Uma casa para todas as estações!

Gustavo de Campos Gustavo de Campos
Loading admin actions …

A Ucrânia teve um ano de 2014 muito difícil devido às pressões do sistema político e da população, divididos entre se unir economicamente à União Européia ou à Rússia. Um rico documentário sobre estes problemas, o ’Ukraine's Revolution: Winter on Fire’, mostra, ao longo de alguns meses, o processo de resistência da população contra a violência do governo. Por que estamos falando isso? Porque a casa que apresentamos hoje se localiza na Ucrânia e todo seu projeto foi pensado de maneira a atender algumas especificidades do país que aparecem claramente durante o documentário antes citado: a mudança brusca de clima que acontece nos meses finais do ano e a pouca luz solar a adentrar os edifícios, fatores preponderantes para que boas residências sejam projetadas na região. O documentário mostra a neve e o sol escondido atrás de grossas nuvens cinzentas, instalando assim um clima gélido e por vezes até mesmo hostil. Entretanto, o arquiteto Aleksander Zhydkov projetou a residencia que apresentamos a seguinte de maneira a explorar essas questões e tirar proveito até mesmo das nevascas que deixam a paisagem ao redor alva e reluzente.

As características únicas que uma região de clima tão variante apresentam exige muita habilidade e sensibilidade na hora da escolha dos materiais, da definição do tamanho das aberturas e mesmo das vedações que irão garantir um ambiente seguro e aconchegante durante épocas de clima mais agressivo.

A homify, então, te trás mais uma bela casa. Dessa vez localizada entre árvores, pinheiros e, por uma parte do ano, entre flocos de neve!

A fachada e seus planos

Casas escandinavas por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

A fachada desta residência conta como uma bela composição. A madeira, um produto que pouco exploramos para construção de casas no Brasil e é usado amplamente em países de clima frio por conta de sua inércia térmica (capacidade de armazenamento ou isolamento do calor ou frio proporcionado por uma material que divide dois ambientes), possui duas tonalidades diferentes me suas superfícies contrastam de forma interessante com a profundidade adquirida pelas superfícies das janelas envidraçadas.

Dentro (sempre) e fora (quando não estivermos congelando)

Casas escandinavas por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Logo em sua fachada frontal existe um pequeno deck, de madeira como o resto da fachada. Uma pequena tenda permite que ele possa ser utilizado em dias de intenso sol (raros, porém muito fortes quando existem nessa região) ou sob as ralas chuvas que precedem as intermináveis geadas. A possibilidade de abri as portas e janelas adjacentes ao deck nos meses mais quentes de junho e julho (verão no hemisfério norte) reforçam a possibilidade, um tanto quanto incomum em países de clima frio, da integração entre interior e exterior.

Toda luz é bem-vinda

Casas escandinavas por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Como os períodos frios normalmente duram mais do que os quentes, toda luz natural que puder ser captada, juntamente com o calor que provem dela, é extremamente bem-vinda nesta casa. Desta forma, o arquiteto projetou janelas que se estendem do piso até o teto, formando uma espécie de portal de luz para toda a casa, pois não invade somente a sala de estar que mostramos na figura acima, mas toda a casa, ajudando na iluminação, controle térmico (economia de energia com aquecedores) e contribuindo para eliminar possíveis fungos e bactérias provenientes das épocas úmidas. 

Por onde a luz caminha

Salas de estar escandinavas por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Ao invés de dividir a casa completamente em dois pavimentos  e posicionar diferentes janelas para cada um deles, o arquiteto resolveu utilizar-se de uma única e grande janela, afastando o pavimento superior da parede da fachada e criando um pé direito duplo onde a sensação de um ambiente amplo se faz presente com a luz tocando ambos os pavimentos ao mesmo tempo e iluminando a escada revestida de madeira em seu piso.

Aconchego no quente toilete

Banheiros escandinavos por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Estando sujeita a temperaturas muito baixas, é necessário que existe um lugar na casa onde a sensação de aconchego, a sensação de comodidade e a própria temperatura mudem completamente. O banheiro é o lugar perfeito para isto. A madeira, envolvendo completamente o ambiente, traz a sensação de proximidade e intimidade que só sua textura pode conferir e um confortável pequeno sofá diz ao seu usuário que aquele não é um banheiro comum, mas sim um lugar onde é possível passar mais tempo do que o comum e usufruir dele de maneira mais demorada.

Vendo a mudança da paisagem

  por ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT
ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Дом в загородном поселке «Охтинский парк»

ALEXANDER ZHIDKOV ARCHITECT

Na primeira imagem que aqui mostramos havia sol e muita luz, mas nesta imagem (acima) já podemos notar a mudança total do clima e a presença da neve. Visto que esse clima é muito mais hostil, por que não apreciá-lo de dentro da residência, no calor da casa que faz de tudo para mostrar a paisagem sem trazer suas intempéries para dentro? A visão é completa e o cenário é deslumbrante, unindo a beleza proporcionada pela natureza e o conforto proporcionado pela engenhosidade do arquiteto ucraniano. 

Gostou desta casa rodeada por neve? Então aproveite também para ver clicando aqui outro projeto que trabalha com este tipo de paisagem!

Curtiu? Deixe também a sua opinião.
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!