Closet (Parceria Eliana Freitas): Closets modernos por Das Haus Interiores - by Sueli Leite & Eliana Freitas

14 dicas para ter um closet redondinho

Patricia Smaniotto Patricia Smaniotto
Google+
Loading admin actions …

Um closet é um dos grandes sonhos de quem gosta de bem-estar em casa. Ter um canto apenas para as roupas, os calçados e os acessórios já é um sucesso. Ter um closet completo, com instalações, poltrona, tapete, espelho, bancada de maquiagem e móvel para joias e bijuterias, é um presente dos céus.

Neste livro de ideias, vamos dar 14 dicas de como criar e organizar um closet. Algumas só valem para closets grandes, mas a maioria serve para os closets pequenos também. Adapte essas dicas ao espaço que você tem disponível em casa e desfrute de mais prazer na hora de se vestir para ir ao trabalho ou para sair para se divertir!

1. Madeira é o melhor material

A madeira é perfeita para closets, todo mundo sabe. É bonita, aconchegante e duradoura, se tratada e conservada. Pode ser usada na cor natural, mais acolhedora, ou apresentada em diferentes cores, das quais as mais claras são mais indicadas para closets pequenos. O segredo aqui é o planejamento das peças para que elas comportem o máximo de coisas no menor espaço possível, sempre prevendo os diferentes tipos de roupas, os calçados e os acessórios. Lembre-se de que, antes da instalação das partes do closet, a área deve ser livre de qualquer sinal de infiltração, umidade, mofo.

2. Araras podem ser uma solução atraente

O closet não precisa ser necessariamente composto por armários planejados. As clássicas araras também podem utilizadas caso não haja grande quantidade de roupas – e podem ainda dar um ar moderno e despojado ao espaço. Na imagem acima, o closet com araras é um anexo do banheiro e conta até com uma bancada de pia supercharmosa e requintada. Os tons de cinza reforçam essa atmosfera, sem falar dos quadros em uma prateleira acima da arara.

3. Roupas precisam ser bem organizadas

O segredo do closet é a organização. As roupas devem ser separadas conforme os tipos e as estações, de modo que as roupas de inverno deem espaço às do inverno quando for preciso. Geralmente, isso se faz passando as roupas de inverno ou verão para o fundo das prateleiras ou para caixas no alto do armário. Lingerie, meias, camisolas e cintos devem ficar em gavetas. Já as camisetas e blusas de lã vão dobradas nas prateleiras. Calças, vestidos, camisas e blusas devem ser dispostos em cabides apropriados. Uma boa maneira de encontrar a roupa que deseja é organizá-las pela cor, indo do mais claro ao mais escuro ou vice-versa. Não abarrote os armários com roupas demais, pois elas precisam de circulação de ar para não ficarem com cheiro de guardado. E, duas vezes por ano, desfaça-se das roupas que não usa há mais de 12 meses.

4. Gravatas, lenços e cachecóis merecem atenção

Se você tem um closet, mesmo pequeno, deve pensar em providenciar um cantinho para as gravatas, os lenços e os cachecóis, sendo que pode-se incluir aí também os cintos. Embora haja quem prefere colocá-los em gavetas, a melhor maneira é em cabideiros próprios, para que fiquem esticados, sem amassarem ou se emaranharem uns nos outros. Esta solução também é a melhor para se encontrar rapidamente a peça que se procura. Em um closet pequeno, o expositor pode ficar atrás de uma porta, por exemplo

5. Nichos são ótimos para bolsas

Mesmo que o closet seja pequeno, não deixe de prever a disponibilidade de nichos fundos e altos nos quais possa acomodar as bolsas. As bolsas firmes devem ficar de pé, espaçadas umas das outras, enquanto as moles devem ficar deitadas, mas sem que se empilhe mais do que três ou quatro. Adquira o hábito de limpar as suas bolsas periodicamente, de modo que elas não sejam vitimadas pelo mofo. O projeto do closet acima é de Das Haus Interiores.

6. Caixas e prateleiras são uma boa combinação

Uma boa combinação para qualquer closet é aquela entre prateleiras e caixas. Isso porque as caixas, se forem no tamanho certo, podem ocupar todo o espaço das prateleiras, o que significa mais lugar para armazenamento. E o melhor de tudo é que as caixas podem ser altamente decorativas, como as feitas em fibra natural ou as de cartão rígido com todo tipo de cor e estampa. Nessas caixas podem ficar guardadas roupas de estação, como blusas de lã, ou de uso ocasional, como vestidos de festa ou fantasias. As prateleiras largas também são ideais para guardar as malas de viagem. Assim, na hora de prepará-las, já se está pertinho das roupas e dos calçados. 

