Como decorar a casa sem gastar muito

Marcio L Santos Marcio L Santos
Loading admin actions …

Em tempos de crise, economia é a palavra mágica. No terreno da decoração de ambientes, criatividade, imaginação e persistência são as chaves para realizar os sonhos e alcançar os objetivos, mesmo com possíveis restrições orçamentárias. Mas a economia não deve ser feita somente em momentos de crise: é um pensamento que deve estar sempre junto a quem faz qualquer projeto de arquitetura ou de decoração de ambientes. Junto com o planejamento, a economia é vital para um bom resultado e um bom uso dos recursos pessoais de cada um. Casais em começo de vida a dois, por exemplo, nem sempre tem condições de escolher os materiais ou o mobiliário mais sofisticado, tendo que buscar soluções alternativas que possam garantir a qualidade e manter a expectativa em alta. Nestas horas, uma boa busca em lojas de acessórios, conjuntos modulados ou mobiliário reciclado pode ser uma ótima sacada.

Neste livro de ideias, vamos dar uma olhada em algumas sugestões sobre como decorar a sua casa sem gastar muito, trabalhando com elementos e peças criativas, capazes de transformar qualquer ambiente em uma festa para os olhos.

Móveis usados

Não poderíamos falar em economia sem citar o uso de móveis antigos ou usados. A reciclagem de antigas peças de mobiliário ou o reaproveitamento de móveis em diferentes funções são duas das melhores opções para quem deseja ter uma decoração de personalidade sem gastar muito. Neste apartamento em Brasília, no Distrito Federal, o design investe todo o tempo em elementos vintage ou de ares retrô, deixando o ambiente com uma inequívoca sensação de nostalgia. Além da óbvia cômoda com pátina colorida, o toque vintage pode ser visto no aparelho de telefone dos anos 80 e nos vasos de formatos diferentes. Já o toque inusitado pode ser encontrado nas duas cadeiras ao lado do rack. Reparem: as duas estão com as pernas cruzadas! Um toque fino de humor que valoriza ainda mais este belo projeto, que se estabelece como um ambiente sofisticado, mas no qual foi investido muito mais a imaginação e a criatividade do que um grande orçamento.

Adesivos

Uma das maneiras mais criativas e econômicas de dar um up em sua decoração são os adesivos. Simples, criativos e bonitos, os adesivos podem ser colocados em paredes na sala, no quarto, sempre adicionando uma dose de charme e personalidade ao ambiente. Se a sua preocupação é com o lado prático, adesivos podem ser comprados pela Internet e aplicados pelos próprios moradores. Aqui, nesta bela sala com uma parede em black, temos adesivos na cor branca, o que cria um contraste fundamental para a harmonia do ambiente. Estilizados, os adesivos criam uma sensação inequívoca de movimento, com figuras que emulam movimentos de dança – que se adequam com propriedade ao estilo sóbrio e sofisticado deste ambiente, no qual o sofá de linhas modernas domina com elegância. É possível adquirir adesivos nos mais diversos formatos e funcionalidades, seja para quartos infantis, com desenhos sofisticados ou mais geométricos, para ambientes profissionais, por exemplo.

Quadros na parede

Apartamento Vila Nova Conceição: Salas de estar modernas por Marcella Loeb
Marcella Loeb

Apartamento Vila Nova Conceição

Marcella Loeb

Outra grande sacada para quem deseja decorar a casa sem investir grandes quantias é o uso de quadros nas paredes. Quadros dão todo um tom de personalidade ao ambiente, deixam o espaço mais arejado e despojado, além de ser uma opção estéticas das mais inteligentes. Neste apartamento decorado por Marcella Loeb, temos um espaço absolutamente criativo, repleto de elementos vintage e com uma combinação de cores das mais interessantes. Até por isso, os quadros na parede são absolutamente inusitados e dissonantes, criando uma harmonia perfeita em um espaço que respira criatividade. Perceba como a designer optou por não ter nenhum padrão definido para os quadros, que variam em termos de moldura, temática, tamanho, tendo como ponto comum apenas a proposta de ousadia e ecletismo.

Nichos

Outra solução que pode ajudar você no orçamento é aprender a trabalhar com nichos e prateleiras. Sem a necessidade de criar estruturas integradas, moduladas ou planejadas, os nichos são uma solução das mais interessantes e criativas, já que permitem que o designer brinque com a decoração, adicionando aqui e ali toques de versatilidade sem ocupar espaço. Neste espaço em especial, temos uma estante moderna que trabalha com elementos simples para criar uma peça inspiradora e elegante. O projeto traz diversos nichos de madeira com revestimento branco distribuídos de forma quase aleatória pela parede. Mas não se engane. Esta suposta aleatoriedade cria um ambiente que respira criatividade e cultura. Uma das grandes vantagens de se trabalhar com nichos é que, eventualmente, novos elementos podem ser adicionados à peça principal, de acordo com a necessidade do morador. Além da sala de estar e da biblioteca, os nichos são muito utilizados em quartos de bebê, ambientes que também pedem uma decoração leve e suave.

Acessórios (1)

Há algo que todo mundo que busca economizar na hora da decoração sabe: é preciso ter olhos bem abertos para buscar novas funcionalidades em peças cotidianas. Para isso, basta manter a mente aberta e caprichar na dose de criatividade. Afinal, quem pensaria em colocar um pneu velho em plena sala de estar, utilizar um palete de fábrica como uma mesa de centro ou um colchão antigo transformado em um charmoso sofá? Tudo isso não só é possível, mas são opções que dão um charme todo especial ao ambiente. Aqui, por exemplo, temos um palete de fábrica transformado em um charmoso sofá e uma caixa de madeira servindo como base para um vaso. O palete recebe ainda rodinhas para melhorar na locomoção e o charme se dá pelas almofadas com estampas de inspiração inglesa.

Acessórios (2)

Reutilizar é a palavra. Ver novas possibilidades em peças usuais do dia a dia. É preciso uma boa dose de desprendimento para se trabalhar uma decoração neste estilo, mas a recompensa é mais do que satisfatória, seja em termos de experiência sensorial como na economia de recursos. Neste pequeno detalhe da foto, temos uma série de xícaras de porcelana que fazem a vez de luminárias das mais interessantes e charmosas. A ideia é simples: colocar as xícaras de ponta-cabeça, puxar o fio elétrico pelo fundo da xícara e prender pequenas lâmpadas em seu interior. Repetindo: a ideia é simples, o resultado genial. Este tipo de brincadeira com acessórios é perfeita para ambientes mais ecléticos e despojados, nos quais o aproveitamento e a reciclagem de materiais é algo bem comum e quase rotineiro.

O que achou de nossas dicas de economia na hora de decorar?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!