Sinuosidades de uma linda casa!

Gustavo de Campos Gustavo de Campos
Loading admin actions …

Nícolas Kílaris, o arquiteto da magnífica residência que vamos apresentar a seguir, comanda dois escritórios de arquitetura (um em Americana e outro em Campinas) e chefia uma grande equipe de arquitetos, os quais trabalham de maneira empenhada para dar vida às criações de Nícolas. Ele se formou na PUCCamp e desde os 23 anos de idade desenvolveu um estilo único de projetar. Seus projetos são sempre dotados de muitas curvas, sinuosidade que encanta os olhos e é capaz de fazê-los percorrer um caminho quase infinito e sem bordas.

Esse estilo, como algumas pessoas irão perceber, sofreu influência decisiva daquele que é considerado o maior arquiteto brasileiro de todos os tempos: Oscar Niemeyer. As curvas de Oscar ensinaram as curvas de Nícolas a não se esconderem em meio a um emaranhado de linhas retas que por vezes podiam parecer sem expressão. Desta maneira, o arquiteto paulista, meio século mais novo do que o arquiteto carioca, projeta belas casas, verdadeiras mansões, capazes de nos encantar com sua volumetria ousada e sensível ao mesmo tempo. A casa que iremos aqui mostrar faz parte da joias preciosas projetadas por esse incrível arquiteto!

Curvas contidas

A arquitetura de Nícolas Kílaris normalmente apresenta uma enorme volúpia de curvas e serpenteios. Entretanto, a fachada da Casa Limeira é u pouco mais contida. Ela apresenta sim as típicas curvas do arquiteto campineiro, mas elas fica restritas ao beirais dos telhados e das sacadas. Isso com certeza não tira o brilho e a sutileza da arquitetura desde grande arquiteto, ainda mais tendo em vista o espetacular jogo de luzes que parte do jardim e transforma a casa num verdadeiro show a céu aberto.

O brilho e o branco

Se a fachada não apresenta o número de curvas que normalmente Nícolas propõe, a sala de estar, a qual se pode ver imediatamente ao adentrar a residência, compensa isso. Ou melhor, ainda mais: ela compensa e faz com que sobrem belas curvas. As pequena lâmpadas de led, estrategicamente posicionadas, agem como pequenas estrelas no céu noturno. Porém, não estando sobre um fundo preto, mas sim sobre um fundo branco, brilham de folha diferente e transferem esse mesmo brilho as outras superfícies, conferindo luz especialmente deslumbrando ao espaço.

A simplicidade transformada em curvas

Num singelo canto da casa, próximo a espalhafatosa e deslumbrante sala de estar, a qual pode ser vista logo na entrada e é o brilhante cartão de visitas da residência, um pequeno espaço é destinado a momentos mais serenos e mais contemplativos. Um piado de causa e duas cadeiras são os principais elementos do espaço que propões diminuir o ritmo da rotina e apreciar uma bela melodia. Seu único contraste, a parede vermelho-queimado ao fundo, não deixa que o ambiente fique monótono e contribui para resplandecer ainda mais a peça artística metálica na parede.

Jantando sob o fundo branco

Este ambiente, quando iluminado por uma padrão semelhante ao que encontramos na sala de estar presente na entrada, tem suas paredes, suas superfícies diluídas de tal forma que o branco faz com que as variações de sombra quase desapareçam e a sensação de profundidade se atenue fortemente. Isto faz com que dois elementos se destaquem: a mesa e o espelho. A textura da mesa sobressai em relação ao branco e o espelho confere movimento, seja com o reflexo do outro lado do espaço ou com o reflexo das próprias pessoas que estão no ambiente.

Relaxamento no pré-quarto

Este ambiente (se é que assim podemos chamá-lo) é uma peculiaridade muito distinta da arquitetura de Kílaris. No piso superior, que leva aos quartos, aos cômodos privados, o arquiteto coloca uma pequena mesa e duas poltronas. Além do bonito destaque que a mesa amarela alcança no alvo ambiente, este é um espaço onde se pode aguardar aquela pessoa demorada se arrumar para uma grande festa. Um lugar ideal para trocar algumas ideias e algumas palavras antes de noites importantes.

Quarto em meio a curvas e luzes

Enquanto estamos acostumados a quartos comuns na maioria dos projetos, seguindo um sistema onde o espaço possui forma quadrada, uma mesinha simples, armário entediante e cama comum, a Casa Limeira, mais uma vez, quer diferenciar. Desta maneira, o arquiteto se utiliza mais uma vez do recursa da sanca de gesso com luz oculta, fazendo o teto levitar, e uma escrivaninha sinuosa capaz de conduzir o olha pelas paredes até o armário com grande parte espelhado, trazendo beleza e sutileza aos mais tenros detalhes deste elegante quarto.

Gostou desta casa em florescência? Então leia também este artigo.

Gostou? Então deixe seu comentário.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!