6 dicas para ter uma casa vegan friendly

Larissa Monteiro Larissa Monteiro
Loading admin actions …

Em tempos atuais de mudança climática, aquecimento global e consumo exagerado de fontes naturais, nada mais adequado do começar a pensar em um modelo de casa verde, sustentável e que, de alguma forma, não agrida mais ainda o planeta. Essas não são as únicas mudanças de estilo de vida, muitas pessoas estão aderindo à dieta vegetariana e vegana. Adentrar ao mundo vegan não envolve somente a alimentação, mas todo um novo lifestyle a ser seguido, onde produtos com base animal ou qualquer coisa que agrida a fauna não deve entrar.

O veganismo é um movimento a respeito dos direitos animais. Por razões éticas, os veganos são contra a exploração dos animais. O boicote à atividades e produtos considerados especistas é uma das principais ações praticadas por quem adere a este movimento. Nas questões de decoração, artigos em peles, couro, lã, seda, camurça e outros materiais de origem animal (como plumas, penas, ossos, pelos e marfim) não são utilizados, pois implicam a morte ou exploração dos animais que lhes deram origem. Desta maneira, uma casa vegana deve utilizar tecidos de origem vegetal, como algodão e linho, ou sintéticos, como poliéster.

A adaptação para uma casa vegan friendly pode começar com pequenas mudanças. Em apenas algumas etapas fáceis o ambiente pode se tornar livre de peças animais. Você vai se surpreender ao saber que salvar o planeta e poupar os animais também pode salvar a sua carteira.

Ter uma casa vegan-friendly pode ser muito mais simples e prático do que parece! Para te ajudar a mudar seu estilo de vida e contribuir com o meio ambiente, selecionamos 6 passos que você pode seguir para ter um ambiente livre de peças animais. Confira!

Roupa de cama em materiais vegetais

Neste quarto de casal projetado pelo escritório Triplex Arquitetura, encontramos um ambiente com clima de leveza e tranquilidade. A roupa de cama em algodão seguindo uma paleta cromática clara e leve proporciona um aspecto agradável para o cômodo. Além de ter os benefícios estéticos, o uso de materiais ecológicos ajuda a fauna a ser menos explorada. Para ter uma casa vegana, é importante sempre ler as etiquetas dos produtos ou consultar vendedores de loja. Optar pelos travesseiros que não sejam de pena de ganso é uma ótima iniciativa. 

Razões para uma casa vegan friendly

Os princípios do Veganismo envolvem o fato pelo qual o ser humano viva sem explorar os animais. É uma prática e busca ao fim do uso de animais para alimentação, apropriação, trabalho, caça, confinamento e todos os outros usos que envolvam exploração da vida animal. O modelo de vida vegan procura abolir qualquer prática que explore animais, zelando pela preservação da liberdade e integridade animal. Projetando uma casa vegana você não está somente atuando junto com os direitos animais, mas também ajudando o meio ambiente e poupando dinheiro do seu bolso que é gasto com a exploração animal em elementos que muitas vezes custam os olhos da cara.

Almofadas sem base de seda

Da mesma maneira  como as vacas, galinhas e porcos, as lagartas de seda são domesticadas, criadas e produzidas em fazendas industriais. Para fazer um único quilo de seda, 2000 a 3000 bichos-da-seda têm de ser mortos. Pouco antes da fase de metamorfose, onde bicho da seda Bombyx Mori se transforma em mariposa, ele tece fibras para criar seu casulo. Peace Silk é a única seda cruelty-free. Ela é fabricada na Índia, colhida dos casulos da mariposa Eri selvagem e nativa. Os casulos são recolhidos na floresta após a mariposa eclodir e voar para longe. No mercado, podemos encontrar outras alternativas veganas para almofadas em seda, como liocel, seda de algodão, fibra de ceiba e fibra de serralha.

Tapetes sintéticos ou sem o uso de pele animal

Apartamento Higienópolis/SP: Sala de estar  por Renata Romeiro Interiores
Renata Romeiro Interiores

Apartamento Higienópolis/SP

Renata Romeiro Interiores

Como todos sabem, os tapetes de pele animal são elementos tratados quimicamente. Apesar de a pele animal parecer um material forte e resistente, há questões éticas e ambientais envolvidas no uso dela, como a morte de animais e a poluição causada pelos resíduos químicos usados para tratar o couro, que muitas vezes são nocivos ao meio ambiente. Nos primórdios, o couro tinha a função de proteger contra o frio ou te der um material nobre na casa. Hoje, podemos encontrar diversas soluções para tapete. Muitas delas são muito bonitas e perfeitas para decorar a casa. A maioria destes materiais seguem em base vegetal ou sintética. São inúmeras as opções de cores e modelos que podem ser escolhidos para decorar sua casa de forma vegana. 

Sofá sem couro

Como o couro sintético evoluiu muito ao longo dos últimos anos, ele praticamente perdeu a característica de material de plástico que costumava ter antigamente. O avanço da tecnologia proporcionou o desenvolvimento de materiais alternativos equivalentes ao couro natural bovino. Em alguns deles, podemos até encontrar vantagens em relação ao couro natural. Para decorar a sala, pode-se adicionar belos sofás em diferentes tipos de materiais ecológicos ou vegetais. Muitas vezes estes itens apresentam um aspecto leve e confortável, trazendo um clima aconchegante e confortável para a sala de estar. As opções mais comuns para os estofados dos sofás vegan friendly são suede, sarja, camurça, veludo e algodão.

Cera de abelha, não!

Refúgio na Montanha - Casa Cor MG 2014: Banheiros rústicos por Gláucia Britto
Gláucia Britto

Refúgio na Montanha – Casa Cor MG 2014

Gláucia Britto

Algumas velas são confeccionadas com cera de abelha e esta é produzida pelas abelhas na transformação do mel, ingerido com o auxílio de oito glândulas ceríngeas localizadas no lado ventral do abdômen das operárias. Esta secreção ajuda as abelhas a construir as suas colmeias. Portanto, não é material vegan. No mercado, podem ser encontradas diversas alternativas para as velas de cera de abelha. As velas feitas com óleos vegetais, como soja ou palma são ótimas opções. Estas últimas queimam mais lentamente e não aquecem tanto como as de parafina, o que significa que duram mais tempo, assim liberando melhor os aromas. São ainda solúveis na água, o que ajuda na limpeza da casa. Para mais dicas sustentáveis na hora de decorar ou planejar seu lar, confira 6 passos para uma casa mais sustentável.

Você faria mudanças na decoração do seu lar para ter uma casa vegan friendly?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!