Paisagismo residencial: Jardins tropicais por Le Jardin Arquitectura Paisagística

De dentro à fora: o paisagismo muda completamente essa casa!

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

O projeto paisagístico é um dos projetos complementares mais importantes que, além de agregar beleza aos espaços construídos, agrega qualidades ambientais ao espaço circundante da edificação, tornando-o, portanto, mais agradável e funcional.

O legado do arquiteto paisagista Roberto Burle Marx, famoso pela parceria com Oscar Niemeyer, para o qual desenvolveu diversos projetos paisagísticos, como o jardim da Casa Edmundo Cavanelas, comprova a relevância do paisagismo para a qualidade dos ambientes externos. O paisagismo, portanto, não visa somente a projetar jardins bonitos e paisagens encantadoras, mas busca conciliar a natureza com o espaço construído, proporcionando aos usuários condições ótimas de utilização do espaço, além de conforto físico e psicológico.     

Neste artigo mostraremos o projeto paisagístico, assinado pelo estúdio Le Jardin Arquitetura Paisagística, que agregou ao espaço do jardim qualidades estéticas e ambientais únicas, complementando a paisagem e proporcionando aos moradores o prazer do contato e da convivência com a natureza.

As funções do paisagismo

O paisagismo é uma ferramenta essencial para agregar qualidades ambientais aos espaços construídos. Um bom projeto paisagístico, para além de incrementar as qualidades estéticas de um espaço construído, um edifício, uma praça ou um parque, determina a maneira dos usuários de se relacionar com aquele determinado espaço. 

Portanto, uma das funções primordiais do paisagismo é a organização do espaço e definição dos caminhos, das áreas de estar e de sensações agradáveis, como privacidade, conforto, segurança, pertencimento e relaxamento.

Paisagismo: complemento da arquitetura

Olhe para a imagem acima e tente imaginar a mesma residência sem plantas, sem grama, sem pisos ou revestimentos no seu entorno. Obviamente, apesar da rica composição volumétrica e da combinação de texturas, o projeto arquitetônico perderia todo o seu encanto. Seria como contemplar um objeto incompleto, sem a parte que define a sua estrutura e a sua forma. Arquitetura e paisagem devem formar um todo coerente e harmônico. 

Neste caso, o projeto paisagístico tratou de complementar este todo harmonioso. Cada elemento foi empregado com uma função, dialogando com a forma e proporção da edificação e ao mesmo tempo contribuindo com a organização do espaço circundante. As palmeiras de porte médio, no lado esquerdo, realçam os traços verticais do edifício, os arbustos realçam os traços horizontais, espelhando a sua forma. A jabuticabeira, por sua vez, agrega textura e exuberância ao jardim, dialogando com o revestimento em pedra da fachada.

Detalhes que fazem a diferença

Além da vegetação, árvores, arbustos e gramíneas, o paisagismo incorpora também os materiais naturais, empregados como revestimento da edificação, como a pedra e a madeira, e faz uso de elementos complementares, como a iluminação.
A iluminação visou a realçar a volumetria e as texturas da edificação e do jardim, tornando a paisagem também visível na noite.

Se você se interessa por paisagismo e quer saber como deixar a frente da sua casa mais bonita, leia este artigo com dicas de como escolher árvores e plantas para a frente da casa. 

Jardim dentro de casa

Quando saímos de um ambiente e passamos para um outro ambiente com características opostas, recebemos novos estímulos e reagimos com agitação e/ou estranhamento. Portanto, em uma residência o ideal é privilegiarmos a sensação de harmonia e relaxamento, projetando espaços com características semelhantes e promovendo transições equilibradas. 

Isto é o que percebemos neste projeto, cuja vegetação empregada no jardim interno dialoga com a vegetação do jardim externo, proporcionando aos moradores o contato com a natureza e preservando a harmonia visual e consequentemente realçando a sensação de equilíbrio e harmonia do ambiente.

Traga a natureza para dentro

Neste projeto, os jardins foram projetados como parte essencial do espaço de convivência. Os moradores podem não só contemplar o jardim, como desfrutar do contato direto com a natureza. A natureza foi trazida para dentro da residência, criando a sensação de continuidade entre o espaço externo e interno. 

Mais informações sobre jardins, você encontra aqui

Se você pudesse, você investiria num projeto de paisagismo para deixar sua casa mais bonita e agradável?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!