Design ecológico: novos usos para velhos objetos

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

Design ecológico: novos usos para velhos objetos

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
  por reditum  //  Möbel mit Vorleben
Loading admin actions …

Uma das consequências do desenvolvimento industrial e da produção em massa foi a democratização do consumo. No entanto, com a sociedade do consumo surgiu também a cultura do descarte. Nós nos acostumamos a utilizar coisas e a descartá-las quando julgamos não precisar mais delas, como se fosse possível fazê-las desaparecer do planeta e anular o impacto causado ao meio ambiente resultante do seu processo de fabricação. Já é hora de nos conscientizarmos de que os recursos dos quais dispomos são finitos e de que tudo é reutilizável ou reaproveitável. Portanto, em tempos de crise energética e desenvolvimento sustentável, a reciclagem e o reaproveitamento de objetos inutilizados surgem como uma alternativa indispensável para o design e para a arquitetura.  

Neste artigo, você verá exemplos surpreendentes do reaproveitamento de velhos objetos, que graças à conscientização e criatividade de profissionais brilhantes, ganharam nova vida e novas funções.

Uma nova estante

Uma escada de madeira esquecida na despensa ou cujo uso é esporádico pode dar vida a uma estante charmosa e prática simplesmente com a adição de algumas prateleiras. A nova estante pode decorar o escritório, a sala, a cozinha, o quarto ou qualquer ambiente da casa, desde que combinada com os demais mobiliários ou com a atmosfera do lugar.

Uma nova caixa de brinquedos

Aquelas caixas de madeira que nós nos acostumamos a utilizar apenas para transportar mercadorias, quando reinventadas, podem dar vida a novos móveis, atender a diversas necessidades funcionais e ainda decorar os ambientes. Neste exemplo, a caixa de madeira foi reaproveitada como caixa de brinquedos, que além de contribuir com o meio ambiente, contribui com a organização e com a decoração do quarto.

Uma nova estante

Neste outro exemplo, quando adaptadas e rearranjadas, as caixas de madeira podem ser convertidas em uma estante com design simples e elegante. 

Um novo sofá

Paletes são estrados de madeira que auxiliam no transporte de cargas. Porém, sua utilização como móvel, camas, mesas de centro, sofás, tem se popularizado e evoluído. Neste exemplo, além do reaproveitamento do palete, novos elementos foram adicionados para dar vida a um sofá moderno e elegante.

Uma nova poltrona

  por homify

Só no Brasil, o descarte de pneus velhos atinge anualmente cerca de 20 milhões de unidades. A recauchutagem, adição de nova camada de borracha no pneu, é uma alternativa para o descarte de pneus e para minimizar o impacto ambiental. No design e na arquitetura, estes materiais também podem ser reaproveitados. Salvador Dalí já havia utilizado pneus velhos para revestir e decorar colunas. Neste exemplo, pneus inutilizados deram vida a uma nova e despojada poltrona.

Uma nova luminária

A indústria desenvolve e lança constantemente novos produtos, mais modernos e atualizados, tornando os velhos produtos rapidamente obsoletos. Daí a necessidade de soluções criativas para o reaproveitamento destes objetos. Neste exemplo, um antigo vaporizador de salão de beleza foi convertido em uma luminária, ideal para uma decoração vintage e despojada.

Um novo aparador

Frequentemente ouvimos que a produção de petróleo atingiu tantos milhões de barris de petróleo. Os barris estão associados diretamente ao armazenamento de petróleo. Mas com a criatividade, estes objetos podem ser transformados em peças sofisticadas de decoração, como neste exemplo, em que o barril de petróleo cumpre a função de aparador e contribui com a qualidade estética do ambiente, dando lhe um aspecto industrial e arrojado.

Uma parede nova

Além do design de mobiliário, a arquitetura também pode contribuir com a redução do impactoambiental no setor construtivo, com o uso de materiais locais de baixo consumo energético, o reaproveitamento de materiais e adição de soluções sustentáveis. Neste projeto, os tijolos à vista que revestem a parede foram reaproveitados de uma demolição.

Um piso novo

Neste outro exemplo, madeira de demolição foi reaproveitada para revestir os pisos da sala de estar, da sala de TV e dos dormitórios, realçando o aspecto rústico e natural, combinado com outros materiais de revestimento naturais como a pedra, resultando em ambientes com aparência moderna e uma atmosfera íntima e acolhedora. 

Uma moradia nova

Casas  por homify

E, neste último exemplo, um container foi adaptado e convertido em espaço habitável, o que evidencia as ilimitadas soluções criativas para o reaproveitamento de materiais e objetos no design e na arquitetura a fim de contribuir com um desenvolvimento sustentável, sem prejuízo das qualidades funcionais e estéticas destes novos objetos.

Uma moradia nova

  por homify

E, neste último exemplo, um container foi adaptado e convertido em espaço habitável, o que evidencia as ilimitadas soluções criativas para o reaproveitamento de materiais e objetos no design e na arquitetura a fim de contribuir com um desenvolvimento sustentável, sem prejuízo das qualidades funcionais e estéticas destes novos objetos.   

Você já descartou algo que poderia ter sido reaproveitado em uma nova função ou já reaproveitou algo velho e deu-lhe vida nova?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!