Transforme um quarto fora de uso em closet!

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Se você tem um quarto em casa que esteja fora de uso ou seja mal utilizado, por que não pensar em transformá-lo em um belo closet com espaço para todas as suas roupas, calçados e acessórios? Tudo ficará muito melhor organizado e você terá espaço bastante para se arrumar a cada vez que for sair, seja para uma ocasião trivial ou para um grande evento.

O segredo é planejar muito bem a transformação do cômodo em closet, com a ajuda de profissionais qualificados, como designers de interiores  e marceneiros de primeira linha. Eles vão colocar no papel o projeto que você tem em mente e, em seguida, torná-lo realidade com a execução das obras. 

Lembre-se de que o dispêndio financeiro é basicamente com a criação e execução de cabideiros, gavetas, prateleiras e sapateiras, mas todo o local tem que ser pensado e decorado para ser uma verdadeira sala de provas, agradável, prática e aconchegante.

Assim, conheça nossas dicas para transformar aquele quarto vazio ou sem uso em um lindo e amplo closet. Inspire-se e mãos à obra!

Design de interiores

O design de interiores é o trabalho que vai definir a distribuição do espaço de acordo com as necessidades do morador. No caso do closet, o designer de interiores vai estabelecer junto com o proprietário o melhor uso do espaço para acomodar roupas, calçados e acessórios. Tudo vai depender do que você precisa e pretende. Se houver muitos calçados, deve-se prever mais sapateiras e assim por diante. Pode ser ainda que você deseje ter uma parede para peças de primavera-verão e outra para peças de outono-inverno. Todos esses detalhes são pensados agora e desenhados em um esboço fiel do espaço. Por isso, a sua primeira ação é medir todo o quarto para ter uma ideia do espaço disponível. Outra coisa que precisa ser feita agora é verificar se as paredes apresentam umidade, mofo ou rachaduras. Em caso positivo, esses problemas precisam ser sanados antes de qualquer coisa. Terminadas essas medidas, pinte o quarto na cor que você deseja que seja a básica.

Marcenaria

Com o projeto pronto, o design de interiores o encaminha ao marceneiro da confiança dele ou àquele de sua preferência. É o momento da execução das obras, que vai tornar realidade aquela série de prateleiras, cabideiros, gavetas, sapateiras e nichos antes só visualizados no papel. É preciso que você ou o designer de interiores acompanhe o trabalho do marceneiro para verificar se as especificações de medidas e materiais estão sendo atendidas a contento. O resultado final desse trabalho são os tão sonhados compartimentos do closet, quase prontos para serem usados! 

Layout

Terminada a etapa de marcenaria, é preciso pensar se você deseja ter um open closet ou se vai preferir ter portas em madeira, laca, vidro transparente ou espelhadas, entre outras opções, compondo então um estilo para o seu closet recém-criado. Dependendo do material das portas, será preciso contratar um profissional especializado. O designer de interiores provavelmente vai fazer a indicação de um desses profissionais, dando continuidade ao trabalho. Discuta com ele o estilo que pretende imprimir ao cômodo para poderem pensar nos detalhes da decoração.

Iluminação

A iluminação do closet deve ser uma combinação de luz direta e indireta. Assim, no teto deve haver uma fonte de luz indireta e uniforme, que permita observar as prateleiras sem cansaço dos olhos. Já alguns pontos dos armários podem receber luz direta para realçar uma determinada peça ou, então, para iluminar o espelho principal, que pode ser de uma penteadeira ou atrás da porta de entrada. De maneira geral, a iluminação não pode provocar sombras e pontos escuros, portanto um projeto de luminotécnica perfeitamente adequado ao espaço é altamente recomendado. No projeto da designer de interiores e paisagista Iara Kílaris, a opção foi por um lustre de cristal central, que reflete no espelho ao fundo e nas portas espelhadas, distribuindo equilibradamente a luz pelo espaço.

Espelhos

Algo que não pode deixar de existir em um closet é um bom e belo espelho. Há quem prefira ter portas espelhadas em todas as direções, mas essa não é necessariamente a melhor forma de se conferir o visual. Um espelho grande de piso ou parede funciona tão bem ou melhor que uma sucessão de espelhos que se refletem uns aos outros e confundem as imagens. Se optar por uma penteadeira com espelho, não utilize espelho tipo camarim, pois eles lançam sombras nos rostos das pessoas e dificultam a maquiagem mais delicada e não teatral. 

Decoração

A decoração do closet dá o toque final à peça, estabelecendo o estilo do ambiente e mostrando um pouco da personalidade do morador. É recomendável que o closet tenha uma poltrona ou um banco que permita que a pessoa descanse entre uma prova e outra ou, ainda, troque de calçados com mais conforto. É também comum a presença de uma penteadeira para a hora da maquiagem. Em outros casos, um móvel central cheio de gavetas serve para guardar joias e bijuterias. Também podem haver ganchos nas paredes não ocupadas pelos armários para se pendurar chapéus. E, pensando no conforto, é aconselhável que o espaço tenha um tapete fofinho para que se possa andar descalço sobre ele enquanto se faz as provas de roupas. Lembre-se também das cortinas para as janelas, que devem ser leves e permitir a entrada da luz natural. Pronto! Finalmente, o quarto sem uso se transformou em um closet bonito é útil! Faça bom proveito dele! Para outras dicas sobre closets, leia este artigo.

O que não pode faltar em um closet?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!