Bauhaus: ideias que moldaram o mundo moderno

Antônio Santos Antônio Santos
Loading admin actions …

A Bauhaus foi fundada em 1919 na cidade de Weimar pelo arquiteto alemão Walter Gropius (1883-1969). O objetivo da escola era ambicioso: reimaginar o mundo material para refletir a unidade de todas as artes. Gropius desejava fundir as disciplinas de arquitetura, escultura e pintura em uma única expressão criativa, através do ofício. Na escola os alunos participavam de oficinas de metalurgia, marcenaria, tecelagem, cerâmica, tipografia e pintura de parede, com a finalidade de se capacitarem para produzir objetos úteis, bonitos e adequados aos novos tempos, no qual o funcionalismo era a única ordem válida.  

A ascensão do nazismo culminou no fechamento da escola em 1933. Mas apesar de sua breve existência, suas ideias,  mesmo após mais de 80 anos de sua extinção, continuam válidas para a arquitetura e o design contemporâneos. A escola revolucionou não apenas o ensino da arquitetura no século XX, mas também o modo de pensar, projetar e de produzir objetos. Grande parte do mundo construído em que vivemos e dos objetos que utilizamos, como veremos nas imagens a seguir, tiveram sua origem na Bauhaus.

Edifício sede da Bauhaus

Em 1925, Gropius transferiu a Bauhaus para Dessau, onde ele projetou um novo edifício para abrigar a escola. Este edifício continha muitas características que mais tarde se tornaram marcos da arquitetura moderna e do Estilo Internacional, incluindo a construção de estrutura de aço, um imenso plano de vidro, cobertura plana e uma planta assimétrica em forma de cata-vento, na qual Gropius distribuiu o seu estúdio, salas de aulas e setor administrativo visando à máxima eficiência e lógica espacial.

Linhas retas e simplicidade formal

De acordo com o funcionalismo difundido pela Bauhaus, o bom design deveria exaltar as formas puras, simples, ascéticas e neutras. Em outras palavras, a forma deveria seguir a função, visando à produção em massa e à democratização do acesso a mercadorias, incluindo moradias e objetos. Estas ideias logo foram legitimadas como o Estilo Internacional. A produção arquitetônica e do design atual ainda é fortemente influenciada pelo Estilo Internacional. Neste projeto a racionalidade é a orientadora do conceito formal e da organização espacial.

O estilo Bauhaus

O estilo Bauhaus parecia avançado demais para o seu tempo. Hoje, devido aos diversos avanços da indústria e da tecnologia, o estilo Bauhaus parece ter alcançado o sincronismo com o tempo. Projetos modernos com telhados planos, linhas retas, de formas simples, com grandes planos de vidro e sem ornamentos continuam válidos e cada vez mais difundidos na arquitetura contemporânea.

Funcionalismo

Se hoje utilizamos objetos funcionais como smartphones e computadores, devemos isto ao desenvolvimento tecnológico e industrial e aos idealizadores da Bauhaus. A funcionalidade hoje é legitimadamente presente e naturalmente incorporada ao nosso estilo de vida, como nesta cozinha, cujos mobiliários e equipamentos foram projetados e organizados visando à praticabilidade e à funcionalidade. Quem não deseja uma cozinha prática como esta, que facilita nossas atividades e torna a vida consequentemente mais cômoda?

Cadeira Barcelona de Mies Van der Rohe

A cadeira Barcelona, projetada em 1929 por Mies Van der Rohe, ícone da arquitetura moderna e que também dirigiu a Bauhaus, é um exemplo de mobiliário e do design funcionalista que materializa as ideias disseminadas pela escola. A cadeira Barcelona é um mobiliário e um objeto de arte ao mesmo tempo, emprestando aos ambientes seu requinte e sofisticação.

Poltrona Wassily de Marcel Breuer

Marcel Breuer era um dos mestres da Bauhaus e projetou a poltrona Wassily (à esquerda). Apesar da busca pela simplicidade e pela depuração estética, difundidas pelo novo estilo, os objetos criados pelos seus idealistas foram concebidos como verdadeiras obras de arte, portanto, expressavam também um certo preciosismo estético.

Poltrona LC2 de Le Corbusier

A poltrona LC2 de Le Corbusier é outra peça do design modernista e funcional que converteu-se em uma peça cobiçada por pessoas apreciadoras do bom design e celebrada por arquitetos contemporâneos. Afinal, quem não gostaria de possuir uma destas peças, que ainda hoje atendem as nossas necessidades práticas e as nossas aspirações estéticas?   

Portanto, não podemos ignorar a valiosa contribuição das ideias da Bauhaus e do Estilo Internacional para a disciplina da arquitetura e do design, dos quais herdamos princípios ainda válidos para a produção de espaços e objetos. Estas ideias não apenas transformaram a paisagem das cidades, com o surgimento de cidades inteiras planejadas sob esta nova ordem, como a nossa capital Brasília, mas remodelaram todo o mundo moderno e principalmente o modo como lidamos com os objetos.

De onde vêm as ideias que moldaram o século XX e transformaram o modo como projetamos, produzimos e lidamos com os objetos?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Solicite sua consulta grátis

Encontre inspiração para sua casa!