Uma casa de família dos sonhos!

Gustavo de Campos Gustavo de Campos
Loading admin actions …

Quando você anda por um bairro de uma das grandes cidades do Brasil o que você vê? O que predomina na paisagem? Árvores, vegetação e vida ou muros e mais muros capazes de cobrir quilômetros de fechamento? A última opção 

tem se tornado cada vez mais frequente em nossas cidades. O uso de grades, por exemplo, aumenta exponencialmente a cada ano. Antigas praças abertas ao público e convidativas aos que moram em seu entorno tem virado antros gradeados de uso exclusivo para alguns afortunados que são permitidos entrar. 

Como consequência disso, as casas tem se tornado cada vez mais muradas e gradeadas. As casas, em geral, são um reflexo daquilo que a cidade lhes oferece de segurança, conforto e receptividade. Uma cidade cheia de grades e muros terá uma casa cheia de grades e muros, pois essas também são parte da cidade e espelham as decisões tomadas pelo poder público. Com isto em mente, o Estúdio Daniel Cruz concebeu uma casa aberta, sem muros. A localização em uma parte segura da cidade com certeza ajuda, mas a ousadia de não gradeá-la e transformá-la numa prisão privada faz com que este projeto tenha que ser admirado. São por estes motivos que aqui trazemos uma linda casa, capaz de conquistar a todos pela entrada simpática que não nega a rua, não nega o espaço público. Muito pelo contrário: quer ser um só com ele, mesmo preservando a intimidade dos seus habitantes, os quais, como se verá, tem um espaço fantástico de lazer no fundo da casa|!

Livre para ser da cidade

Como já comentamos anteriormente, esta casa não possui grades e isto chama muita atenção no mundo murado em que vivemos. A liberdade com que a sua varanda se estende sobre a calçada e como seus espaços externos avançam sobre a rua e sobre o simpático jardim que ostenta na fachada faz esta decisão projetual valer a pena, pois, nunca, em uma casa que lembrasse uma prisão, este tipo de coisa, e a própria vivência que os moradores com certeza tem nessa residência, seria possível.

O caminho pelo jardim

Os caminhos construídos em uma casa precisa, necessariamente, serem diferentes daqueles construídos, por exemplo, em um parque. Em uma grande área os caminhos precisam ser objetivos e eficiente. Numa casa, entretanto, os caminhos em um jardim devem enfatizar a poesia e a contemplação. A imagem acima mostra o belo percurso feito através de palmeiras rabo de raposa iluminadas por lâmpadas estrategicamente posicionadas, conferindo beleza e poesia ao ambiente externo.

O corredor antes da revelação

Ao seguir o caminho que mostramos acima nos deparamos com um pequeno corredor. Apesar de estreito e não muito longo, ele é uma importante conexão entre os ambientes externo da frente e dos fundos da casa. Em suas paredes um pequeno, porém denso, jardim vertical cresce, derramando sua folhagem ao lado de quem por ali passa e tirando a monotonia que poderia se instalar num corredor comum antes de revelar o que acontece no quinta da residência.

Uma joia escondida

Após passarmos pelo corredor nos deparamos com uma grande área livre. Está área possui, o que vemos logo de cara por sua dimensão, uma grande piscina em L. Ela permite que os habitantes da casa possam desfrutar de um gostoso lazer sem sair de casa, bem como, ao fundo, uma pérgola quadrada se sustenta acima de uma banheira de hidromassagem. Tudo isso rodeado por palmeiras muito bem iluminadas dá o clima belo e escultórico desejados pelos arquitetos.

Cozinha integrada

A cozinha em L, remetendo a forma da piscina no lado externo, é basicamente a coluna vertebral da casa. Ela acaba integrando o espaço externo (com saída à direita da imagem acima) e o espaço interno da sala e dos quartos (à esquerda da imagem acima). Com uma decoração singela e eficiente, as luminárias suspensas, com um vivo amarelo em seu interior, ganham destaque por se diferenciar dos acabamentos sóbrio e comportados que apresentam os outros elementos.

Formas de madeira em espiral

A madeira é sempre uma excelente opção para conferir conforto e segurança na escolha dos materiais para um dado ambiente. Nesta sala de janta, contígua à cozinha, o material foi escolhido para revestir a mesa de forma circular (marcando diversos gomos diferentes na textura da mesma),no painel da parede ao fundo e, surpreendentemente, no ventilador, o qual possui um design extremamente interessante, combinando sua eficiência ao estilo geral do espaço.

Gostou dessa mansão? Leia outro artigo sobre uma interessante casa de luxo.

E aí, gostou dessa linda casa sem muros? Deixe-nos saber também a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!