Dicas para você escolher o espelho perfeito!

Marcio L Santos Marcio L Santos
Loading admin actions …

Não há limites, em uma residência, para o uso dos espelhos na decoração. Elementos absolutamente versáteis, os espelhos oferecem diversas opções para quem procura soluções eficientes e elegantes para sua residência. Dentre todas as suas funções, os espelhos oferecem a possibilidade de ampliar os espaços em que estão localizados, permitindo aos moradores transformar salas ou banheiros pequenos em ambientes amplos e arejados, isso sem contar com a toda a beleza e o estilo que um espelho pode agregar a uma residência. Muitos projetos investem fortemente nos espelhos como base para o décor, criando ambientes repletos de energia e beleza. Neste nosso livro de ideias, selecionamos algumas dicas e orientações que podem ajudar na hora de escolher como trabalhar com espelhos em sua residência.

Formas inusitadas

Vamos começar com uma dica bem ousada. Quando pensamos em espelhos, normalmente nos vêm à mente imagens de espelhos quadrados ou redondos, de formato mais tradicional. Por que não pensar em um espelho de formas mais inusitadas e diferentes? Trabalhar com formatos diferenciados pode trazer uma energia nova para o seu espaço e ainda permite investir em um décor mais sofisticado. Neste caso, por exemplo, temos um conjunto de espelhos cujas formas trazem uma inspiração oriental das mais interessantes. Posicionados de forma a criar uma grande estrutura triangular, estes espelhos continuam com sua função primordial de ampliar os ambientes, mas dessa vez de forma bem mais criativa e exuberante.

Materiais diferentes

Vestiário  por Ámbar Muebles
Ámbar Muebles

Espejo vestidor clásico Fenton

Ámbar Muebles

Os espelhos usualmente trabalham com molduras de madeira, metal ou vidro. Mas é possível sempre buscar materiais ou estruturas diferenciadas na hora de posicionar esta peça na parede. Esta tarefa, aliás, requer bastante cuidado na hora de decidir qual será o local do espelho. Alguns profissionais de decoração sugerem que o espelho seja colocado sempre na lateral em relação a sofás ou camas, de modo que mantenham sua funcionalidade, mas não se tornem elementos de distração dentro do ambiente. Aqui, por exemplo temos um espelho com uma moldura das mais interessantes, com um toque clássico e ao mesmo tempo moderno. Posicionado ao lado do sofá, o espelho tem dimensões grandes, compatíveis com a sala, e seu visual refinado combina perfeitamente com o restante da decoração.

Diversos tamanhos

Na hora de colocar espelhos em seu ambiente, seja na sala, na cozinha ou no banheiro, vale sempre a pena pensar em diversificar um pouco as propostas mais tradicionais. Por que, por exemplo, ao invés de investir em um espelho imenso na parede, não colocamos diversos espelhos de tamanhos e formatos diferentes de forma a criar uma dinâmica diferenciada no ambiente? Esta proposta, tão ousada quanto criativa, pode modificar completamente a atmosfera e o clima da sua sala. Aqui, nesta foto, temos um espaço dos mais sofisticados que investiu justamente nessa proposta de múltiplos espelhos. Cada espelho está posicionado em um nicho externo circular ou oval de tamanhos diversos. Juntos criam uma sensação de amplitude na sala e se estabelecem quase que como uma peça de arte dentro do décor da residência.

Estilo e sofisticação

Há quem prefira, claro, a beleza e a segurança de um clássico. Nestas horas, nada melhor que um tradicional espelho retangular de moldura de madeira. O segredo para um bom resultado está, obviamente, na estrutura da moldura, que deve se alinhar com o projeto e o estilo da decoração. Desta forma, para designs mais modernos ou minimalistas, os espelhos devem trabalhar com molduras de linhas retas, elegantes. Já para uma sala mais clássica, o espelho pode, com certeza, investir em uma moldura mais rebuscada e graciosa. Como podemos perceber aqui na foto, a moldura do espelho reflete o estilo da sala e tem referência direta com o desenho do aparador, por exemplo.

Com ou sem molduras?

Valorizar o que se tem foi a base para esse projeto cheio de vida e harmonia. Por Lucio Nocito Arquitetura. : Salas multimídia ecléticas por Lucio Nocito Arquitetura e Design de Interiores
Lucio Nocito Arquitetura e Design de Interiores

Valorizar o que se tem foi a base para esse projeto cheio de vida e harmonia. Por Lucio Nocito Arquitetura.

Lucio Nocito Arquitetura e Design de Interiores

Esta é outra dúvida que sempre assola nossos leitores. Afinal, o que fica mais interessantes na hora de se trabalhar com espelhos: escolher uma moldura que se adeque ao estilo da decoração ou esquecê-las e partir para o espelho posicionados diretamente sobre a parede. Há uma dica simples que pode ajudar nesta questão: molduras devem ser buscadas quando o espelho funciona como uma peça única, de destaque, posicionada acima de um sofá, uma lareira ou uma mesa. 

Já quando o espelho confunde-se com a própria parede ou com as portas de correr de um armário, por exemplo, o ideal é esquecer das molduras e se preocupar com a iluminação, que é outro ponto bastante importante. Aqui, por exemplo, neste projeto do estúdio Lucio Nocito Arquitetura e Design de Interiores, do Rio de Janeiro, o espelho funciona como base para o painel da sala, dessa forma dispensando o uso da moldura.

Ousadia

Há uma regra básica para o uso de espelhos que diz que quanto maior o espaço, maior deve ser o espelho. E o inverso também vale: espaços pequenos pedem por espelhos menores. Isso tem muita a ver com a questão de harmonia e equilíbrio dentro de um espaço. Um espelho enorme dentro de uma sala pequena pode se tornar um imenso elefante branco. Já um espelho pequeno numa sala grande pode sequer fazer alguma diferença na decoração. 

Uma das propostas mais interessantes e ousadas no uso de espelhos é deixá-lo no chão da sala, como os quadros e molduras costumam ficar. Aqui, nesta morada de grandes proporções, temos uma sala de jantar na qual o destaque é justamente o espelho de dimensões imensas encostado na parede – uma peça elegante e sofisticada como o ambiente em que se encontra.

Um ou vários?

Living clássico m verde esmeralda: Salas de estar clássicas por marli lima designer de interiores
marli lima designer de interiores

Living clássico m verde esmeralda

marli lima designer de interiores

Na hora de pensar como trabalhar com os espelhos em sua sala, outra dúvida recorrente é em relação ao número de espelhos. Como vimos em exemplos anteriores, o número e o formato dos espelhos vai variar de acordo com o tamanho da sala e o estilo da decoração. Aqui, por exemplo, temos um espelho que se posiciona na lateral da parede, próximo à estante e que tem em sua estrutura, uma série de painéis menores que criam reflexos únicos, mas complementares, numa peça tão elegante quanto criativa. Assim, esta proposta resolve o problema com inteligência: vários espelhos formando uma única imagem, com quebras que dão um charme todo especial ao espaço.

O que achou de nossas dicas sobre espelhos em casa? Fale com a gente.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!