Como se organizar financeiramente e juntar dinheiro para comprar uma casa | homify Como se organizar financeiramente e juntar dinheiro para comprar uma
Error: Cannot find module './CookieBanner' at eval (webpack:///./app/assets/javascripts/webpack/react-components_lazy_^\.\/.*$_namespace_object?:3688:12) at at process._tickCallback (internal/process/next_tick.js:189:7) at Function.Module.runMain (module.js:696:11) at startup (bootstrap_node.js:204:16) at bootstrap_node.js:625:3

Como se organizar financeiramente e juntar dinheiro para comprar uma casa

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Casa no Royal Boulevard Residence & Resort Casas modernas por Tony Santos Arquitetura Moderno
Loading admin actions …

Uma das maiores conquistas de uma pessoa ou de uma família é a aquisição da casa própria. Este é um sonho que grande parte dos brasileiros compartilham. A compra de um imóvel no entanto requer um montante significativo de dinheiro, o que torna este sonho inviável para muitos. Muita gente opta pelo financiamento, contraindo dívida junto ao banco. Mas esta não é a melhor alternativa, pois além da dívida, você pagará juros. Disciplina financeira, poupar e investir ainda são a melhor receita para encurtar o caminho entre você e o sonho da casa própria. 

Neste artigo apresentaremos algumas dicas essenciais de como economizar e guardar dinheiro, para quem está planejando comprar uma casa. Confira as dicas a seguir e procure seguir estes passos para tornar este sonho legitimo em uma grande conquista pessoal.

1. Nunca gaste mais do que ganha

Vista frontal da edificação por A+R arquitetura Minimalista
A+R  arquitetura

Vista frontal da edificação

A+R arquitetura

Sim, soa um pouco tolo dizer isto, mas a verdade é que muitas pessoas gastam mais do que recebem e acabam contraindo dívidas para saldar dívidas, entrando neste ciclo vicioso sem fim. Este é o primeiro passo para se atingir a estabilidade financeira que possibilitará você poupar. 

​2. Controle dos gastos

O segundo passo para poupar dinheiro é saber exatamente o quanto e como você está gastando sua renda. Você pode fazer uma planilha de receitas e despesas. Esta ferramenta é essencial para o controle dos gastos e auxilia você a identificar sua saúde financeira. É fundamental que o orçamento esteja equilibrado, com os valores das receitas superando os valores das despesas.

3. Estabeleça uma meta de quanto poupar todo mês

Casa SMPW - Lab606 Casas industriais por Joana França Industrial Concreto
Joana França

Casa SMPW – Lab606

Joana França

Se você não gasta mais do que tem, conhece bem os seus gastos e tem o controle sobre ele, você já pode estabelecer a seguinte meta: poupar uma quantia exata todo mês. O ideal é guardar pelo menos 15% da sua renda líquida. Mas sua meta poderá variar, de acordo com o valor do imóvel que você deseja e com o tempo que você está disposto a esperar para comprá-lo ou para dar uma bela entrada.

​4. Ponto de inflexão: corte de gastos

Se está difícil economizar ou você deseja poupar ainda mais, para reduzir o tempo de espera para a aquisição do imóvel, é o momento de partir para o corte de gastos. Comece com os gastos supérfluos, como festas e viagens e depois repense os gastos do dia a dia, como conta de telefone, gastos com combustível, etc. Se você paga aluguel, analise a possibilidade de se mudar para um imóvel menor e mais econômico. Isto pode impactar na redução do seu padrão de gastos, mas tenha em mente que você está em busca de realizar seu sonho, que envolve sacrifícios.

​5. Invista seu dinheiro

Apenas fazer economias e depositar o  dinheiro na poupança pode não ser o suficiente, dependendo do valor do imóvel que você deseja adquirir. A inflação, este fantasma sempre a espreitar os brasileiros, pode comprometer uma boa porção das suas economias. Portanto, invista o seu dinheiro de modo a obter ganhos extras. Procure orientação profissional, pois o mercado financeiro é complexo e costuma ser hostil com os aventureiros.

​6. Fuja do financiamento acima de 50%

Casa no Royal Boulevard Residence & Resort Casas modernas por Tony Santos Arquitetura Moderno
Tony Santos Arquitetura

Casa no Royal Boulevard Residence & Resort

Tony Santos Arquitetura

O financiamento é uma dívida, que compromete uma parcela da sua renda. Portanto, financiar um valor acima de 50% de um imóvel é arriscado e caro, pois quanto maior o valor financiamento, maior o valor gasto com os juros. Espere um pouco mais, até que você tenha economizado a quantia para pagar pelo menos 75% do valor do imóvel.

7 – Prefira sempre comprar à vista

Por fim, depois de efetuar cortes nos gastos, guardar uma boa quantia e até mesmo obter dividendos, é chegada a hora de comprar o imóvel. Prefira sempre efetuar a compra à vista e negocie sempre um desconto por causa disto. Caso você não queira mais esperar, dê uma entrada de até 75% do valor do imóvel e financie o montante restante. Analise todas as ofertas de financiamento para imóvel, incluindo as do programa Minha Casa, Minha Vida, e escolha a mais vantajosa. Lembre-se, quanto maior o número de parcelas e maior o prazo, maior o valor do gasto com os juros.

Você costuma poupar dinheiro para financiar ou comprar sua casa?
Casas modernas por Casas inHAUS Moderno

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!