Diferentes estilos: uma maravilhosa casa portuguesa!

Gustavo de Campos Gustavo de Campos
Loading admin actions …

Podemos olhar para uma pessoa, pensar algo sobre sua personalidade e estarmos completamente errados. As vezes o exterior não corresponde ao interior e vice-versa. Isso não acontece apenas com pessoas e nossas desilusões não são apenas para com nossos semelhantes. Podemos ter essas decepções com, por exemplo, uma casa que consideramos bela por fora e não agrada por dentro. Essas surpresas podem também ser de estilo. Uma igreja de fachada barroca pode se revelar extremamente simples em seu interior, ou um edifício de escritório mostrar uma fachada rústica e em seu interior ter a mais avançada tecnologia.

A surpresa que nos causa esta casa do escritório português Ricardo Moreno Arquitectos é diferente de todas essas surpresas que citamos até agora. Olhando para sua fachada já podemos imaginar  que encontrar dentro: uma casa que remete a arquitetura dos tempos da colônia, com pequenos telhados sobre a janela, uma sacada estreita porém correndo ao longo de toda a fachada frontal. Uma belíssima casa neste estilo esperamos. Mas o que encontramos é na verdade uma magnífica residência de tons modernos escondida atrás da bela fachada colonial. Seus espaços interiores continuam a surpreender com um jogo de madeira e aço polido espetaculares, fazendo com que nossa admiração construída após a surpresa apenas aumenta. Portanto, apresentaremos agora esta bela residência feita sob a mistura mais nobre da modernidade e da tradição portuguesa!

Uma fachada dos tempos clássicos

Os pequenos telhados colocados sobre as três estreitas janelas/portas da fachada, a sacada que é estreita em uma dimensão e avantajada na outra, o telhado com expressivo beiral cobrindo a casa toda e sendo contínuo ao redor da casa. A fachada é a de uma típica casa portuguesa do século XIX. Nós brasileiros temos muitas desse tipo devido a influência além-mar aqui e lá com certeza não seria surpresa encontrar esse tipo de arquitetura. A surpresa fica, entretanto, ao adentrar seus domínios e conhecer os fundos da casa… Eis qu

Piscina, pérgola e rede

Eis que de repente uma piscina de águas límpidas, uma grande pérgola branca a cobrir vasta área e, sob ela, uma confortável rede de balanço nos surpreende! Podemos até mesmo ver, atrás de todos esses elementos, o telhado da fachada e assim conseguimos ter uma ideia do jogo de contraste e harmonia que esse ambiente estabelece. Um quintal que todos nós gostaríamos de ter e um local confortável para passar um final de semana relaxante após uma agitada semana lisboeta.

A cozinha e a profusão de materiais

Seguindo algo que já é ensaiado nos fundos da casa, o interior apresenta uma grande profusão de materiais. Entretanto, o interior eleva o grau de intimidade com o ambiente e esses materiais podem ser notados com mais carinho, com mais atenção e toque. A madeira, com textura aparente (como a das paredes) ou mais discreta (como a do forro), dá o tom do espaço. A cor acinzentada da bancada da pia contrasta com a madeira e com o próprio móvel no qual se fixa, estabelecendo assim um gostoso jogo de cores em tonalidade pastel. 

Um ambiente diferente e especial

Quase que imediatamente atrás da ilha principal da cozinha se encontra este ambiente. É até mesmo difícil definir o que ele é. Um pórtico todo revestido por madeira de textura aparente suporta um lustre que ilumina uma simpática mesa com bancos e cadeiras de diferentes cores e estilos. Um discreto quadro e uma estante de livros completam o pequeno ambiente que confere charme e autenticidade a esta casa que já se mostra como uma tendência a ser seguida em anos próximos. tanto em Portugal como em terras brasileiras.

Texturas e mais texturas

Já comentamos anteriormente neste artigo sobre as texturas da casa. Não podemos deixar de comentar ainda sobre este assunto, pois elas estão presentes em todos os ambientes em um número muito grande. As cores se contrastam resultando em equilíbrio e harmonia, algo raro na composição feita de matizes tão diferentes. O cinza e o branco, a madeira e o chão perolado. São estes detalhes de escolha projetual que tornam um ambiente, uma casa, uma arquitetura inesquecível para aqueles que a frequentam.

Entre o dentro e o fora

Seguindo uma tendência muito comum nos últimos naos na Europa e no resto do mundo, o escritório responsável pela obra aposta na integração entre os espaços internos e externos. Isso faz com a linha rígida que separa o que é dentro e o que é fora acaba por desaparecer quase que por completo, fazendo assim com que com apenas um passo você possa passar daquilo que consideramos ambiente interno para o espaço externo. Isto permite uma permeabilidade muito grande no ambiente e um experiência inesquecível nesta magnífica residência.

Gostou desta casa português? Olhe também então este artigo sobre uma casa em terras portuguesas. 

Se interessou por essa bela casa e suas soluções? Compartilhe conosco suas opiniões.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!