Como decorar a sala no estilo vintage

Marcio L Santos Marcio L Santos
Loading admin actions …

Em um mundo de avanços sociais, tecnológicos e visuais constantes, nada melhor do que lançar um olhar ao passado. Afinal, como se diz, é conhecendo o passado que podemos entender o presente e antecipar o futuro. No universo da decoração, essa referência ao passado recebe o nome de vintage. Vintage, na prática, é um estilo de moda e design retrógrado, baseado em elementos visuais do século passado, em especial das décadas de 20 a 80 do século passado. Desta forma, o vintage se apropria de uma identidade própria do período e traz este elemento para o nosso presente, criando um contraste poderoso entre o novo e o velho.

Atualmente, a noção de vintage se ampliou um pouco, estendendo-se a peças de mobiliário e vestimenta reutilizadas ou recicladas. Ao vintage se alia o retrô que, segundo especialistas, é o uso do estilo antigo em peças novas – como uma luminária que imite uma peça dos anos 70 ou uma saia com estampas de bolinhas, típicas dos anos 60. Ainda segundo especialistas, artigos dos anos 80 e 90 podem costumam ser classificados como novo vintage, enquanto que peças beirando os 50 anos de idade são categorizadas como verdadeiro vintage.

De qualquer maneira, o vintage hoje é uma constante para quem deseja uma decoração inovadora, ousada ou descontraída. Neste livro de ideias, vamos mostrar para você como é possível decorar a sua sala de estar no estilo vintage, com todo o charme e a sofisticação que seu espaço merece.

Pensando no ambiente

Apartamento Sabará: Casa  por Zemel+ ARQUITETOS
Zemel+ ARQUITETOS

Apartamento Sabará

Zemel+ ARQUITETOS

O vintage e o retrô pode estar presente em um ambiente das mais diversas formas, seja em peças do mobiliário, como mesas, poltronas, aparadores ou armários, tanto quanto em elementos como papéis de parede, luminárias ou outros acessórios mais específicos como telefones, frigobares e aparelhos de som. Em muitos casos, o vintage está tão entranhado na decoração que nem percebemos seu uso. Vejam o exemplo deste apartamento projetado pelo escritório Zemel+ Arquitetos, de São Paulo. Ainda que todo o espaço possua uma arquitetura e um design modernos, esta sala traz um ar clássico irreparável, muito por conta dos elementos vintage do espaço, como os armários, balcões e aparadores, típicos do mobiliário urbanos dos anos 70 e 80. Para completar o clima de nostalgia, temos ainda o tapete persa e o piso de taco, outro clássico do período.

Poltronas

Bangalô 3 irmãos - Praia de Tamandaré/PE: Corredores e halls de entrada  por Celia Beatriz Arquitetura
Celia Beatriz Arquitetura

Bangalô 3 irmãos – Praia de Tamandaré/PE

Celia Beatriz Arquitetura

Trabalhar com o vintage é também trabalhar com as cores, em especial quando o período retratado é o dos anos 60 e 70, das calças boca-de-sino, dos aparelhos de televisão quadradões e dos rádios que eram verdadeiras peças do mobiliário. Aqui, nesta casa na praia de Tamandaré, em Pernambuco, temos uma sala que investe em elementos modernos e vintage para criar um espaço colorido e criativo, mas repleto de charme. Há diversos detalhes que chamam a atenção, como o móvel que abriga o rádio dos anos 60, a mesa cujo tampo imita um dos lados de um LP e a poltrona de couro amarelo, uma peça retrô das mais simpáticas, cujo tom de cor combina de formar harmoniosa com os elementos em verde que se destacam no décor da residência.

Aparadores

O vintage traz um ar todo diferente para uma residência. Pode ser a nostalgia do período ou a inocência da infância, mas o fato é que inserir elementos vintage em uma decoração traz um brilho todo especial à residência. Aqui, neste pequeno espaço, temos um conjunto de peças que trazem um delicioso ar retrô ao ambiente, a começar pelo aparador de linhas arredondadas e modernistas que deixam este canto da sala com um charme insuperável. Junto ao aparador, temos um aparelho de telefone típicos dos anos 80 e 90, uma peça tão simpática quanto interessante. O conjunto todo se completa com a reprodução da obra de Juan Miró na parede, com o espelho que amplia os espaços e com os pinos na parede lateral, que funcionam tanto como elemento estético como funcional.

Papel de parede

Suíte Rapaz - Casa Cor 2014 Pernambuco: Quarto  por Celia Beatriz Arquitetura
Celia Beatriz Arquitetura

Suíte Rapaz – Casa Cor 2014 Pernambuco

Celia Beatriz Arquitetura

Uma outra ideia interessante para aplicar elementos vintage em sua decoração é trabalhar com papéis de parede. Uma opção econômica e elegante, o papel de parede por ter uma função preponderante na decoração de ambientes como quartos e salas. Um dos movimentos artísticos mais populares no estilo vintage é a pop art, que trabalhava com elementos da cultura popular, como quadrinhos de heróis ou espionagem, e objetos do cotidiano – como latas de sopa – para criar obras de arte memoráveis. Neste espaço em questão, temos uma decoração que investe nos tons escuros como preto e o concreto. Para equilibrar essa toada, nada melhor do que um papel de parede que reproduza elementos da pop art, trazendo uma explosão de cores e personagens característicos. Uma combinação das mais criativas e uma inspiração vintage das mais acertadas!

Luminárias

Sala de estar  por onetwentywatts
onetwentywatts

TNTsJUMBOCIRCUS

onetwentywatts

Costuma-se dizer que elementos gráficos que remetam aos anos 10, 20 ou 30 são o verdadeiro vintage. Então, nada mais verdadeiro que estas estampas que cobrem esta charmosa luminária. As luminárias e os abajures são peças perfeitas para quem deseja trabalhar um efeito vintage ou retrô em casa. Uma busca caprichada em lojas especializadas em luminárias ou em objetos de decoração pode trazer algumas boas surpresas. Neste caso aqui, temos um abajur cuja cúpula traz a famosa ilustração Quinquina au Guignolet, um clássico do início do século passado que sempre encontra espaço em uma decoração de ar retrô. Desta forma, é possível investir em uma decoração moderna da maneira que se deseja, mas com pequenos elementos vintage ou retrô que fazem a diferença.

Acessórios

Uma das grandes vantagens de se trabalhar com elementos vintage ou retrô é que estes podem se combinar com quaisquer estilos de decoração, seja ele moderno, minimalista, clássico ou eclético. Isso ocorre porque os elementos vintage – por serem relacionados com épocas passadas – podem se adaptar perfeitamente a outros cenários sem soar deslocados. Aqui nesta sala, por exemplo, encontramos uma decoração de tons leves, de inspiração moderna, que se apoia no contraste entre o branco e o vermelho, presente na cadeira, na luminária e, principalmente, no frigobar, uma opção criativa que dá um ar de anos 70 ou 80 para uma peça absolutamente moderna. Desta forma, passado e presente se mesclam numa combinação perfeita, que só mesmo o design de interiores seria capaz de criar.

O que achou destas dicas para uma decoração vintage?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!