Como cultivar plantas dentro de casa

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Cultivar plantas é cultivar carinho. Quem tem um jardim em casa, sabe muito bem disso. Todo o cuidado do mundo é pouco para vermos as pequenas florirem ou ficarem fortes e embelezando o nosso ambiente. Seja na cozinha, com temperos, na sala, com flores ou em qualquer outro ambiente do lar que você costume relaxar, a companhia das plantas é sempre prazerosa e relaxante. Além de esteticamente prazeroso, as plantas no ambiente interno ajudam a filtrar o ar, deixando o local mais fresco e perfumado, já que a absorção do gás carbônico também é uma função das plantas. Além destes excelentes benefícios, você pode optar por uma infinidade de espécies entre floridas ou hortaliças, que ficarão muito bem instaladas no seu lar. No entanto, para começar a esta prática prazerosa, é preciso ficar atento a alguns cuidados. 

A instalação das plantas deve ser feita em áreas que recebam iluminação natural, ainda que as plantas sejam destinadas à áreas com sombra. Neste caso, vale um lembrete: o fato de existirem plantas que se adaptem melhor à locais com menos luz, mas isto não quer dizer que estas plantas devam ser cultivadas em locais totalmente escuros. A luz natural é essencial que estas plantas pratiquem a fotossíntese e cresçam fortes, evitando fungos e aumentando o tempo de vida das mesmas. 

Cuidados com a poda e rega devem ser tomados, assim como cuidados especiais conforme a época do ano. Respeitar cada estação e as mudanças climáticas específicas, mudando as plantas de local conforme a temperatura é essencial. Para a decoração, não só as plantas podem servir para enfeitar o ambiente, mas, também, os vasos utilizados para cultivá-las. Caprichar na escolha certamente fará muita diferença na decoração do seu lar. Para isto, fique atento ao estilo decorativo já presente em sua casa e faça com que o vaso caia perfeitamente entre as peças já utilizadas. 

Esperamos que você aproveite ao máximo as ideias aqui encontradas e assim, possa começar ou até incrementar as ideias de decorações no seu lar. Temos certeza que logo após os primeiros dias, você irá notar a grande diferença que faz possuir algumas plantas no lar. Inspire-se, aproveite o ar fresco e aproveite mais um artigo homify!

Estações do ano

Varanda : Jardins tropicais por HZ Paisagismo

Por fim, chegamos a uma importante dica que mexe diretamente com a vida das plantas: as estações do ano. Lembre-se sempre de que no inverno a retirada das folhas secas é importante, assim como no verão é muito importante evitar a luz direta do sol. Para saber os cuidados específicos para cada na planta conforme as estações, procure pesquisar ao máximo sobre as espécies de plantas adotadas para o seu lar e veja a adaptação para as condições climáticas da região em que você mora. Na imagem, um projeto do escritório HZ Paisagismo, de São Paulo (SP).

Tipos de vasos

Salão de Design | Amazônia 2010: Terraços  por Folha Paisagismo
Folha Paisagismo

Salão de Design | Amazônia 2010

Folha Paisagismo

Esta é uma dica muito importante para as plantas e para a decoração do seu lar. A escolha dos vasos deve ser fundamentada primeiramente conforme o tamanho das plantas a serem cultivadas. Neste Livro de Ideias é possível encontrar diversas imagens com uma grande variação de vasos. A principal dica é que os vasos escolhidos tenham pequenos furos ao fundo para que a água possa escoar. Para o cultivo de samambaias, vasos feito de coco são os mais escolhidos, enquanto que, em para áreas de grande ventilação, os vasos de plástico podem ajudar a manter a água armazenada. Na imagem, um belo conjunto de vasos especialmente escolhidos para a decoração da sala de estar projetada pela Folha Paisagismo, de São Paulo (SP).

Tipos de plantas

Existem muitos tipos de plantas a serem cultivados no ambiente interno do lar. Para acertar na escolha, saiba que algumas espécies têm maior resistência ao calor, enquanto algumas se adaptam melhor ao frio. No entanto, uma escolha é obrigatória ao começar o cultivo de plantas no seu lar: a utilização de luz natural. Escolha lugares frescos para as suas plantas e sempre altere o local escolhido conforme a iluminação natural. Plantas com coloração esverdeada necessitam menos de iluminação direta do que plantas com cores mais vivas. Para flores coloridas e folhas mais finas a melhor opção é a iluminação direta. Outro tipo de espécie muito querida para o cultivo doméstico são as hortaliças utilizadas como temperos, que podem ficar em pequenos vasos ou potes e próximas à janela. Um espaço para o cuidado com as plantas diversas em luz natural é sempre bem-vindo, como é o caso deste local projetado pelo escritório do paisagista Eduardo Luppi, de São Paulo.

Como regar

Outra dica importantíssima é quanto a forma de regar as plantas. Embora muitas pessoas optem por fazer a rega todos os dias, o ideal é respeitar a espécie, o clima e o espaço onde a planta está alocada. Plantas em locais abertos ou próximas a grande ventilação, necessitam mais de água devido ao vento constante que pode ressecá-las. Há quem recomende a irrigação duas vezes por semana, no entanto, a regra a ser respeitada é a da terra úmida. Verifique sempre se ainda há umidade na terra antes de regar novamente. Embora muita gente desconheça, a principal causa da morte das plantas não é a secura, mas sim o excesso de água armazenada no vaso, que faz com que a raiz apodreça mais rápido, matando a planta em pouco tempo. Para facilitar a irrigação no dia a dia, você pode optar por um mural com vasos suspensos, com a fácil verificação da quantidade de água armazenada, como é neste projeto desenvolvido pelo escritório A Varanda Floricultura e Paisagismo, de Santo André (SP).

Jardim vertical

Jardins modernos por Time2dsign

Seguindo com as nossas ideias criativas para a decoração com plantas e, ao mesmo tempo ter um jardim incrível, seguimos para a ideia de um jardim feito de forma vertical espalhado por uma grande parede. Esta forma de composição do jardim pode ser utilizada em pequenas e grandes paredes na cozinha ou na sala. O mais importante nesta escolha é ter facilidade para regar as plantas e deixá-las próximas à luz natural. Muitos são os estilos para este tipo de jardim, por isso, optar por uma grande variedade de cores e formatos dos vasos pode contribuir muito para o estilo de decoração do seu ambiente. Deixe sua criatividade fluir e capriche na escolha!

Faça você mesmo

Que tal caprichas em um vaso feito por você mesmo? A ideia pode trazer resultados incríveis e você irá ficar com muito orgulho do que suas habilidades criativas trarão para o seu lar. Para este modelo de vaso em DIY – Faça Você mesmo, você precisará de: 

- Um recipiente de vidro; Pequenos galhos amarrados com arame
(entrelace o arame entre eles para que fiquem mais firmes); Alicate; Fitas de pano. Para fazer o seu vaso, meça a circunferência do pote e junte paralelamente pequenos e finos galhos ainda verdes entrelaçados com arame – utilize bambus, se preferir. Após isto, cole as extremidades do conjunto de gravetos com uma fita de pano decorativa que você preferir. Acomode as plantas que desejar e pronto! O seu novo arranjo estará feito!

Qual destas ideias fica melhor no seu lar?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!