7. Calçados também devem ter seu cantinho

Uma das coisas mais difíceis de guardar em um quarto são os calçados. Muitas vezes ficam amontoados em um dos lados do armário, amassando-se mutuamente. Ao planejar um closet, no entanto, esse problema tende a sumir com a previsão de prateleiras apropriadas. Elas devem ser parte de uma estante inteira, já que os sapatos precisam ser dispostos com folga, afastados uns dos outros, e com espaço confortável entre as prateleiras. Um nicho mais alto pode ser utilizado para colocar botas altas de pé, para que não se deformem. Há quem prefira pendurá-las no nicho pelo cano, evitando as dobras que prejudicam o material delas.

8. Pequenos acessórios pedem vitrines

Caso o seu closet tenha bastante espaço, uma ideia muito interessante é mandar fazer um móvel especialmente projetado para as suas joias e bijuterias. A ideia é que a peça tenha várias gavetas, sendo a de cima de vidro, para dispor adequadamente colares, pulseiras, anéis e brincos. Dessa forma, fica fácil encontrar um determinado item, sem falar que os colares nunca mais vão se enrolar uns nos outros. O móvel também pode servir para guardar fitas, lenços de cabeça, tiaras, carteiras de mão e bolsas de noite. 

9. Poltrona ou pufe traz conforto

Outra coisa que não pode faltar em um closet espaçoso é uma poltrona, um pufe ou um banco confortável. Além de terem um efeito decorativo, esses móveis são providenciais para aquela hora em que se está fazendo trocas de roupas e se precisa de um descanso. Ou ainda quando a prova é de calçados: o tira e põe é menos cansativo sentado. O estilo dessas peças devem seguir, é claro, o estilo geral do closet. Um closet mais tradicional, por exemplo, pode optar por uma poltrona de linhas clássicas, talvez acompanhada atém por um aparador e um cabideiro de madeira com cara de antigos, como na imagem acima.

10. Tapete também traz conforto

Para fazer par com a poltrona ou o pufe, não pode faltar um belo tapete no closet. De preferência, macio e agradável ao tato porque muitas provas de roupa e calçados obrigam a se ficar descalço bastante tempo. O ambiente fica mais aconchegante e, no frio, o tapete ajuda a manter os pés aquecidos.

11. Beleza na bancada

Havendo espaço, o closet pode contar ainda com uma bancada de maquiagem – a antiga penteadeira repaginada. A ideia é ter espaço no gabinete da bancada para todos os artigos de beleza, cosméticos e maquiagem, além de espelhos perfeitamente iluminados para que se possa fazer a maquiagem logo após se vestir. Como o móvel para joias e bijuterias, é um luxo, mas um luxo que muitas mulheres gostariam de ter.

12. Espelhos são essenciais

Os espelhos são essenciais em um closet. Se ele é pequeno, pode vir na porta do armário ou do espaço ou, ainda, apresentar-se em um objeto separado, com uma moldura bonita e até suporte. É muito comum que as portas dos armários dentro de um closet sejam espelhadas, o que ajuda a ampliar o ambiente e a torná-lo mais leve e brilhante.

13. Portas podem imprimir estilo

Se é bastante comum que as portas do closet sejam espelhadas, por outro lado ele pode ter portas das mais diferentes, não só de madeira maciça. Um closet pequeno pode ganhar mais leveza se a porta for, por exemplo, de ferro trabalhado ou de vidro. Ou uma mistura dos dois. O importante é que a porta tenha estilo – e , se o closet tiver uma janela, tudo fica melhor ainda.

14. Iluminação é indispensável em um closet

A iluminação, apesar de suas implicações estéticas e decorativas, não é um luxo, mas sim uma necessidade em um closet. É preciso que as prateleiras sejam todas bem iluminadas para que se possa encontrar rapidamente uma peça de roupa. Também o espelho deve receber iluminação adequada para que a roupa que se prova seja vista em seus mínimos detalhes e com a cor precisa que ela tem. Dessa forma, pode-se fazer combinações de peças sem medo de errar.

Para outras dicas sobre iluminação, leia este artigo

Qual é a dica de que você mais gosta?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!