Fotos de Viagem: veja onde e como colocá-las

Marcio L Santos Marcio L Santos
Loading admin actions …

Não há nada melhor do que viajar. Viajar abre os horizontes, nos permite conhecer novos lugares e novas culturas, amplia nossas possibilidades e nos dá um novo olhar sobre nosso papel na sociedade. As viagens são combustível para nossas memórias, já que ficamos com aquelas paisagens, aqueles locais e aquelas experiências por meses em nossas mentes.

As viagens também nos permitem fazer registros de nossas andanças, por meio de fotos. Com o avanço da tecnologia, celulares e smartphones chegam hoje ao mercado com resolução para fotos quase do mesmo nível de máquinas semiprofissionais. Isso permite que as pessoas possam tirar não apenas alguma dúzias, mas centenas ou milhares de fotos de seus passeios sem se preocupar se esta ou aquela foto vai sair tremida.

Tudo isso, porém, traz um problema. A cada ano torna-se mais difícil ver pessoas revelando suas fotos e colocando-as em álbuns ou porta-retratos. Se você, entretanto, ainda é adepto da revelação de fotos, este artigo é perfeito para os seus objetivos. Com exemplos simples e práticos, mostraremos como e onde colocar as suas fotos de viagem em sua residência. É bem mais fácil do que você imagina. Confira agora!

Selecione as fotos

Antes de estabelecer onde as fotos serão colocadas, é importante fazer uma seleção prévia do que será revelado e pensar já em uma narrativa para estas fotos. Afinal, uma viagem de algumas semanas rende centenas de cliques diários que, em sua essência, contam a história deste momento. Passe todas as fotos que estão na câmera ou no celular para o seu notebook ou tablet para que a visualização seja adequada e comece a seleção. Faça uma divisão entre fotos de paisagens, fotos de elementos específicos e fotos em que você seja o personagem principal. Pense que, entre as mais de mil fotos disponíveis, é provável que você use apenas uma centena, quando muito. Após selecionar as fotos, faça uso de algum editor simples de fotos para deixa-las ainda mais bonitas.

Selecione as molduras

Selecionadas as fotos, está na hora da revelação. Peça para que a revelação seja feita em papel fosco e sem borda, já que todas as fotos eventualmente ficarão numa moldura ou em um porta retrato. Em relação às molduras: modelos com bordas pesadas trazem uma sensação de austeridade ao ambiente. Já as molduras mais leves criam uma sensação de aconchego e descontração. É possível escolher as molduras de acordo com o ambiente ou com o efeito que se queira dar ao espaço. Verifiquem, por exemplo, como as molduras que embalam os quadros desta sala são visualmente leves e despojadas, criando uma atmosfera arejada em um ambiente de viés clássico.

Determine o tamanho das fotos

Sabemos que entre os leitores do homify há diversos fotógrafos que sabem os segredos de uma boa fotografia. Mesmo em ambientes abertos e ao ar livre, é possível obter fotos lindas, sejam de paisagens como de objetos ou pessoas. Se alguma destas fotos chamar a sua atenção, pense com carinho em fazer uma ampliação e transformá-la em um poster para colocar na parede. A grande vantagem de se trabalhar com fotos é justamente a sua versatilidade: sejam em pequenos quadros na parede, porta-retratos em aparadores ou como painéis na sala – como nestes quadros desta sala projetada pelo Studio Guilherme Torres – é sempre possível obter um resultado satisfatório e elegante em sua essência.

Fotos na parede

Apartamento Vila Nova Conceição: Salas de estar modernas por Marcella Loeb
Marcella Loeb

Apartamento Vila Nova Conceição

Marcella Loeb

Na hora de selecionar as fotos, não fique preso à questões de orientações como fotos na horizontal ou fotos na vertical. Na verdade, é importante que haja um bom número de fotos em ambas as orientações, para dar uma dinâmica maior ao ambiente em que elas ficarão. Da mesma forma, revele fotos nos tamanho tradicional de 10x15, mas invista em algumas fotos em formatos maiores, como o 15x20 ou outros. 

Antes de colocar as fotos na parede, disponha todos os retratos e suas molduras no chão, para ter uma ideia do espaçamento e do equilíbrio do conjunto. Pense numa espécie de mosaico de sua viagem, um painel de diversos elementos que possa traduzir toda essa experiência. Aqui, neste apartamento da Vila Conceição, por exemplo, temos um modelo de como diversas molduras e diversos tamanhos de quadros podem dar uma energia nova ao ambiente.

Fotos no aparador

Canto do aparador: Salas de jantar modernas por Projeto Bem Bolado
Projeto Bem Bolado

Canto do aparador

Projeto Bem Bolado

Se você escolheu trabalhar com porta-retratos, há vários locais em que as fotos podem ser colocadas. Uma das opções mais tradicionais é colocar fotos sobre o aparador, como podemos ver nesta foto. Reparem como cada uma das fotos traz uma moldura de porta-retrato diferente, estabelecendo uma interessante dinâmica neste pequeno espaço. Além do aparador, as fotos podem ser colocadas sobre balcões na sala de estar, criados-mudos ou mesmo em cristaleiras, sem contar as prateleiras que eventualmente existam no ambiente. O que vale, mesmo, é estabelecer um local nobre da sala para estas fotos, que são parte integrante da vida dos moradores da residência.

Fotos na escada

Bangalô 3 irmãos - Praia de Tamandaré/PE: Corredores e halls de entrada  por Celia Beatriz Arquitetura
Celia Beatriz Arquitetura

Bangalô 3 irmãos – Praia de Tamandaré/PE

Celia Beatriz Arquitetura

Para quem mora em sobrados ou em residências com escadas fechadas, como esta da foto, uma opção para deixar este caminho mais colorido é justamente preenche-lo com fotos. Neste simpático projeto de uma casa em Pernambuco, os retratos fazem justamente essa função de estabelecer uma espécie de caminho para os andares superiores, ocupando as paredes laterais à escada de forma leve e singela. Há uma boa sacada de design no trabalho com as cores das molduras, que vão se ajustando ao longo caminho. Assim, com uma solução simples, mas absolutamente familiar e particular dos moradores, uma parede vazia ganha vida e alegria. Esta ideia pode ser aplicada não apenas em escadas, mas também em corredores que estejam vazios. Basta visualizar como as fotos serão colocadas e ir em frente.

Fotos na estante

Living clássico m verde esmeralda: Salas de estar clássicas por marli lima designer de interiores
marli lima designer de interiores

Living clássico m verde esmeralda

marli lima designer de interiores

Caso a sua seleção de fotos tenha resultado em um número razoavelmente pequeno, uma boa opção é colocar as fotos na estante – talvez a ideia mais tradicional e mais conhecida de todas as aqui mostradas. A principal característica de se colocar as fotos na estante é que elas, de certa forma, irão dividir o seu espaço com outros elementos, como peças de decoração, lembranças, livros, filmes e revistas, entre outros. Assim, para que as fotos não desapareçam na estante, pense em molduras que tenham uma certa presença. Do mesmo modo, selecione apenas as fotos que você considera que merecem aquela atenção especial. Dessa forma, a foto se valoriza e a estante ganha um toque a mais de charme pessoal.

Gostou de nossas dicas? Mande sua sugestão de outros temas para a gente.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!