Como evitar a infiltração e mofo no banheiro?

Josi Monteiro – homify Josi Monteiro – homify
Google+
Loading admin actions …

Como evitar a infiltração e mofo no meu banheiro? Em apartamentos e casas é comum haver umidade nas paredes dos cômodos, causada por banheiros e áreas molhadas com paredes e pisos sem impermeabilização. O resultado disso são manchas na pintura, infiltrações em quartos vizinhos, mofo e bolor em móveis que podem acarretar problemas de saúde, em especial os respiratórios.

Nos banheiros, os banhos quentes formam vapores que se infiltram na alvenaria, através das juntas dos azulejos e da própria parede. A absorção de água aumenta ainda mais com os procedimentos de limpeza. Com a umidade, surgem os problemas, como pisos que trincam e se soltam, queda e rachadura de azulejos, paredes e tetos mofados ou trincados, manchas e escurecimento das juntas. E as paredes vizinhas também podem sofrer consequências.

Confira como evitar a infiltração e o mofo no seu banheiro!

Por que isso está acontecendo?

Banheiros rústicos por von Mann Architektur GmbH
von Mann Architektur GmbH

Badezimmer im Dachgeschoss

von Mann Architektur GmbH

A falta de impermeabilização adequada antes da colocação de revestimentos em lajes, paredes e pisos é a principal causa do problema. Mas, há também infiltrações causadas pela má instalação de portas ou janelas, por exemplo, o que permite a entrada de água da chuva. Ou ainda instalação incorreta de tubos e conexões em projetos de hidráulica.

A umidade pode surgir no teto  - quando uma laje não recebeu impermeabilização; em qualquer parede, em decorrência de vazamentos de tubulações, portas e janelas mal vedadas e ainda por falta de acabamento adequado; ou no piso, por falta de impermeabilização ou assentamento incorreto de revestimentos e pedras, ou ainda por causa de baldrame ou fundação da residência sem impermeabilização.

Qual a área é mais afetada?

Banheiros escandinavos por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

ДОМ В ПОСЕЛКЕ ПОЛИВАНОВО

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

As infiltrações podem resultar em manchas permanentes devido ao rompimento de tubulações, gotejamento, manchas próximas ao forro ou ao piso, corrosão de armadura da laje, degradação dos materiais de revestimento, descolamento de rebocos, desgaste da pintura ou ainda manchas nos peitoris das janelas. A área mais afetada é o banheiro. 

Chão do banheiro impermeabilizado

Como evitar? Há diversos tipos de impermeabilização e cada um é destinado a um uso do espaço. Há, por exemplo, a impermeabilização rígida e a flexível. A última é destinada a lajes, pois sofrem oscilação – dilatação e retração, com a mudança de temperatura.

A impermeabilização deve acompanhar a movimentação normal que ocorre em paredes e pisos, pois pode se solta ou criar aberturas por onde a água passa. Projeto desenvolvido por Luciano Esteves Arquitetura e Design, localizado em Ribeirão Preto – São Paulo.

Impermeabilização dos azulejos

APARTAMENTO CERQUEIRA CESAR: Banheiros modernos por Tria Arquitetura
Tria Arquitetura

APARTAMENTO CERQUEIRA CESAR

Tria Arquitetura

Em situações onde não se aplicará o azulejo, recomenda-se impermeabilizar o reboco de acabamento com o Contra Umidade. O produto é um aditivo que deve ser usado no preparo do reboco final, pois é um impermeabilizante mineral com eficiência permanente. 

Quando a água penetra nas rachaduras entre os azulejos, ela se instala na argamassa que os prendem às paredes. Com o tempo, a água rompe a cola e a estraga, fazendo com que os azulejos caiam. Para que uma infiltração ocorra, não há necessidade da parede entrar em contato direto com a água, como no chuveiro. A umidade constante também pode causar esse tipo de problema que danifica a cola adesiva.

Como remover as manchas de mofo?

apartamento Peninsula - Barra da Tijuca: Banheiros modernos por Isabela Lavenère Arquitetura
Isabela Lavenère Arquitetura

apartamento Peninsula – Barra da Tijuca

Isabela Lavenère Arquitetura

Como remover? É preciso analisar com cuidado a mancha de umidade. Ela nos dá indícios do problema. Uma parede com umidade rente ao chão, com altura até 1 metro, pode indicar que não houve impermeabilização adequada da fundação do imóvel ou que há infiltração decorrente do uso incorreto da cola para o revestimento ou ainda de algum problema vindo do vizinho.

Nas paredes, é preciso descascar todo o revestimento e refazê-lo com aplicação prévia de produtos impermeabilizantes misturados à massa. Os problemas referentes à ação da umidade estão presentes em todas as fases da vida de uma edificação, sendo que a boa qualidade do projeto, com a escolha de materiais, de sistemas construtivos e da impermeabilização adequados, além da devida atenção ao microclima da região, garantem a prevenção do problema. A execução dos serviços com equipes especializadas e a manutenção periódica mantêm a qualidade e a durabilidade da construção.

Como melhorar a qualidade do ar no banheiro?

Vale lembrar que infiltrações também podem ocorrer por descuido de instaladores de móveis ou eletrodomésticos. O uso de furadeiras pode causar perfurações em canos e até mesmo o aperto além do necessário em uma conexão para a instalação de uma lavadora pode causar problemas.

Infiltrações podem ocorrer no piso por falta de impermeabilização ou assentamento incorreto de revestimentos e pedras ou por causa de baldrame ou fundação da residência sem impermeabilização. Uma vez detectada a causa é preciso fazer o reparo o mais rápido possível para não danificar móveis ou revestimentos, que tendem a se soltar com a umidade. Abra sempre as janelas depois de tomar banho.

Gostou do artigo?! Comente.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!