Uma casa suave e delicada!

Luciana P Luciana P
Loading admin actions …

Suavidade, delicadeza, modernidade, perfeição… Estas são geralmente as palavras-chave tão perseguidas por todos aqueles, profissionais ou clientes, que buscam construir e materializar o perfeito lar associado à rotina moderna e às necessidades de reclusão e bem estar inerentes ao seu respectivo estilo de vida.

Hoje descobriremos aqui no homify mais um projeto essencialmente moderno, que explora a forma e os materiais com um cuidado extremamente escultural. Descobriremos como um projeto arquitetônico bem planejado pode ser capaz harmonizar todas as etapas e processos da obra, resultando numa edificação primorosa, bem acabada e com personalidade em cada pequeno detalhe.

Esta casa apelidada de Casa Cobra localiza-se na Suíça e foi concebida pelo impressionante escritório de arquitetura Flubacher – Nyfeler + Partner Architekten. Traz em sua essência uma suntuosidade clássica, definida por sua vez através da linguagem linear, horizontalizada, clean e inconfundivelmente moderna. A delicadeza e suavidade fica por conta da escolha dos materiais, da precisão técnica e de seu design atualizado. Ambientes agradáveis para uma vida perfeita! 

Vamos descobrir este segredo?

Fachada

O nome desta casa não é nenhuma coincidência. Olhando para a fachada, ou vista principal da arquitetura, percebemos imediatamente uma estrutura que traz uma forma sinuosa, como se fosse uma cobra, criando um interessante jogo de formas que abriga dois pavimentos sobrepostos com terraço. O edifício foi construído sob um terreno com ligueira inclinação, orientado para que se obtenha o melhor aproveitamento do entorno natural.

Como tratam-se de dois pavimentos sobrepostos, os profissionais ainda apostaram num giro de noventa graus do piso superior em relação ao inferior, o que acentuou o desejo por esta forma interessante e delicada, além de aproveitar melhor a exposição solar e criar uma relação de volumetria diferente e inusitada. Através deste método, os quartos ficaram orientados de forma mais privativa. E a sala de estar recebeu uma especial vista para o jardim.

Ou seja, os planos, quando desencontrados e girados, podem formular relações bastante proveitosas. Então vale a pena explorar o projeto arquitetônico, reinventado as formas e praticando este jogo de ideias em função dos usos e condições naturais.

Vista para o jardim

A referência direta ao jardim é fortemente enfatizada neste projeto. Para expandir a área de estar, um terraço foi perfeitamente conectado ao interior. Os panos de vidro também se encarregaram deste processo, trabalhando a luz e a transparência ao máximo, num prolongamento do interior e total integração com o jardim e seu entorno. 

O paisagismo seguiu uma linha de simplicidade, apostando na fluidez minimalista, que utiliza poucos elementos, proporcionando o máximo de limpeza visual. 

Além desses conceitos, a sustentabilidade também foi incluída no projeto, sendo que o fornecimento de energia conta também com painéis solares. E os vidros triplos também garantem o conforto térmico no interior da casa, diminuindo a necessidade de aquecedores nos dias frios.

Interiores iluminados

O pavimento de entrada foi concebido através de uma sequência de espaços iluminados que ganham transparência, fluidez e integração entre ambientes. Nos corredores e ambientes encontramos sempre um especial cuidado com a luz natural e sua reflexão através do uso abastado do branco. A estrutura da casa, em comunhão e harmonia com a arquitetura, se funde aos espaços, tornando-se quase invisível, conferindo ainda mais leveza.

Na escada, o corrimão em metal na tonalidade ouro, associado ao piso de madeira bem claro, transporta esta arquitetura para um nível a mais de nobreza e cuidado.

Cozinha e ambientes sociais

Em seguida chegamos às áreas sociais no andar superior. As cores brilhantes e iluminadas dominam a área e criam um aspecto de limpeza e minimalismo, que já nos estava indicado no exterior. Como dissemos anteriormente, os ambientes como sala de estar, sala de jantar, cozinha e escritório foram dispostas de modo a se voltarem para os exteriores e aproveitarem o melhor da luz e ventilação natural.

Esta cozinha traz delicadeza em sua forma, integrada ao projeto estrutural e de instalações, realizada assim com proporções ideias e formas delicadas, que são simpáticas à planta das áreas sociais e não trazem poluição visual. Planejar é a chave!

Áreas íntimas

As áreas íntimas recebem um cuidado especial. Seu foco está no repouso, boa circulação de ar e luz e uma arquitetura cujas formas auxiliem na construção de ambientes voltados especialmente para proporcionarem paz. Desta forma, para chegar a esta área, precisamos descer para o pavimento inferior, onde esta reclusão é proporcionada com bastante eficiência. Este volume é conectado aos demais ambientes através de escadas e patamares, criando uma certa desconexão que marca bastante bem os diferentes usos e finalidades da arquitetura, além de possibilitarem harmoniosas aberturas e vãos na cobertura que nos conectam ainda mais com a natureza exterior.

Se você se interessa por este estilo de arquitetura, indicamos também:

Casas minimalistas: design dos sonhos!

O que você achou desta casa cheia de suavidade? Conte pra gente!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!