Hotspot 105: Cozinhas modernas por Tiago Rocha Interiores

Seria este o perfeito apartamento moderno?

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Vocês são jovens, em início de relacionamento e com um apartamento relativamente pequeno onde começar a vida a dois. O que fazer para que este espaço tenha muita personalidade sem sacrificar a elegância nem a praticidade? Simples: fiquem atentos aos detalhes, fazendo deles aliados para o viver e morar bem.

O arquiteto Tiago Rocha, da Tiago Rocha Interiores, desenvolveu um belíssimo projeto para o apartamento de 78m2 de um jovem casal de São José dos Campos, no interior de São Paulo. Duas grandes linhas foram seguidas: a máxima integração dos ambientes e a decoração toda baseada em tons neutros, de cinza e de terra. Não menos importante foi encontrar itens decorativos e/ou funcionais que reafirmassem tanto a elegância quanto a modernidade. Conheça este projeto e caia de amores por ele! 

1. Integração é a ordem

Em um apartamento relativamente pequeno, quanto mais se conseguir ganhar espaço, melhor. Neste caso, integração de ambientes é quase uma palavra de ordem. Hall de entrada, cozinha e sala de jantar formam um todo orgânico em que a fácil circulação reflete-se na comunicação entre eles e também na interação que se estabelece entre as pessoas que os utilizam. A espacialidade é livre de entraves e o movimento flui solto e fácil.

2. Entrada em movimento

O movimento aparece já no hall de entrada, onde a pintura mural se espalha pelas paredes como lenços ao vento. Detalhe moderno significativo, a pintura trabalha com o contraste entre preto e branco, cores que aparecem nas paredes (branco) e também nas molduras dos quadros, na cúpula da luminária e no aparador de linhas retas e puras (preto). Toda a composição dá o tom do que virá pela frente e introduz moradores e convidados em um ambiente elegante, mas sem frescuras.

3. Funcionalidade e design

O conjunto formado pela cozinha e pela sala de jantar prima pela funcionalidade e pelo design moderno. A bancada em madeira escura que separa a cozinha da sala de jantar encontra correspondência na lindíssima mesa oval no mesmo material e cor, cujo design é inovador e dá destaque às linhas sinuosas. As cadeiras pretas também apresentam desenho arrojado e contrastam com o banco criado no nicho da parede. O piso é claro e as cortinas reafirmam o jogo em preto e branco que teve início no hall de entrada. A funcionalidade é marcada pela bancada que serve tanto de área de refeições ou de preparo de alimentos, quanto de buffet.

4. Uma solução original

Vista de um ângulo diferente, a sala de jantar mostra mais detalhadamente a original solução encontrada para se acomodar mais pessoas ao redor da mesa: um banco disposto no interior de um nicho na parede, com direito a almofadas. Essa parede apresenta um tom intermediário entre o branco e o preto que até agora dominavam a decoração – o cinza. Uma luminária de piso coloca foco na mesa de jantar. Repare que, deste ângulo, tem-se a visão da sala de estar ao fundo, a qual também é integrada aos demais ambientes.

5. Cantinho de leitura

Entre o hall de entrada e a sala de estar, um cantinho para leitura foi criado com a simples disposição de uma poltrona de couro preto, confortável e cheia de estilo. De frente para a sala de jantar, a poltrona também pode permitir a comunicação com quem estiver à mesa ou atrás da bancada da cozinha.

6. Tons de cinza e de terra

Já a sala de estar abandona o contraste drástico entre preto e branco e incorpora os tons de cinza no sofá, na bancada em L e no tapete, assim como os tons de terra nos pufes de couro e no grande quadro que adorna a parede em frente ao sofá. As cortinas dão mais ênfase ao branco do que ao preto, em uma tendência geral de cores claras, esmaecidas ou amareladas. 

7. Detalhes que adornam

Aqui cabe mostrar o quanto de personalidade se imprime ao ambiente pelo recurso a itens decorativos escolhidos a dedo, revelando um pouco sobre a vida e os interesses dos moradores. Lembranças de viagens significativas, livros de artistas preferidos, pequenas caixas ou adornos que têm uma história, tudo isso faz a casa em que se vive um lugar diferente de qualquer outra casa, um espaço único em que familiares e amigos mergulham no mundo pessoal dos moradores. 

8. Brilhos discretos

Voltemos à cozinha. Nela também há maior ênfase no branco e, principalmente, no cinza, cor do revestimento brilhante da parede ao fundo da bancada da pia. Esse brilho discreto se reúne ao brilho prateado da geladeira, conferindo ao ambiente uma sofisticação suave bem característica da modernidade. A iluminação planejada no teto concorre para o mesmo efeito.

9. Acetinados no quarto

No quarto do casal, os tons de cinza reinam na pintura de meia parede, nas cortinas e nos travesseiros, que se destacam pelos tecidos acetinados. A cabeceira da cama, por outro lado, elege o couro castanho, que dá um toque quente e acolhedor. Um elemento de design moderno são as luminárias de metal dourado nas laterais da cama. Tudo é discreto, mas a atmosfera final é aconchegante.

10. Humor na cama

A decoração do quarto é eclética, reunindo elementos modernos, tradicionais e até românticos. Mas não deixa de ser surpreendente e bem-humorada ao destacar como mesinha de cabeceira um tambor preto cujo rótulo faz referência a um medicamento tarja preta. Sobre ele, o contraste: a delicadeza das flores brancas no vaso de vidro. 

11. Sofisticação no banheiro

A sofisticação do preto volta com tudo no banheiro do casal, onde o revestimento em pedra toma paredes e piso. Como não poderia deixar de ser, o contraste com o branco também dá o ar da sua graça, no tampo e na cuba da bancada. O gabinete flutuante, por sua vez, mantém o refinamento com o uso de madeira escura. 

Para outras dicas sobre banheiros, leia este artigo.

De qual ambiente você gostou mais?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!