SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

6 truques para deixar o quarto super acolhedor!

Luciana P Luciana P
Google+
Loading admin actions …

Ah, o nosso quarto! Aquele cantinho especial de casa, o recanto onde encontramos privacidade e onde podemos nos reconectar. Nosso querido quarto! Aquele ambiente tranquilo onde nos demoramos nas tão merecidas horas de sono ou conforto entre almofadas ao final da tarde em boa companhia, mesmo quando ela não passa de um livro especial. O quarto! O local onde passamos, pelo menos os mais sortudos, oito horas do nosso dia repondo as energias para enfrentar o dia que se segue.

O quarto merece nossa total atenção na hora de decorar a casa. Merece, mas nós merecemos ainda mais, que o tornemos acolhedor e confortável, que receba as cortinas ideias, a iluminação adequada, uma roupa de cama convidativa ou até mesmo um tapete quentinho para receber nossos pés pela manhã. 

No artigo de hoje, vamos sugerir 6 elementos que não podem faltar neste verdadeiro santuário de paz e bem estar. Consegue adivinhar quais são? Inspire-se nestas imagens maravilhosas de exemplos portugueses. Vamos lá!

Cama

Comecemos pela peça principal de um quarto: a cama. Como escolher?

Primeiro, devemos escolher a estrutura em função do tamanho do quarto. Depois de colocada a cama, ainda deve sobrar espaço para circular sem constrangimentos e adicionar outros objetos de decoração a seu gosto. Camas muito grandes em espaços muito pequenos não funcionam. O seu quarto vai parecer ainda mais fechado e claustrofóbico o que acabará por ter efeitos nefastos na qualidade do seu descanso.

Importa, também, investir num bom colchão. Os colchões são, normalmente, dispendiosos, mas podem acompanhá-lo ao longo da vida e é preferível optar por um colchão confortável do que ter que visitar o médico com dores musculares ou enfrentar um dia de trabalho depois de uma noite mal dormida. A maior parte das marcas de colchões já facilitam a compra em parcelas o que é muito vantajoso para quem tem constrangimentos financeiros. Com isto não queremos dizer que tem que escolher o colchão mais caro da loja. Ele pode nem ser o melhor para a sua estatura. Logo, informe-se junto aos profissionais antes de tomar uma decisão.

Por fim, é só selecionar o modelo da cama. Tem um quarto grande? Por que não uma cama em dossel? Vive num apartamento pequeno? Camas com gavetões podem ser úteis. Farto da sua cama antiga? Pode sempre restaurá-la, pintá-la e dar-lhe uma nova vida. As opções são inúmeras. Seja fiel ao seu estilo e rigoroso em relação ao espaço de que dispõe.

Almofadas

As camas que vemos nas página de revista e as de hotel têm uma coisa em comum: muitas almofadas. Nada mais convidativo do que uma cama bem feita, com têxteis frescos e almofadas fofas a chamar por nós. Não se reduza, portanto, ao lençol, edredão e almofada de dormir. Aposte em almofadas decorativas e crie conjuntos que transmitam conforto. Pode optar por uma estética monocromática, à semelhança da que vê na imagem, ou brincar com formas, cores e padrões. Ficará agradavelmente surpreendido com a mistura de uma almofada às riscas e outra florida, por exemplo. Pronto, também não exagere. Não ponha almofadas até ao meio da cama ou vai ter uma grande trabalheira no tira e põe do quotidiano. Outra das vantagens de usar acessórios na cama com camadas de almofadas é a facilidade com que se pode substituí-las. Chegou o Outono e apetece-lhe mudar alguma coisa em casa? Tire as almofadas que tinha e ponha umas novas. O resultado? O quarto vai parecer outro.

Luz

Quartos  por Traço Magenta - Design de Interiores
Traço Magenta – Design de Interiores

Suite do Casal_pormenor da mesa de cabeceira

Traço Magenta - Design de Interiores

Numa primeira abordagem, poder-se-ia argumentar que o quarto é a divisão da casa menos importante no que à iluminação diz respeito. Afinal, é o local onde dormimos pelo que não convém ter excesso de luz. Correto? Hm, nem tanto. É certo que o grosso das pessoas dorme melhor na escuridão total. No entanto, durante o dia, deve permitir a entrada de luz natural no seu quarto para bem da sua saúde mental.

