Cozinha: Cozinhas modernas por Amanda Miranda Arquitetura

17 cozinhas modernas e muito inspiradoras

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Para se ter uma cozinha moderna, vários fatores devem ser levados em consideração: funcionalidade, organização, cor, design. Na questão da funcionalidade, ganha pontos aquela que conta com equipamentos e mobiliário que levem em conta o processo de preparação de alimentos. Já na organização, é fundamental prever o armazenamento de louças e outros utensílios, assim como de mantimentos. O design certo, por sua vez, vai tornar o espaço mais otimizado e também mais bonito. Por fim, as cores trazem vida, elegância e sofisticação, podendo ainda ajudar a ampliar o espaço e torná-lo mais leve. E não se esqueça: cozinha é arte, cozinha vai bem com arte. Descubra mais sobre essas questões em 17 cozinhas modernas e muito inspiradoras!

1. Funcionalidade e organização

Funcionalidade e organização são os aspectos centrais de uma cozinha moderna. Na imagem acima, um projeto de Amanda Miranda Arquitetura, os refrigeradores, freezers e fornos são embutidos em paredes revestidas de madeira, enquanto uma bancada central separa a área de preparo dos alimentos da área de refeições. Um quadro branco serve para anotar as tarefas e compras do dia-a-dia de maneira simpática e lúdica. As cores também têm muito peso: o amarelo dourado da madeira se harmoniza com o vermelho da mesa e com o laranja interno dos pendentes, dando um toque de alegria e vivacidade ao ambiente. A imagem é de MCA Estúdio.

2. Cor e design em alta

Apartamento Vila Nova Conceição : Cozinhas modernas por Asenne Arquitetura
Asenne Arquitetura

Apartamento Vila Nova Conceição

Asenne Arquitetura

Como já vimos na imagem anterior, as cores quentes estão com tudo nas cozinhas modernas. Nesta outra, menor e mais estreita, a cor amarela toma conta de todo o mobiliário, combinada com paredes e tampo pretos. Armários superiores e inferiores têm superfícies brilhantes e puxadores retangulares e prateados que dão um ar mais industrial. Detalhes do design chamam a atenção, como o faqueiro vermelho em forma de coração, que recorre ao bom humor neste espaço criativo.

3. Armário pra que te quero

Loft448: Cozinhas modernas por Bruno Rubiano

Uma tendência das cozinhas modernas, sejam elas grandes ou pequenas, mas especialmente nas pequenas, é usar ao máximo o espaço disponível para se ter áreas de armazenamento de utensílios, louças e outros apetrechos culinários. Na cozinha da imagem acima, também em amarelo combinado com cinza azulado, toda parte baixa da área de trabalho conta com armários. Já a parede ao fundo combina nichos abertos e fechados para guardar ou expor ao máximo os acessórios de cozinha.

4. Cozinha como galeria de arte

Quem faz da relação com a cozinha uma forma de arte, pode muito bem expô-la aos olhos de todos. Jogos de pratos, jogos de chá, jogos de café, travessas, taças, copos, xícaras, bules, chaleiras e os mais diferentes e interessantes utensílios podem se constituir em uma verdadeira galeria, refinada e excitante. Um exemplo é esta grande cozinha, que teve uma das paredes transformada em estante para todos os objetos culinários. Na cor preta, a estante ressalta as linhas dos objetos e ainda proporciona elegância. A parte inferior em branco dá leveza ao conjunto, que também joga com o amarelo da bancada.

5. Linhas, cores e formas

RESIDÊNCIA RP WIMBLEDON: Cozinhas modernas por BC Arquitetos
BC Arquitetos

RESIDÊNCIA RP WIMBLEDON

BC Arquitetos

Na cozinha moderna da imagem acima, as linhas horizontais – marcadas pelos armários inferiores e superiores em branco e pela parede e o piso pretos – se destacam. A cor entra de forma elegante no ambiente, com uma faixa amarela no alto da parede, paralela às faixas preta e branca. Também surge nas cadeiras de madeira de design leve e moderno, em um degradê de tons quentes como vermelho, laranja e amarelo. A mesa em madeira proporciona aconchego em um espaço refinado com grande presença de linhas retas e cores neutras como preto e branco. 

6. Cor e ousadia

A ousadia também faz parte do figurino de uma cozinha moderna. Na cozinha acima, ela aparece no uso da cor quente em grandes doses. As paredes e a bancada de refeições, assim como as luminárias pendentes acima dela, apresentam um tom vermelho forte e vibrante, que é suavizado pelo branco das esquadrias das janelas, do mobiliário da parte interna da área de trabalho e do piso (que também conta com faixas em vermelho). O estofado preto e a estrutura metálica das banquetas altas, por sua vez, sofisticam o ambiente.

