6 ideias geniais para sua cozinha pequena!

Marcio L Santos Marcio L Santos
Loading admin actions …

Nem todos podem contar com uma cozinha espaçosa da residência. Em muitos apartamentos, o espaço para as cozinhas torna-se cada vez mais reduzido. Por isso, muitos imóveis acabam oferecendo a possibilidade de ter a cozinha integrada com outras áreas, como a sala de estar ou a sala de jantar. A cozinha americana cada vez se estabelece como uma das soluções mais práticas para quem busca ampliar o espaço da cozinha, não perder a mobilidade e garantir a sua funcionalidade. 

Ainda assim, vale a pena ficar de olho em alguns truques e ideias que são capazes de deixar a sua cozinha um espaço ainda mais atrativo dentro da residência. São pequenas dicas que podem fazer toda a diferença na atmosfera do ambiente: se você acha que a cozinha não é apenas um espaço para a preparação de alimentos, mas sim um ambiente para a troca de experiências e para o relacionamento, fique de olhos no que vamos mostrar aqui neste livro de ideias.

E as mesas?

Outra dúvida constante em quem possui uma cozinha pequena é como definir o espaço para as mesas. Muitas cozinhas hoje em dia tem uma área predominantemente comprida, com parede bem próximas umas das outras. Isso pode complicar um pouco na hora de estabelecer o local da mesa. Se a sua família costuma usar a sala de jantar somente em ocasiões de visita ou nos fins de semana, ter uma mesa na cozinha para o café e o lanche é fundamental. Um bom planejamento de design é capaz de colocar uma mesa para três ou quatro lugares sem muito esforço, respeitando obviamente os limites de espaço. Há ainda opções para mesas que se aproveitam da área dos balcões e outras que ficam embutidas, podendo ser puxadas ou abaixadas na hora que forem ser utilizadas. Nesta foto, por exemplo, temos uma mesa pequena, para refeições rápidas, montada em uma cozinha das mais charmosas, que ainda brinca com elementos em amarelo para criar um divertido contraste.

Pense no que quer fazer

Uma cozinha pequena demanda tanta atenção quanto uma cozinha grande – talvez até um pouco mais. Afinal, o desafio aqui é montar um projeto de decoração capaz de se alinhar com o restante do design da residência, garantir a funcionalidade e a mobilidade no espaço e ainda criar um clima de acolhimento, familiaridade e criatividade. Por isso, antes de iniciar o seu projeto, pense bem no que você deseja fazer com a sua cozinha? 

Se ela será um espaço de uso constante, para cafés, almoços, lanches e jantares, privilegie a mobilidade e a circulação. Se a cozinha é utilizada duas vezes por dia, no café ou no lanche da tarde, apenas, é possível investir em um design mais ousado ou mais despojado. Se você gosta de cozinhar, se considera um chef de fim de semana e gosta de chamar os amigos para uma confraternização, estruture sua cozinha de modo que a criação dos pratos e a interação sejam a peça-chave: facilite o acesso aos utensílios e faça da cozinha uma peça integrada à outras salas de sua residência.

Planejados ou modulados?

Uma das principais dúvidas na hora de se escolher os móveis para uma cozinha é: trabalhar com armários e balcões modulados ou planejados? Ambos têm suas vantagens e desvantagens. Os armários modulados são mais econômicos, pois se apresentam em tamanhos pré-definidos, o que pode acarretar em ajustes posteriores na hora da montagem. Já os móveis planejados, ainda que a um custo maior, oferecem a possibilidade de se ajustar perfeitamente a seu espaço, além de oferecer soluções de design diferenciadas. 

Aqui, por exemplo, temos um conjunto de armário planejados, um projeto das arquitetas Claudia Albertini e Chris Silveira, de São Paulo, no qual o tom rubro-negro da cozinha equilibra-se com harmonia com os tons mais claros do restante da decoração. O projeto caprichado ainda se completa pelo bom design da iluminação, com destaque para as luminárias que ficam sobre o balcão e que trazem um charme todo especial a essa peça.

Caprichando na iluminação

Cozinhas campestres por Samuel F Walsh Furniture
Samuel F Walsh Furniture

Free Standing Country Kitchen

Samuel F Walsh Furniture

Mesmo que seja apenas por questões de higiene ou limpeza, ter uma cozinha bem iluminada é fundamental para o bom desempenho das tarefas domésticas. Além disso, uma cozinha bem iluminada funciona quase como um incentivo ao preparo dos alimentos, seja um rotineiro café da manhã ou um jantar sofisticado no fim de semana. O ideal é termos uma iluminação natural, vinda das janelas, mas nem sempre isso é possível, principalmente em apartamentos. Nestas horas, a solução é contar com um bom projeto de iluminação, que ilumine todo o espaço com regularidade e que, eventualmente, possa privilegiar áreas específicas como o fogão, a pia ou o balcão no qual os alimentos são preparados. Aqui, por exemplo, temos uma cozinha planejada cuja iluminação é das mais admiráveis, graças às amplas janelas que deixam a luz do sol entrar de forma suave e difusa. Ainda assim, é possível perceber alguns spots solitários sobre áreas específicas, dando aquele toque especial às atividades mais importantes da cozinha.

Brincando com as cores

Apartamento Vila Nova Conceição : Cozinhas modernas por Asenne Arquitetura
Asenne Arquitetura

Apartamento Vila Nova Conceição

Asenne Arquitetura

Todos sabem que investir em apenas uma cor em um ambiente o torna automaticamente menor e menos iluminado. Uma sala toda branca, com paredes e tetos da mesma cor tende a parecer menor e mais fria do que uma mesma sala com um teto mais claro e detalhes coloridos na decoração. O mesmo ocorre com a cozinha. Por isso, sempre que possível, insira elementos coloridos na decoração de sua cozinha pequena. Aqui, por exemplo, temos um belo projeto que traz os armários da cozinha em tons de amarelo vivo, criando uma sensação de calor, movimento e energia. Percebam como esta cozinha privilegia a mobilidade e a praticidade, elementos dos mais essenciais nos projetos modernos. Para quebrar a hegemonia do amarelo, alguns elementos em vermelho, como o faqueiro em forma de coração e alguns potes estabelecem, bem de leve, um simpático contraste. Desta forma, a cozinha ganha cor, vida e espaço, de forma natural e criativa.

Atenção com a circulação

Cozinhas modernas por homify

Como dissemos, é preciso pensar no dia a dia, na rotina da casa e da movimentação de pessoas na cozinha. Para um casal que só toma café em casa, almoço fora e se encontra apenas no lanche, a cozinha pode focar mais na funcionalidade e deixar um pouco de lado a questão da circulação. Já uma família com dois filhos, que toma café, almoça e lancha em casa, a solução é pensar em uma cozinha que privilegie o espaço, a movimentação e a circulação. No fundo, o que vale é o equilíbrio. Nesta cozinha da foto, por exemplo, encontramos um espaço que consegue equilibrar bem as questões de funcionalidade e circulação. O bom projeto de design – que opta por uma simplicidade elegante e quase minimalista – ainda encontrou espaço para colocar um balcão que faz às vezes de mesa para um café ou um lanche rápido.

O que achou destas dicas para cozinhas pequenas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!