Para além disso, é conveniente ter pontos de luz específicos para desempenhar tarefas também elas específicas como ler, vestir-se, maquilhar-se, limpar ou, até mesmo, separar a roupa suja. Assim, é fulcral ter uma luz de tecto que ilumine todo o espaço e outros pontos de luz mais pequenos que tornem o quarto funcional e, acima de tudo, acolhedor. Aplique, então, uma luz no tecto ao centro que dissemine luz homogeneamente, outros pontos de luz para auxiliarem no desempenho de tarefas peculiares e ainda outros que criem um ambiente intimista como é o caso das grinaldas de luzes e, claro, dos candeeiros para a mesa de cabeceira.

Decoração de parede

Quartos  por Spacemakers
Spacemakers

Casa Borba

Spacemakers

Os quartos tendem a ser pintados com cores neutras e apaziguadoras que convidem a um bom descanso. Sobre esse pano de fundo mais sóbrio, é fácil criar murais com fotografias, ilustrações, telas, frases ou outros objetos inusitados que queira pendurar como é o caso da folha dourada sobre a cabeceira da cama da imagem, proposta da portuguesa da Spacemakers.

As paredes são a superfície ideal para introduzir elementos que emprestem ao seu quarto individualidade. Na parede, e sobretudo em quartos pequenos, pode também aproveitar para colocar candeeiros suspensos. Se, por falta de espaço, não tiver uma mesa de cabeceira para suportar candeeiros, pode encontrar aqui a solução de que precisava.

Tenha, no entanto, em conta a altura do quarto e seja estratégico quando pendurar as decorações. Medidas mal tiradas e quadros pendurados em sítios estranhos podem eventualmente contribuir para um aspecto mais acanhado – mesmo que na realidade não seja.

Cortinas

Idealmente, a janela de um quarto deve ter um estore opaco que se estenda durante a noite e se recolha na totalidade durante o dia, atrás de umas cortinas mais leves e translúcidas que permitam a passagem de luz natural. O primeiro cria o ambiente ideal para dormir e dá-lhe privacidade. As segundas deixam o quarto arejar e parecer mais leve.

Antes de escolher as suas cortinas, tenha em conta alguns aspectos. Primeiro, a cor e o tecido. Eles serão determinantes no que toca à longevidade das suas cortinas. A luz do sol esbate as cores com o passar do tempo e os tecidos muito delicados desgastam-se com maior facilidade. Em quartos com muita entrada de luz, não é boa ideia colocar cortinas muito coloridas, a menos que costume substitui-las com frequência. Caso contrário, opte por cores neutras que não consentem um desgaste tão notório por via da luz do sol e são mais versáteis em termos decorativos. O estore que acima referimos também ajuda a proteger a cor das cortinas. 

Se morar num pais muito frio, considere a colocação de cortinas em veludo ou em tweed que ajudem a bloquear a luz e manter o calor. Entre a janela e essas cortinas, coloque umas mais finas e delicadas.

Escolhida a cor e o tecido, debrucemo-nos sobre o comprimento. Um dos truques que os designers de interiores mais utilizam é suspender as cortinas alguns centímetros acima do tamanho real da janela para o quarto parecer mais alto. Se gosta do efeito romântico proporcionado pelas cortinas que se prolongam e arrastam pelo chão, então acrescente mais uns centímetros ao total aquando da escolha do tecido. Para a largura, tire medidas e duplique o valor. Assim, poderá drapeá-las, dando-lhes mais volume e, por conseguinte, obtendo mais privacidade e menor passagem de luz.

Carpete

Sair da cama e pisar um chão frio não é agradável. Já a sensação de pisar uma carpete macia e quente, isso sim, é conforto. Ela suaviza o espaço, torna-o menos frio e mais cômodo, aquece-nos nos dias mais frios e tem um importante papel em termos acústicos. 

Pode colocá-la por baixo da cama, deixando apenas um bocado de fora em cada um dos lados, pode colocar um tapete de cada lado ou a partir do meio da cama até aos pés, pode, até, colocar duas carpetes em pontos distintos e com formatos diferentes como na zona da cama e na zona de vestir.

Gostou dessas ideias? Conte pra gente qual ficaria mais interessante no seu quarto?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!