7. Linhas sinuosas

Com muito branco, a cozinha da imagem acima marca presença pelo uso das linhas sinuosas e arredondadas na bancada de refeições e nas janelas que lembram as de navio. Também as banquetas vermelhas têm linhas curvas e estrutura de metal, em um design muito moderno.

8. Iluminação decorativa

Cozinha de Estar : Cozinhas industriais por Studio Cinque
Studio Cinque

Cozinha de Estar

Studio Cinque

Uma forma de deixar a cozinha com ares bem modernos é lançar mão de uma iluminação decorativa. Na imagem acima, as prateleiras e a parte de baixo da bancada de trabalho receberam luzes LED que transformam todo o conjunto em uma estrutura brilhante, quase uma nave espacial pronta para decolar. A iluminação suave destaca objetos e também o bar em um dos cantos da área da cozinha.

9. Com ares rústicos

Não é porque a cozinha é moderna que ela não pode apresentar detalhes de um outro estilo. Nesta cozinha do tipo corredor, o planejamento enfatizou as bancadas e os armários superiores, assim como o branco para dar amplitude, mas apostou em detalhes mais rústicos, como a imitação de madeira nos armários e a parede de pedra ao longo de toda a bancada. Como os tons são neutros, tudo fica muito suave.

10. Cozinha e arte

A arte também pode conviver muito bem com a cozinha. Um exemplo é a cozinha acima, que apresenta uma bancada branca com área para o cooktop e outra, mais baixa, para as refeições. Ao fundo, a parede em madeira comporta uma estante com nichos de diferentes tamanhos – alguns em laranja – onde vasos, estatuetas e outros objetos decoram o ambiente. Ao lado, junto ao cooktop, há espaço até para um quadro. As cadeiras de encosto salmão fazem um bonito contraponto com o laranja dos nichos. 

11. Cores frias e elegância

Nem só com vermelho, laranja e amarelo se destaca uma cozinha. Há quem prefira as cores frias, como os diversos tons de azul, que conferem ao ambiente uma atmosfera delicada e elegante. Na cozinha da imagem acima, o azul aveludado das cadeiras da bancada de refeições dá um colorido sutil a um espaço marcado pelos tons neutros do mobiliário e da madeira e se harmoniza com os detalhes em metal dos equipamentos e das luminárias redondas.

12. Arco-íris nos detalhes

Apartamento Edifício Brasil: Cozinhas modernas por Alvorada Arquitetos
Alvorada Arquitetos

Apartamento Edifício Brasil

Alvorada Arquitetos

Nesta cozinha ampla, em que uma grande bancada central domina, o azul é o tom preponderante, mas divide as atenções com nichos em vermelho e prateleiras em amarelo. O fundo branco das paredes e do mobiliário torna o conjunto mais suave, sem tirar o ar esfuziante da decoração.

13. Turquesa e vidro

Branco é a base desta ampla cozinha, que conta com portas de vidro voltadas para a área externa. Mas ela adquire uma beleza e uma leveza ainda maiores com o uso da cor turquesa na bancada central e nas esquadrias das portas de vidro, assim como com o uso de vidro também na bancada refeições. O efeito é um ar marítimo, tropical, perfeito para casas à beira-mar.

14. Madeira para aconchegar

Já nesta cozinha toda branca, os nichos com portas de madeira ajudam a dar mais peso à decoração e a tornar o ambiente mais aconchegante. Esses elementos também horizontalizam um pouco o design da cozinha, equilibrando o efeito das linhas verticais da torre de fornos, dos refrigeradores e da coifa.

15. Preto e branco para sofisticar

Cores são lindas, mas também pode-se obter efeitos incríveis com cores neutras. Preto e branco, por exemplo, é sempre sinônimo de sofisticação; Usados de forma equilibrada, pode-se ter uma cozinha moderna e refinada, como a da imagem acima. O balanço é importante: o branco aparece nos armários superiores e inferiores, assim como no piso, de modo que o ambiente pareça mais amplo e leve. Já o preto surge na faixa da parede acima da bancada de trabalho, na mesa de refeições e nos assentos das cadeiras aramadas. 

16. Branco e pastilha para iluminar

Uma cozinha toda branca, como a da imagem acima, ganha em luminosidade, leveza e sensação de amplitude. É linda, mas é sempre bom ter pontos de ancoragem ao visualizar o espaço. Assim, a parede e a bancada de refeições com pastilhas escuras, além de propiciar um brilho extra, definem melhor as áreas e criam contrastes agradáveis.

17. Divisória para pequenas cozinhas

Esta cozinha é mais tradicional, mas apresenta um elemento importante e bastante moderno para a decoração de cozinhas pequenas, abertas para uma sala de estar ou de jantar: a estante assimétrica que serve de divisória entre um espaço e outro. Este móvel pode tomar tranquilamente o lugar de uma parede que obstrua a luminosidade natural e roube espaço valioso. Para outras dicas sobre cozinhas pequenas, leia este artigo.

Qual é a cozinha que mais inspira você?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!