vidro também podem ser repaginados com a pintura laqueada.

Este aparador de pernas de madeira maciça e caixa em MDF foi pintado industrialmente, mas exibe um acabamento elegante, graças à pintura laqueada brilhante ou acetinada. 

1 – Lixe as superfícies do móvel

Sabe aquela velha estante? Você pode renová-la completamente com toques de cor. Que tal pintar das portas do armário? Este armário recebeu pintura laqueada na cor azul, para compor com o vermelho das cadeiras e o com amarelo do lustre.

Mas antes de sair pintando tudo que encontrar pela frente, certifique-se de que as superfícies do móvel de madeira foram corretamente lixadas, para corrigir as imperfeições ou se de outro material, corretamente limpadas. O número da lixa deve ser escolhido de acordo com o estado do objeto. Se a madeira apresenta muitas imperfeições, escolha uma lixa mais grossa, número 60, se a madeira possui apenas leves imperfeições, opte por uma lixa média ou mais fina, como a número 100 ou 150. 

2 – Escolha a tinta e a cor de sua preferência

Existem dois tipos de tinta laqueada, uma a base de água e uma a base de poliuretano. O tipo de laca mais encontrado é a laca à base de nitrocelulose. Este produto é de fácil manuseio e qualquer pessoa adulta é capaz de aplicá-la sobre superfícies diversas. Lembre-se de que as cores têm um papel importante na decoração e na qualidade do ambiente. Se você já está decidido sobre as cores, garanta a sua tinta laqueada.

3 – Preparação da tinta: diluição

A laca à base de água é fácil de manipular e de remover, em caso de manchas. Já a laca sintética, a base de poliuretano, é mais difícil de manusear. Caso você opte pela laca esmaltada em poliuretano, será necessário diluir a tinta empregando um diluente, como o thinner. 

A laca a base de poliuretano permite um acabamento refinado, com superfícies brilhantes e sem imperfeições, como é o caso desta mesa de centro, pintada de laca preta. 

4 – Aplique uma base seladora

Arquitetura Residencial | Casa de luxo na Barra da Tijuca Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica Salas de jantar modernas
Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica

Arquitetura Residencial | Casa de luxo na Barra da Tijuca

Leila Dionizios Arquitetura e Luminotécnica

Superfícies lixadas e limpas, tinta preparada: é hora de avançar com o processo. A próxima etapa é aplicar uma base seladora, que preenche as imperfeições, evitando que as superfícies absorvam mais tinta do que o necessário. A base seladora é um componente essencial para se obter um acabamento impecável da pintura laqueada. 

A imagem acima mostra uma sala de jantar, decorada com a mesa Jet, um ícone do design nacional. Além da sua forma arrojada, a mesa Jet se destaca também pelo acabamento brilhante das suas superfícies, pintadas com tinta laqueada. 

5 – Lixe novamente

O processo de laquear móveis é simples, mas exige paciência e dedicação. Após a aplicação da base seladora, será necessário lixar novamente as superfícies do móvel ou do objeto, de modo suave, apenas com a finalidade de remover quaisquer resíduos ou imperfeições. Em seguida, limpe com um pano seco o pó sobre as superfícies.

6 – Pincel e rolo na mão: hora de pintar

Com um pequeno pincel e com um pequeno rolo, apropriado para tinta laqueada, inicie a aplicação da primeira camada. Espalhe a tinta primeiramente com o pincel e em seguida passe o rolo sempre na mesma direção, de modo a cobrir uniformemente toda a superfície da peça. O recomendável é a aplicação de pelo menos duas camadas de tinta. Portanto, espere as superfícies secarem (use um secador, se quiser acelerar o processo) e em seguida aplique a segunda. Se você busca um acabamento mais refinado e brilhante, aplique então a terceira e última camada. 

7 – Acabamento final do móvel

Com as superfícies totalmente secas, aplique a cera incolor com um pincel. E, após aplicar a cera, esfregue a superfície do móvel com um pano seco e limpo para poli-lo. Isto dará um brilho mais reluzente. 

No mercado existem vários tipos de tinta que podem ser empregadas para repaginar móveis. O esmalte sintético é recomendado para superfícies metálicas, mas pode ser aplicado na madeira. Sua secagem é rápida e seu brilho é intenso. A laca chinesa é outra opção, mas sua secagem é mais lenta. Cada camada deve secar por 24 horas, mas o seu brilho intenso e diversidade de cores é a sua maior vantagem. Portanto, você encontrará uma grande variedade de produtos para dar uma cara nova aos seus móveis e deixar a casa mais bonita.

Como pintar formica

Cozinha formica azul com madeira Estudio Piloti Arquitetura Armários e bancadas de cozinha Azul
Estudio Piloti Arquitetura

Cozinha formica azul com madeira

Estudio Piloti Arquitetura

A fórmica é um material fabricado com laminado melamínico. Portanto, seu acabamento é liso pede atenção no momento da pintura.

Entre os tipos de tintas que você pode utilizar sobre como pintar formica, estão a tinta de melamina, a tina esmalte a base de óleo, a tinta epóxi, a tinta spray e a tinta acrílica PVA.

Caso sinta dúvidas sobre como pintar fórmica, fale com nossos arquitetos de interiores que atendem online.

Como pintar MDF – qual tinta usar?

Outro tipo de madeira que pode ser pintado é o MDF. Para não errar no tipo de tinta para pintar MDF, aqui vão nossas dicas: acrílica, spray, automotiva e PVA.

Saber como pintar MDF é fundamental para um bom acabamento. Nesse caso, a pintura deve ser cuidadosamente lixada para que a demão fique perfeita. Use pincéis de cerdas macias e finas que levarão melhor uniformidade à peça. Sabendo qual o tipo de tinta para pintar MDF fica mais fácil de colocar as mãos na massa e se inspirar com nossos projetos para sala de estar.

Pintura laqueada: muito mais dicas sobre o que você precisa saber

Gostou de saber as dicas sobre pintura laqueada, como pintar fórmica e qual a tinta para pintar MDF? Então é hora de dar um passo adiante para oferecer o resultado perfeito que seu lar precisa.

Confira agora mesmo tudo o que você precisa saber sobre a tinta laca e quais são suas aplicações e inspire-se ainda mais para ter um lar perfeito decorado por você!

Você tem vontade de repaginar os móveis da sua casa com pintura laqueada?

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!