8 dicas para deixar a sua casa mais segura

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Não é de hoje que a segurança da casa se tornou um dos itens de primeira necessidade. Se antes as travas e portas reforçadas bastavam para tentar afastar os ladrões, agora isso não os intimidam mais. É preciso reunir diversas armadilhas para dificultar ao máximo a ação deles. 

Sair de casa e ter certeza que tudo estará do mesmo modo na hora da chegada recompensa qualquer investimento feito nesse sentido. Pode parecer exagero, mas, em algumas localidades brasileiras o furto e o roubo têm se tornado notícia corriqueira. Então, se prevenir é o melhor o remédio.

Reunimos aqui algumas dicas para quem está pensando em investir em sistemas de segurança.

Sistemas de alarmes e vigilância

Jaguariuna: Janelas   por PM Arquitetura
PM Arquitetura

Jaguariuna

PM Arquitetura

Há alguns tipos distintos de alarmes e cada um deles têm suas vantagens e desvantagens. Para saber qual deles será o melhor para a sua residência, é preciso conhecer o funcionamento de cada um deles e avaliar qual mais se adequa ao que você procura. Normalmente, os mais comuns comercializados são os alarmes perimetrais, volumétricos e lineares.

Os perimetrais são instalados em portas ou janelas e detectam caso aquela porta ou janela seja aberta de maneira abrupta. Os volumétricos, por sua vez, são os famosos detectores de presença. Caso seja percebido algum corpo se movimentando pelo local, o alarme é acionado. Já os lineares soam assim que uma das linhas emitidas por sinais seja quebrada.

Todos esses sistemas podem ser integrados a outro sistema que avisa a uma central sobre o disparo do alarme ou envia uma mensagem para o celular do proprietário. Quando a opção é acionar uma central, geralmente, seguranças são enviados ao local imediatamente para verificar o que está acontecendo. Nesses casos, além dos custos e da manutenção do equipamento, será preciso arcar com a mensalidade da vigilância.

Antes de decidir qual equipamento instalar em sua casa, consulte um especialista. Ele saberá avaliar quais as principais deficiências de segurança na sua casa e indicar qual será o melhor sistema para sua residência.

Independente do sistema escolhido, faça testes periódicos para que não haja dúvidas sobre seu funcionamento quando necessário.

Vidro laminado e a prova de balas

O vidro a prova de balas, nada mais é que uma evolução do vidro laminado comum. Seu processo de fabricação inclui policarbonato e outros materiais entre pedaços de vidro comum, fazendo com que ele fique mais resistente e não estilhace facilmente.

Na hora de pensar em colocar vidros blindados em sua casa, identifique os pontos mais frágeis e invista apenas nos lugares mais suscetíveis a ataques. Como eles não são baratos, é possível que você prefira investir em outras técnicas de segurança. Mas, caso você não abra mão desse artifício, procure combiná-lo com alarmes e câmeras de vigilância.

Vale lembrar que além dos vidros blindados é preciso instalar esquadrias de aço, pois as de alumínio são frágeis e não conseguiriam suportar um ataque. Considere também, na hora da escolha, o quão protegida você pretende deixar a sua casa, quanto maior o calibre de proteção e grossura do vidro, mais alto será o preço.

Travas de segurança nas janelas

Sala de jantar  por homify
homify

Stuhl und Sitzbank Rustico

homify

Travas de segurança também são importantes para as janelas. Geralmente com fechos internos, elas são vendidas juntamente com a esquadria. Antes de instalar a janela verifique que tipo de travamento ela oferece. Se possível, opte sempre pelo mais seguro. Usar truques como plantar espinhos em jardineiras logo abaixo das janelas também dificulta a ação dos ladrões. Para janelas altas, tome cuidado com galhos de árvores que podem facilitar a vida dos criminosos.

