O lar extrovertido de Nando Reis!

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Quem nunca quis invadir o lar e desvendar um pouco da intimidade do seu cantor e músico favorito? Conhecer o seu estúdio musical, o seu quarto e o seu jardim e cada cantinho provável que lhe serve de inspiração para compor as canções que embalam nossos romances, festas e até mesmo nossas dores. Os músicos têm uma característica especial, eles nos parecem tão íntimos, porque cantam sobre coisas que sentimos e com as quais nos identificamos apaixonadamente, e no entanto podem se sentir completamente sozinhos em suas casas, como nos sentimos às vezes nas nossas casas. Mas hoje teremos a chance de revelar um pouco do universo habitável de um grande músico e compositor, autor de inúmeros hits memoráveis.   

A homify desembarca em São Paulo, capital, para exibir o projeto magnifico de reforma de um casarão dos anos 40, convertido em um lar aconchegante e extrovertido de um roqueiro. Sejam bem-vindos à Casa Nando Reis, um lugar emblemático e construído de maneira quase artesanal para se adequar ao estilo e à personalidade do seu proprietário, solteiro, mas pai de cinco filhos. O autor do projeto de reforma é o designer de interiores Paulo Alves, que inclusive deu seu aval para a aquisição da propriedade. A reforma buscou adaptar a residência completamente às necessidades do novo dono. Portanto, seu aspecto e espacialidade originais foram completamente alterados e novos elementos e materiais foram adicionados. 

Curioso para desvendar um pouco do universo íntimo do Nando Reis e os lugares onde certamente nascerão novos hits? Então confira a seguir mais detalhes e imagens deste projeto de reforma fascinante, que fez de um casarão dos anos 40, em estilo clássico um lar eclético e extrovertido para um roqueiro incansável.

Fachada posterior

A fachada posterior revela com mais nitidez a existência do antigo, as paredes de tijolos cerâmicos à vista, e do novo, as paredes estruturais de concreto aparente, uma espécie de espinha dorsal da residência, que apesar da função estrutural, também incrementa acrescenta textura e exuberância à fachada e aos ambientes internos, dando-lhe uma atmosfera contemporânea e arrojada.  

Pórtico da entrada principal

Um pórtico de concreto aparente, que abriga uma fonte e um jardim suspenso, marca a entrada principal e representa também a nova estrutura resultante do projeto de intervenção e modernização do casarão antigo. O paisagismo de autoria de Ricardo Vianna optou pelas plantas favoritas do roqueiro, bastante apegado à botânica e à natureza.  

Fachada lateral

O projeto de reforma, cujas obras duraram cerca de dois anos, teve início com a remoção do reboco das paredes existentes, para que se descobrisse a estrutura do casarão. Neste processo, os tijolos cerâmicos ficaram expostos. A fachada lateral portanto incorporou parte desta estética visceral da residência original. Nada mais autêntico para um compositor, que revela tanto da sua alma e suas música, do que exibir a textura visceral das paredes originais.

Sala de estar

A sala de estar, claro, é marcada pela parede de concreto aparente, elemento estrutural necessário para viabilizar as alterações espaciais, como remoção de paredes, e que acabou dando uma estética arrojada ao ambiente. A decoração dos ambientes fez uso de peças e móveis pertencentes ao músico e proprietário, mas também de peças feitas exclusivamente para o novo lar. Na sala de estar se destacam as obras de arte da coleção do autor, incluindo uma tela abstrata de Rodrigo Andrade, que traz cores e sofisticação ao ambiente.  

Hall de entrada

No hall de entrada uma parte do piso original do casarão antigo sobreviveu como testemunho do passado cheio de requinte, o piso de mármore foi complementado com piso de madeira de demolição, que deu um toque rústico ao ambiente. Itens pessoais do músico incrementam a decoração e dão personalidade aos ambientes, como as máscaras artesanais que ornamentam a parede.

Sala de jantar

A sala de jantar se integra à sala de jantar e ao espaço externo, que traz a exuberância e o verde dos jardins circundantes para o ambiente, através das diversas e generosas aberturas com esquadrias de madeira. A sala de jantar, eclética, é composta de uma mesa de jantar exclusiva, chamada Planalto, feita sob medida pelo designer, e transformada em produto de linha, e pela luminária de Phillipe Starck, que dá um toque de clássico ao ambiente.

Sala de almoço

Na sala de almoço predomina o clima informal e o estilo rústico do mobiliário. A mesa de madeira e as cadeiras de madeira maciça realçam a simplicidade e o clima descontraído do ambiente. A tela Preta traz cores e requinte ao ambiente.  

Cozinha

A cozinha se integra à sala de almoço e ao jardim externo, por meio de uma ampla abertura envidraçada. O piso de madeira e elementos em marcenaria dão um toque de aconchego ao ambiente, que conta com armários planejados de madeira e acessórios em inox, como a coifa industrial, que traz funcionalidade e elegância à cozinha.

Mobiliário de madeira

Não são apenas as esquadrias de madeira que trazem um charme rústico e vernacular aos ambientes, na cozinha uma cômoda de madeira, peça feita exclusivamente para a residência pelo próprio designer, Paulo Alves, de design contemporâneo, embeleza e dá um charme especial ao ambiente.

Se você aprecia o estilo rústico e deseja mais informações sobre decoração com móveis de madeira, leia este artigo.

Estúdio do roqueiro

No pavimento superior estão situados os espaços íntimos, como o estúdio e o dormitório do roqueiro. No estúdio predominam as cores neutras e o estilo rústico do mobiliário e dos elementos em marcenaria. O sofá Mole, desenhado por Sérgio Rodrigues, traz conforto e requinte ao ambiente.

O quarto do roqueiro

Como você imagina o quarto de um roqueiro? O quarto do Nando Reis é amplo e marcado pelo painel de madeira junto á cabeceira da cama, que oculta um closet e serve de suporte para telas e quadros, que trazem cores e deixam o ambiente mais extrovertido e personalizado. 

Um jardim para compor

Para o músico, apesar de todo charme e sofisticação dos ambientes após a reforma, a casa ainda carecia de cores. Então, os muros que delimitam a propriedade foram pintadas de rosa. A casa ganhou então mais personalidade e um novo nome, Casa Rosa. No jardim, cercado de suas espécies favoritas e da cor rosa, o roqueiro pode relaxar e se inspirar para compor aquelas canções que traduzirão as coisas que sentimos calados.

Mais informações sobre projetos de jardins, você encontra aqui

Você acha que a Casa Rosa, do Nando Reis, irá trazer lhe mais inspiração?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!