5 ideias para renovar o piso

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Se sua intenção é modificar o piso da sua casa e não sabe ainda por onde começar, conheça neste artigo algumas opções que vão poder te ajudar.

Listamos aqui alguns materiais bastante comuns para esse tipo de revestimento. Alguns deles são bastante fáceis de serem encontrados e têm fácil instalação.

Se chegou a hora de inovar, conheça aqui qual a melhor opção para a sua casa e seu bolso.

Linóleo

Uma das opções para quem busca aliar praticidade à preocupação com a sustentabilidade, o linóleo caiu no gosto dos designers e arquitetos desde os anos 1960.

Usado em academias de dança ele é um dos pisos mais famosos em todo o mundo. Suas vantagens vão desde a durabilidade, que pode chegar a 30 anos, a fácil limpeza e manutenção, à fácil instalação. O linóleo pode ser colocado sobre o piso antigo, desde que este esteja bem nivelado.

Há diversas opções assim como a resina. Pode ser encontrado em cores lisas ou com desenhos. Fica ao gosto do cliente. São diversas variações que ficam bem em qualquer ambiente. Só não é aconselhável para áreas externas, pois sua colocação é feita com cola e a umidade pode acabar descolando o piso.

Concreto

O piso de concreto queimado surgiu como uma das opções mais baratas de revestimento. Popularmente utilizado em propriedade rurais, o concreto queimado tem como sua principal vantagem a facilidade na hora da limpeza. Seu aspecto rústico, no entanto, não impede combinações com moradias modernas e despojadas. Por ser um material bastante versátil, ele permite aplicações para diversos usos e estilos.

Em sua composição são necessários somente cimento e areia, o que justifica o fato de ser uma das alternativas de piso mais baratas do mercado. O contra piso precisa estar bem nivelado para receber o cimento. Uma camada de pó de cimento que é jogada por cima é o que dá o nome ao revestimento; queimado.

Podendo ser utilizado em áreas externas e internas, o cimento queimado não é recomendado apenas para os quartos, onde deixar o ambiente mais frio e menos aconchegante. Locais que vivem em contato com a água também não são uma opção, afinal o piso pode se tornar escorregadio e se deteriorar mais rapidamente.

Para uma duração prolongada, é aconselhável a aplicação de resinas de base acrílica com a massa ainda úmida. No decorrer do tempo, ainda, podem surgir manchas ou algumas fissuras.

Na foto, uma bonita sugestão dada por Diego Revollo Arquitetura.  

Resina

Pisos em resina também se mostram como uma opção bonita e de fácil limpeza. A resina é um material sintético de alta resistência, que não possui emendas, não descasca ou trinca, facilitando a limpeza do ambiente como um todo e apresentando maior durabilidade.

Há diversas opções de cores e ainda possui a versatilidade de permitir que estampas acompanhem sua instalação. Por apresentar tantas vantagens e possibilidades, ela pode ser aplicada em qualquer cômodo da casa, como nas salas, quartos, varandas, áreas de lazer e até mesmo nos banheiros e nas cozinhas, assim como nas áreas externas.

Por ter como vantagem o nivelamento do piso, sem apresentar degraus ou peças que soltem, a resina é muito utilizada em hospitais, clínicas, salões de festa, hotéis e outros locais que precisem ser acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida.

Dentro de casa, a resina, além de deixar o ambiente com maior amplitude, ela melhora a sensação térmica, proporcionando maior conforto.

Caso você escolha a resina para ser o piso de sua nova casa, contrate alguém que possa oferecer soluções profissionais ao seu projeto. Mão de obra especializada é a melhor escolha. Também considere o prazo para que o piso esteja em condições de uso, que leva normalmente de dois a quatro dias.

Taco de madeira

Manoel Guedes: Salas de estar industriais por PM Arquitetura
PM Arquitetura

Manoel Guedes

PM Arquitetura

Muito comum em casas antigas, o taco de madeira, ou parquet, como também é conhecido, esse tipo de piso pode se apresentar como uma solução para aqueles que acabaram de adquirir uma casa ou apartamento que já tem esse revestimento.

Entre a opção de trocar o piso por qualquer outra opção mais moderna, a reforma é das escolhas mais acertadas. Por serem de madeira maciça, os tacos oferecem maior durabilidade e resistência que carpetes de madeira, por exemplo.

Caso seja necessário a reforma, antes é preciso verificar se os tacos têm condições de passar pelo processo de raspagem. Caso todos eles não tenham mais que dois centímetros de altura, o processo não é aconselhado, pois pode causar desníveis.

Mas, se sua casa é novinha e vai receber os tacos pela primeira vez, fique atento à conservação. Evite andar de saltos finos, coloque protetores de gel ou de feltro nos pés dos móveis e evite arrastar objetos. O sol também é inimigo dos tacos. Tente proteger ao máximo o piso da incidência do sol com uso de cortinas ou tapetes. Para a limpeza, evite produtos pesados como alvejantes e outros tipos de detergente.

Tente escolher a cor da madeira diferente da dos móveis, mas que não sejam muito diferentes entre si. Como é possível formar desenhos e formatos com os tacos, também é aconselhável que se procure um profissional para fazer a instalação.

Pisos laminados

Tão populares quanto os carpetes de madeira, os pisos laminados caíram no gosto popular pois saem um pouco mais em conta que seu principal concorrente. Ambos têm a base fabricada em madeira aglomerada, ou a popular MDF, e recebem em sua superfície uma fina camada de aparência, No caso do carpete de madeira a superfície é coberta com uma folha de madeira natural, enquanto no laminado essa camada é de um material diferente, que é muito parecido com a fórmica.

Como os fabricantes de pisos se esforçaram para encontrar estampas muito semelhantes à madeira, quase não se nota a diferença entre os dois tipos de piso. A grande desvantagem, é que os pisos laminados não possuem tantas opções para isolamento acústico quanto os carpetes de madeira. Em relação aos tacos ou pisos de madeira, há vantagens no que diz respeito à riscos, arranhões e manchas, porém, ele não permite restaurações. Caso haja algum dano, é melhor trocar.

Contudo, os tanto os pisos laminados e os carpetes de madeira são de fácil colocação, manutenção e limpeza. Basta uma vassoura de cerdas macias e um mano úmido para que o piso sempre esteja com cara de novo.

Para saber mais dicas sobre pisos laminados, leia esse artigo.

Gostou dos pisos sugeridos aqui? Mostre-nos a sua escolha!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!