Portas e fechaduras seguras

Corredores e halls de entrada  por LA Hally Architect
LA Hally Architect

House in Chandlers Ford II

LA Hally Architect

Não adianta ter apenas uma porta bonita. É preciso investir em segurança também. Fechaduras reforçadas, batentes bem pregados, com pregos de mais de 7cm, fechaduras extras e travas específicas também são muito necessárias. Pense que você deve dificultar ao máximo o serviço dos ladrões. Quanto mais travas e fechaduras mais difícil é a entrada. Coloque proteções em todas as fechaduras e tente sempre ter uma trava extra. Ferrolhos são boas opções assim como barras internas. Para reforçar ainda mais, se for possível, instale mais uma porta após a porta de entrada, separando por exemplo o hall da sala.

Portões automáticos e novos sistemas

A grande vantagem do portão automático em relação ao manual é que não é necessário descer do carro para abrir ou fechar o portão, mas algumas coisas devem ser levadas em consideração, como por exemplo, a localização da casa no quarteirão. Quanto mais próxima a casa estiver da esquina, mais perigoso é instalar um portão automático, pois em um breve momento, os criminosos podem entrar na casa ou abordar o motorista. O tempo de abertura e fechamento dos portões devem ser levados em consideração também. Peça para que o responsável pela instalação verifique o sistema de modo a diminuir o tempo assim que o portão for acionado para o fechamento. O uso de travas eletromagnéticas também pode reforçar a segurança. Mas, fique atento ao chegar próximo à casa e só abra o portão caso não note nenhum movimento estranho na rua.

O projeto da foto é da arquiteta paulistana Paula Bittar.

Sistema wireless para a garagem

Casa Santo Antônio: Garagens e edículas modernas por Roma Arquitetura
Roma Arquitetura

Casa Santo Antônio

Roma Arquitetura

Hoje já é possível instalar uma câmera na entrada da casa que mostra em tempo real ou em determinados horários toda a sua movimentação. Por meio de um acesso remoto, é possível ter acesso às imagens pela internet. É quase como se fosse uma câmera escondida que o proprietário da casa pode consultar a qualquer momento, de qualquer lugar. Existem também dispositivos que só acionam a transmissão da câmera caso o portão seja acionado.

Esse tipo de sistema tem se popularizado muito, pois permite a conexão por meio de qualquer dispositivo com internet, facilitando o acesso dos proprietários às imagens.

Câmeras em toda área externa

As câmeras de vigilância quando surgiram fizeram uma revolução no mercado de segurança. Assim como os outros dispositivos, elas evoluíram e também passaram a incluir novas funções, como por exemplo, a transmissão em tempo real e o monitoramento por uma central.

Disponível não apenas para casas, como para condomínios e outras áreas, as câmeras de vigilância representam o sistema com mais adeptos. Apesar do custo da instalação variar bastante conforme o equipamento e a vigilância contratada, ele se mostra como uma opção segura e necessária. Através das imagens das câmeras é possível investigar e descobrir criminosos.

Para as áreas externas especificamente, há câmeras com infravermelhos que gravam as movimentações noturnas com nitidez.

Quando estiver fora, previna-se!

Além dos cuidados contra ladrões, também é preciso ficar atento a outros cuidados, como por exemplo, o risco de um curto circuito ou um alagamento. Então, quando for viajar ou se ausentar da residência por um longo tempo, convém deixar todos os eletrodomésticos e eletroeletrônicos fora da tomada. A válvula de gás deve permanecer fechada e isso também vale para os registros de água.

Tente suspender a assinatura de jornais e revistas para evitar que esse tipo de correspondência se acumule em frente à casa. Peça a algum vizinho ou familiar para pegar as correspondências se não for possível a suspensão do serviço.

Fazer um seguro para a casa também é importante. Para saber um pouco mais sobre seguros residenciais, leia esse artigo para conhecer mais sobre o assunto e avaliar qual é o melhor para o seu caso.

Já colocou em prática alguma sugestão desse artigo? Conte para nós. 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!