Como manter a cozinha segura para as crianças

ana roman ana roman
Loading admin actions …

A cozinha é um dos ambientes mais importantes da casa, pois ali se cria um momento de confraternização, recriação e compartilhamento. Por isso, é importante que seus filhos possam ficam na cozinha, e ir aos poucos se habituando com os rituais de preparação e alimentação. No entanto, a cozinha também é um lugar especialmente perigoso para os pequenos, por isso é necessário tomar diversas precauções e cuidados.

Ao ir acostumando seu filho desde cedo a ficar na cozinha ele pode entrar em contato com coisas muito importantes, como o entendimento daquilo que está comendo. Ou seja, ao invés de simplesmente imaginar que a comida brota do ar, ou nasce em caixinhas, ele pode entrar em contato com a preparação e transformação dos alimentos, o que pode ser muito bom, e inclusive auxilia-lo a comer melhor.

Porém, é totalmente imprescindível a organização e a segurança. A cozinha é o espaço onde convivem facas afiadas, forno quente, panelas cheias de água fervendo. Também há sacos plásticos, tomadas, garrafas de vidro. Sendo assim, é o verdadeiro mostruário de perigos para os pequenos cheios de curiosidade e de vontade de mexer em todas as coisas. 

Para fazer uma cozinha segura é necessário olhar sobre a perspectiva de uma criança, a começar pela altura! Na altura dos pequenos não deve ficar nada potencialmente perigoso, garrafas, facas, etc… O forno quente também deve ser protegido, ou se não deve manter-se sempre atento quando em uso. As tomadas que estiverem na altura das pernas também devem tapadas. As crianças podem ser muito inteligentes e curiosas, então é importante se preparar para o inesperado. Qualquer panela com o cabo para fora pode significar perigo intenso.

No meio desse sério panorama, preparamos uma série de dicas para ajudá-los a manter a cozinha segura e organizada!

Panelas

Quando estamos cozinhando muitas vezes esquecemos da perspectiva das crianças. Sendo assim, fazemos as coisas da maneira que estamos habituados e nos esquecemos de possíveis perigos. Na hora de cozinhar, por exemplo, é comum deixarmos as panelas com o cabo para fora. Esse pode ser um dos maiores perigos. Normalmente as panelas estão cheias de líquidos e sólidos em altíssima temperatura, e o que poderia parecer uma brincadeira para as crianças, como tocar naquele cabo a vista, pode resultar em queimaduras sérias.

A altura dos olhos

Cozinhas rústicas por Marcello Gavioli
Marcello Gavioli

BioMalta RAL 7010 Grigio Tenda

Marcello Gavioli

Observe essa foto. Tem algo que parece errado? O que numa cozinha para adultos poderia ser muito prático e charmoso, numa cozinha segura para crianças pode não ser. Nesse caso a estante aberta de madeira com vidros, garrafas e outros utensílios a altura dos pequenos pode significar perigo total. É aconselhável ter somente estante fechadas, que não ser abertas com facilidade, e que resistem a curiosidade das crianças. 

Forno

O forno quente é um grande risco porque não há muitas maneiras de protege-lo. Ele está normalmente bem na altura das crianças, alcança altas temperaturas, e é fácil de abrir. Se você tem a possibilidade de proteger o fogão do alcance das crianças, o faça, se não é importante educá-los sobre o perigo e manter a vigilância.

Posição

Se você tiver uma cozinha organizada, na qual os objetos tenham seu lugar e estejam firmes, já ajudará. O microondas nessa foto, por exemplo, é de difícil locomoção. Por outro lado, os nossos queridos vidros de ervas e temperos são um grande risco, inclusive por cativaram a curiosidade dos pequenos, com suas cores e cheiros. É necessário colocá-los em um lugar alto, ou em uma prateleira fechada.

Talheres e facas com ponta

Cozinhas campestres por Tim Jasper
Tim Jasper

Harbourside kitchen

Tim Jasper

Os utensílios afiados, como facas e garfos devem ser mantidos sob vigilância, em algum local protegido. Gavetas altas ou superfícies de metal imantadas são boas soluções. Mesmo assim, é importante se manter vigilante. As crianças podem subir em algum lugar e começar a abrir gavetas. Se for possível, uma fechadura mais potente, ou tranca pode garantir que seu filho não encontre nada afiado na cozinha. 

Nada a vista

Os sacos plásticos também são um dos grandes inimigos das brincadeiras infantis. As crianças podem usar-lo de forma lúdica, e acabar se sufocando. Para evitar esse risco é super importante não deixar os sacos plásticos a vista, seja em gavetas baixas, seja nos puxa-sacos. O mais adequado no caso seria guardá-los em prateleiras com portas, longe do alcance. 

A sua cozinha está segura para crianças?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!