SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

Como usar materiais naturais na reforma?

ana roman ana roman
Loading admin actions …

Você imagina utilizar materiais como pedra, madeira, bambu, couro, argila ou palha na reforma ou construção de sua casa ou mesmo na decoração de seu escritório? Pois saiba que você está absolutamente up to date!. 

Hoje o que há de mais contemporâneo é incorporar os materiais disponíveis na natureza de modo direto na composição e arranjo dos ambientes de moradia e trabalho.

Embora estejamos vivendo um momento de grande desenvolvimento da tecnologia aplicada a construção e a decoração, com a chegada de novos materiais como as cerâmicas que reproduzem as cores e texturas da madeira, o mármore artificial produzida peça junção do poliéster com partículas de mármore, ou as novas telhas cerâmicas que são compostas já com os painéis fotovoltaicos, o apelo dos materiais naturais nunca esteve tão forte.

Seja pelas qualidades intrínsecas desses materiais, seja pela impressão de “revival” que transmitem, os materiais naturais têm convivido com o que há de mais desenvolvido tecnologicamente falando, sem nenhum constrangimento. Ao contrário, vivemos uma época de grande valorização das sensações, emoções e ambientações que os materiais naturais permitem, e nesse quesito são absolutamente imbatíveis.

É verdade que a indústria madeireira permite hoje que utilizemos uma enorme gama de possibilidades da utilização da madeira. Seja a madeira reconstruída industrialmente através da recomposição de fibras, da madeira reciclada, da madeira certificada produzida em grandes plantações organizadas para a extração e uso em larga escala, o que se procura nesse material é o calor sensorial que promove, a sensação de aconchego que emprestam ao ambiente. A madeira traz um componente de proteção, conforto e maciez único, seja nos tons claros ou mais escuros, a madeira é sempre protagonista nos espaços onde está aplicada. A madeira natural verdadeiramente tem uma textura incomparável, agradabilíssima ao contato humano.

O mesmo tem ocorrido com a argila. Material que no passado era utilizado somente como material rustico, que precisava ser sempre revestido, hoje é cada vez mais valorizado em sua expressão mais original. Seja na construção de luminárias, vasos e outros elementos destinados a decoração de ambientes, a argila tem reaparecido nos pisos onde a abrasão não é relevante, nas paredes divisórias, forros e tampos, este material é muito valorizado por conviver muito bem com a intempérie de modo geral, além de contribuir muito para o equilíbrio do conforto térmico e acústico dos ambientes.

O mesmo tem ocorrido com a pedra, que embora hoje possa ser reproduzida artificialmente pelas cerâmicas e porcelanatos de alta qualidade, tem um papel único e inconteste como um dos mais nobres e sofisticados materiais que compõem o universo imagético da modernidade.

Outro material que é ancestral em sua utilização na construção civil e adquire papel protagonista na contemporaneidade é a palha. Utilizada no adobe como fixador do barro para a secagem in natura, utilizado de modo aglomerado e prensado nas divisórias das casas asiáticas, ou pelo ordenamento das fibras produzindo excelentes telhados, a palha assume nos nossos dias um papel excepcional. Tanto o material in natura ou transformado industrialmente, tem mantido suas principais características intactas, como o contato agradável, a leveza, a suavidade das cores e texturas, enfim, características que de modo similar a madeira, fazem da palha um desses materiais que nos fazem sentir mais protegidos nos ambientes em que estamos. Vale destacar, que especialmente na decoração de ambientes, a palha adquiriu novas possibilidades de aplicação, na medida que as técnicas modernas permitiram superar sua vulnerabilidade ao ataque de insetos e pragas. A palha hoje, se apresenta com alta durabilidade e resistência para os usos a que se destina. Na decoração, tem sido utilizada à larga na área de iluminação de interiores, pois sua transparência natural pode ser filtrada por cores e texturas únicas, gerando incríveis e ilimitados efeitos de luz.

Outro material que tem se sobressaído em sua aplicação na decoração de ambientes é o couro. Também material antiquíssimo no repertorio humano, o couro começou sendo aplicado como elemento essencial na proteção do ser humano contra o frio, o vento e os raios solares. As tendas ainda estão na memória de todos. A sociedade humana em seus estágios de nomadismo, tinha no couro o material perfeito para, apoiado numa estrutura de madeira, proteger e garantir as condições de habitabilidade para o ser humano em regiões com clima adverso. O couro natural foi substituído pelo couro artificial na segunda metade do século XX, devido principalmente ao enorme aumento da demanda, e o descobrimento das possibilidades dos materiais plásticos. Entretanto, o couro natural nunca perdeu seu nicho principal de aplicação, que é aquele ligado ao conforto e ao contato agradabilíssimo que oferece ao usuário. Assim, temos visto a aplicação de couro natural  em revestimentos de moveis, tapetes e mesmo nos revestimentos de tampos de mesas e em algumas divisórias, onde o se pretende um efeito especial ligado a nobreza e a classe que o couro transmite.

A modernidade, paradoxalmente, e diria que sabiamente, foi buscar nos materiais mais antigos em sua aplicação pelo homem, a reserva cultural necessária para se reinventar e desenvolver.

Madeira

A madeira e o bambu podem ser usados de forma crua, ou ainda de forma industrializada. Como os famosos compensados, as réguas, as tábuas. A madeira agrega uma sensação de conforto e proteção, que se tornou familiar ao homem ao longo do tempo. Nesse projeto de David Guerra foi usada como elemento predominante, criando uma harmonia interessante entre o clima de montanha e a casa.

Pedra

A pedra é um dos elementos construtivos mais antigos. Sua força e resistência a tornam um material bom até os dias de hoje. Em termos de décor remete ao estilo mediterrâneo e rústico. Pode ser usada de forma bruta para paredes, solos, caminhos, e também como décor, harmonizando as plantas do seu jardim.

Couro

Sofá de couro legitimo.: Sala de estar  por VIA HAUS
VIA HAUS

Sofá de couro legitimo.

VIA HAUS

O couro é um material que teve seu ápice no início do século XX, no entanto, continua a ser um material interessante, pois é resistente, bonito e térmico. Pode ser usado na sua forma mais comum, o mobiliário, mas também sido agregado como material construtivo, somando a outros elementos como a madeira e o metal.

Palha

Apartamento Cidade Jardim : Cozinhas  por Triplex Arquitetura
Triplex Arquitetura

Apartamento Cidade Jardim

Triplex Arquitetura

Quem nunca se sentou numa cadeira de palhinha? Essas famosas cadeiras ficaram famosas durante o século XX, se tornando um ícone do mobiliário charmoso. Esse é um dos usos da palha, também usada para outros tipos de mobiliário e construção. Mais opções podem ser encontradas no artigo 8 ambientes decorados com madeira à palhinha !

Argila

Nesse projeto a argila foi escolhida como material protagonista, conjuntamente com o metal, para criar a sensação complexa de estar em um ambiente acolhedor e moderno ao mesmo tempo. 

Que material natural te parece mais charmoso e funcional?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!