Jardins ecléticos por Mikkael Kreis Architects

12 jardins lindos para enfeitar a frente de casa

Nicole Nunes – homify Nicole Nunes – homify
Loading admin actions …

Do um ao doze, estes são os passos a percorrer para criar um jardim na frente da sua casa para se orgulhar e que, com certeza, lhe proporcionará agradáveis momentos de tranquilidade e de conforto. 

Independentemente do estilo, da personalidade, do espaço e da forma, é sempre bom estar em contato com a natureza.  

Veja com atenção os projetos que escolhemos para o livro de ideias de hoje!

1. Defina bem o lugar

Determinar com precisão as dimensões do lugar a implantar o jardim não é apenas importante: é indispensável. A dimensão engloba a altura e a largura que terá esta área. Por exemplo, se neste primeiro exemplo a vegetação for exuberante demais, eliminará por completo a utilidade da janela, bloqueando sua vista e a entrada de luz.

2. Selecione um número preciso de plantas

Agora que já tem o espaço, o importante é determinar as plantas. Defina muito bem a quantidade de plantas que deseja, tudo mediante as dimensões que tem no jardim.

3. Determine o espaço para cada planta

Já escolheu todas as plantas? Então você já sabe que cada uma possui uma característica especial. Umas são mais robustas, outras menores e delicadas. Assim, deve organizá-las segundo a sua aparência e local que ocupam: plantas mais baixas à frente de uma janela e plantas mais altas ao lado, por exemplo.

4. Comece a criar uma composição

Este ponto está estreitamente relacionado com o anterior, pois ao acomodar cada planta deve-se ter uma perspectiva do seu jardim como paisagem. Lembre-se de que estamos falando de um jardim para enfeitar a fachada, a primeira parte que se vê ao chegar a casa.

5. Brinque com as cores

Jardins  por Vivero Sofia
Vivero Sofia

Jardinera en esquina L

Vivero Sofia

Lembramos que os verdes das plantas variam de umas para as outras. Logo, deve-se considerar toda a gama de cor para o seu jardim para obter uma composição coesa e interessante.

6. Considere o piso seco a ser instalado

Não se esqueça de inserir uma área pavimentada para facilitar a circulação e o acesso à sua casa. De outra forma, a vegetação do jardim fica muito exposta e sujeita à destruição. 

Vejas 10 pisos que você pode colocar hoje mesmo.

7. Pense se haverá mobiliário

Os móveis oferecem conforto e podem ser incluídos no exterior da casa caso haja espaço o suficiente. Um par de cadeiras sob o terraço ou uma pequena mesa serão sempre úteis e confortáveis.

8. Contemple tanto a luz quanto a sombra

Há plantas que precisam de luz direta do sol, mas há outras que sobrevivem melhor com luz indireta. Assim, é necessário considerar de forma meticulosa a exposição solar e a planta para cada área.

9. Pense na manutenção

Este passo é crucial para toda a vida útil do seu jardim. Regar e nutrir a terra é indispensável para que as plantas prosperem.

Sempre que o assunto for complicado, você pode buscar a ajuda de um de nossos profissionais paisagistas.

10. A decoração

Depois que as plantas e os móveis foram escolhidos, pode-se incluir ornamentos de decoração ao seu gosto, como estátuas, fontes, vasos, entre outros.

11. Nem tudo é grama

Ainda que a grama não possa faltar, se a colocar em todas as áreas é muito provável que não tenha uma circulação constante. E por que não pedras? Contemple-as como alternativa, o resultado fica lindo como na imagem a cima.

12. O jardim está pronto!

No último ponto, queremos reforçar a ideia de que todo o jardim deve ir ao encontro do estilo da fachada para alcançar absoluta harmonia.

De que jardim você mais gosta? Deixe um comentário!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!