Conheça os vários estilos de mezanino

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

O mezanino – que vem da palavra italiana mezzanino – é um andar intermediário entre o piso térreo e o primeiro andar, cujo acesso se faz internamente, por meio de escada ou de elevador. Geralmente, ele é o aproveitamento do pé-direito de um andar principal como andar parcial mais baixo.

Espécie de sacada interna, que não cobre todo o espaço, o mezanino é muito utilizado em casas estilo chalé ou de madeira. Também é, atualmente, sinônimo de sofisticação e modernidade e pode ter sua estrutura formada por concreto, ferro e madeira.

O mezanino é uma forma inteligente e elegante de agregar novos espaços à casa, tais como quartos, salas de TV, salões de jogos, escritórios, bibliotecas, área de estar, entre outras possibilidades. Além disso, ele se adapta bem aos mais variados estilos, compondo ambientes com personalidade particular.

Neste Livro de Ideias, apresentamos mezaninos em diversos estilos que podem inspirá-lo a projetar o seu. Diante desses exemplos, você não vai querer esperar um minuto a mais para incorporar um mezanino à sua casa! 

Estilo eclético

Apartamento Campo Belo: Corredores e halls de entrada  por SP Estudio
SP Estudio

Apartamento Campo Belo

SP Estudio

O que define o estilo eclético é a mistura de vários estilos nas formas, acabamentos, objetos, mobiliário, objetos de arte. Em outras palavras, é misturar e combinar, de forma harmônica e equilibrada, o velho e o novo, o Oriente e o Ocidente, o simples e o sofisticado, o luxo e a simplicidade, compondo o ambiente com objetos de histórias pessoais que trazem personalidade ao espaço. É uma tarefa bastante difícil pela sutileza e medida que exige, já que o objetivo não é ter um depósito de coisas de diferentes tipos e épocas. O mezanino em estilo eclético da imagem acima comporta um lounge onde a madeira tem papel fundamental, os sofás em tons neutros apostam nas almofadas de diferentes texturas e quadros de diferentes tendências artísticas compartilham a  mesma parede.  

Estilo escandinavo

O estilo escandinavo, surgido no início do século XX e tendo como característica os artesanatos e as paisagens regionais dos países que formam a Escandinávia (Noruega, Suécia, Dinamarca e Finlândia), alia o tradicional e o moderno, além de dar ênfase nos tons neutros, em especial o branco. As cores entram em sua composição nos detalhes. Neste mezanino, a escada leve dá acesso a uma área de estar com piso em madeira clara, paredes brancas e poucos móveis de linha retas e design simples (geralmente, em tons neutros, como cinza), destacando o espaço amplo e a claridade do ambiente. 

Estilo minimalista

Arquitetura Sustentável: Salas de estar minimalistas por cunha² arquitetura
cunha² arquitetura

Arquitetura Sustentável

cunha² arquitetura

A primeira regra de ouro do estilo minimalista é a organização: tudo deve ter seu lugar e não deve ficar à vista, se possível. As cores que representam este estilo são o branco, o preto, o cinza e tons neutros como castanho, verde e azul. Os materiais privilegiados são a madeira, o inox, o vidro, o mármore, o granito, o cromado, o espelho e a pele. Os móveis – assim como as janelas e os rodapés – têm linhas retas e simples e devem ser apenas os essenciais, já que no estilo minimalista menos é mais. Por isso, itens de design são valorizados. A iluminação natural tem preferência, a iluminação artificial ressalta os focos embutidos e até as cortinas são dispensadas. As paredes são claras e puras, a serviço do espaço amplo. Neste mezanino em estilo minimalista, os beirais arredondados são em vidro com base branca, delimitando uma área de passagem e complementando a parede com painéis em vidro que toma o pé-direito alto.

Estilo industrial

O estilo industrial surgiu nos anos 1960 e 1970 nos EUA e tem como principal característica deixar à mostra todo tipo de estruturas, como vigas, tijolos, colunas, tubulações elétricas e hidráulicas. Materiais rústicos como madeiras de demolição, peças recicladas, objetos de ferro oxidados ou escovados também encontram espaço nesse estilo, assim como peças encontradas em fábricas. As cores contemplam todas as gamas de cinza, preto e branco, que remetem à infra-estrutura das fábricas. As cores quentes entram nos detalhes, como no buffet amarelo deste loft projetado por Diego Revollo Arquitetura. Já o mezanino abriga o quarto de casal, com estrutura preta e aberta, no mesmo estilo da escada.

Estilo clássico

O estilo clássico se destaca pela opulência e dramaticidade de formas, o que o torna mais indicado para grandes espaços. Os móveis são cheios de detalhes, com pés e braços trabalhados. Tapetes e cortinas são importantes e sempre muito rebuscados. As cores mais comuns são o preto, o bordô, o verde-esmeralda, ocre, ferrugem, o dourado e o prateado. Mas composições que hoje são chamadas de clássicas modernas procuram destacar cores como branco, cru, creme, bege e diferentes tipos de castanho, dando ao ambiente um visual mais clean. Mas esses ambientes continuam, a exemplo do clássico tradicional, dando grande importância aos brilhos e à iluminação. Neste mezanino em estilo clássico moderno, o ambiente aposta nos tons neutros e na iluminação planejada.

Estilo moderno

O estilo moderno não significa ambientes absolutamente futuristas. A sua principal característica é privilegiar a funcionalidade, o que não quer dizer que a forma seja negligenciada. As cores principais de um ambiente moderno são o preto e o branco, seguidos pelo cinza, pelo marrom e pelo bege. O estilo moderno compartilha com o minimalista a necessidade de organização. Neste estilo, peças de design são importantes e dão personalidade à casa, sendo que o material preferido é o aço inoxidável cromado.  Linhas retas, paralelas e perpendiculares servem tanto como motivo decorativo, como de base para a organização do espaço. Neste mezanino em estilo moderno, a opção foi por um escritório, com estantes brancas e bancada preta, com linhas retas e design limpo. 

Estilo rústico

Casa ReFit: Salas de estar rústicas por Ferraro Habitat

O estilo rústico remete às antigas casas de campo e têm na madeira e no ferro seus principais materiais. As paredes costumam ficar intocadas, apresentando as marcas do tempo, assim como os móveis e os pisos. Mas as paredes de tijolo à vista ou os painéis de madeira também são muito apreciados, assim como as paredes pintadas de branco. Geralmente, usa-se móveis reciclados e madeiras de demolição, móveis grandes e confortáveis que inspiram aconchego e móveis que não combinam entre si. As vigas da casa ficam propositalmente à mostra, revelando a estrutura da habitação. As cores vão do branco-sujo aos tons neutros como  bege e os pastéis muito claros. Nas texturas, florais e listrados aparecem em cortinas, almofadas e estofados. Aqui tudo fica à vista dos olhos de todos, incorporando materiais e cores à decoração. Neste mezanino em estilo rústico, deu-se preferência por uma estrutura de laca azul, à qual se tem acesso pela escada e…

Estilo rústico

Casa ReFit: Quartos  por Ferraro Habitat

leva diretamente ao quarto de casal, montado em espaço aberto, com paredes de madeira e tijolos e janela panorâmica. O resultado é um ambiente ao mesmo tempo exposto e íntimo, que tem vista do andar inferior. Para outras dicas sobre mezaninos, leia este artigo

Qual é a melhor função para um mezanino, na sua opinião?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!