O Loft: reinterpretação do espaço

Pedro Ribeiro – homify Pedro Ribeiro – homify
Google+
Loading admin actions …

O espaço de casa tem um novo significado. As paredes deste Loft são testemunhas dessa reformulação do conceito de espaço. Diante delas, uma reinterpretação do uso e da funcionalidade dos espaços da casa tomou lugar, agora unificados para se adaptarem à modernidade do nosso tempo. Se tornou em uma entidade única, em um espaço para experimentação, em que Egue y Seta Pérez conseguiu uma simbiose perfeita entre diferentes materiais. O Loft se tornou na atual materialização de um diálogo entre os espaços, que foram forçados a renunciar a sua individualidade pelas exigências da nossa era. Uma era em que se dá prioridade a novas formas de diálogo em prol de uma identidade comum e unificada, tornando o Loft no protagonista da reinterpretação do espaço.

Poder

O Loft traz consigo uma nova maneira de se entender o espaço. O espaço de casa já não deve ser interpretado como algo limitado ou fechado; agora se evidencia o espaço aberto. Foi isso que Egue y Seta Pérez alcançou de forma notável, conseguindo reformular o significado do espaço, criando uma atmosfera que transpira modernidade, design e dinamismo.

Espaço habitável contínuo

Pense global, deconstrua a ideia que tem de casa. Já não existem divisões da casa separadas umas das outras. Agora, o espaço se apresenta contínuo, se estendendo por todos os cantos da casa. Veja como o guarda-roupa comunica com o quarto, e por sua vez, com o resto da casa. Nada se interpõe: o espaço é ininterrupto ao longo de toda a casa.

Onde os materiais se encontram

O Loft é uma plataforma de comunicação. É um ponto de encontro de diferentes materiais, onde se destaca a rivalidade entre eles, com o intuito de se alcançar o máximo de espaço possível. Os materiais evocam o seu poder e se integram uns com os outros. O fazem na perfeição, tanto que cada um estabelece o seu próprio lugar dentro de um espaço compartilhado. Egue y Seta consegue assim um pacto entre eles, integrando na perfeição o uso da madeira e do aço na cozinha, de tijolos despidos e da madeira novamente na sala e do vidro no jardim. Um por todos e todos por um.

O toque industrial: ideal para o Loft

A sala de jantar e a sala de estar se integram num espaço único, que se considera ser o espaço central da casa, onde se passa a maior parte do tempo. Por um lado, este espaço está situado ao lado de umas grandes janelas de vidro, que acabam por ser a maior passagem de luz natural para dentro do Loft. Por outro, do lado oposto, se encontra uma parede de tijolos que visa dar um look industrial ao Loft – muito avantgarde! Ao fundo, um painel de madeira faz fronteira com outras divisões da casa. No entanto, esta fronteira é feita de forma aconchegada e suave: um verdadeiro sucesso.

O jardim do Loft

O verde não podia ficar de fora do Loft. Nesta imagem, se pode apreciar o uso de paisagismo de interiores que oferece um toque natural e de frescura ao ambiente industrial criado pelo Loft. Para além disso, a madeira que rodeia estas plantas traz uma sensação de conforto a esta parte do Loft.

Paredes de vidro

O Loft repudia as divisões através de paredes – não quer nem gosta delas. A única divisão da casa em que dá o braço a torcer é o banheiro, embora utilizando apenas uma divisória de vidro, que não deixa de criar uma atmosfera privada e que se integra bem ao espaço a que pertence. É a escolha perfeita, conseguida por Egue y Seta.

Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!