Casa lego

Julia Maretto Julia Maretto
Google+
Loading admin actions …

A casa Itaim é de uma diretora de fotografia e sua filha pré-adolescente. Como tal, a visualidade e a estética são muito importantes. Aliás, outro morador da casa é o cachorrinho de nome Philippe Starck. Quer nome mais artístico do que esse?

A casa tem todo um ar de bossa, como desejado pela moradora. Em todo o sobrado de 4 andares há um frescor único: uma paleta monocromática e elementos de design único valorizam os ambientes, cadenciados com detalhes coloridos. Uma bossa nova ritmada para um sobrado com quatro pavimentos. Em uma área construída de 240 m², a casa é também, acima de tudo prática e de fácil manutenção. 

Uma tropicalidade maravilhosa com arquitetura assinada por Arthur Casas, do escritório Consuelo Jorge Arquitetos. Confira!

Decoração definida pelo sofá

A sala tem uma espacialidade diferente. Como é muito estreita, a decisão do arquiteto foi partir do sofá para delinear a decoração. O sofá é modular e se divide entre a sala de TV voltado para a enorme estante e a sala de estar no lado oposto. O sofá foi desenhado pela arquiteta Consuelo e foi pensado em módulos para poder ser encaixado em diversas combinações. Outro elemento que integra os dois ambientes da sala é o tapete da By Kamy.

A estante de pé direito duplo

A moradora, amante da arte, possuía diversos objetos de design e livros. A solução para guardar todos eles foi aproveitar o maravilhoso pé direito duplo, onde foi instalada a estante de 5 metros de altura. Servindo como conexão entre os ambientes, a estante cobre ainda toda a parede do escritório no mezanino. 

Sob o mezanino

O desejo da moradora era uma casa clara. As principais cores usadas são o branco e o cinza. Para dar o ar de bossa, detalhes inusitados como o pufe colorido estofado da sala de estar. O tecido do pufe é obra de Adriana Barra. O vaso escultural encaixou-se muito bem sob o mezanino, onde uma bancada conectada à enorme estante preenche o espaço de forma muito moderna. Ao fundo, o jardim de inverno deixa a brasilidade invadir a sala. 

Cozinha e Philippe Starck

O piso da cozinha é feito de ladrilho hidráulico. Mas não qualquer ladrilho e sim um assinado por Marcelo Rosembaum que lembra as bandeirinhas de Alfredo Volpi, renomado artista modernista brasileiro. Seguindo a paleta cromática do branco ao preto passando pelo cinza, esse piso consegue trazer um ar descontraído para a decoração da cozinha.

Sala de jantar

A parede da sala de jantar é inspiradora para quem não sabe como decorar aquela parede ao lado da mesa de jantar: um enorme quadro preenche quase toda a parede. Mas o que mais chama a atenção nessa sala de jantar é mesmo o lustre pendente. Aliás, 15 luminárias em aço carbono com pintura automotiva amarela presos em cabos de força pretos. Eles são o elemento de cor que quebra a neutralidade do ambiente e encanta total! 

A sala de estar

Do lado oposto à estante de 5 metros, a sala de estar. Por essa foto vemos bem os diversos pavimentos da casa, unidos por uma escadaria leve com guarda-corpo em vidro. Nesse ambiente, destacam-se o banco de mármore desenhado por Alê Jordão e o quadro da foto da árvore, de Rômulo Fialdini.

Escritório no mezanino

Ter um escritório em casa era essencial para a moradora e foi uma das solicitações feitas aos profissionais responsáveis pelo projeto. A ideia, inclusive, expor as peças de arte da proprietária, como podemos ver nos nichos da maravilhosa estante conectada ao living.

Quarto

Esse quarto segue a linha monocromática da decoração dos outros interiores. Porém, uma explosão de cores domina a parede da cabeceira. Alegria que só mesmo um décor despretensioso e leve poderia criar!

Gostou do ar de bossa para a decoração?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!