Quartos  por razoo-architekci

10 quartos pequenos mas muito sofisticados

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

O quarto de dormir sempre será um dos ambientes mais importantes da casa, uma vez que sempre teremos necessidade de um lugar tranquilo e confortável onde descansar e renovar as energias para mais um dia de trabalho. Na verdade, importa pouco se o quarto é grande ou pequeno: o mais relevante é a funcionalidade do espaço. Lembre-se também que a cama é o elemento principal do quarto e, portanto, deve ser cuidadosamente escolhida, não apenas com relação à beleza, mas também em relação ao conforto de seus componentes, como o colchão e os travesseiros. Alguns quartos pequenos ou médios que vamos mostrar em seguida têm detalhes que podem ajudar você a tornar o seu ainda mais especial e agradável.

1. Cama baixa e iluminação encantadora

A cama baixa vai muito bem em quartos pequenos com teto rebaixado. Ela até pode ser mais larga do que o normal, caso haja espaço. Uma boa ideia é misturar madeira clara no piso, na cabeceira da cama, na parede acima dela e nas estantes laterais com paredes pintadas de cinza ou grafite: o resultado é sofisticado e fica ainda melhor com uma iluminação lateral que lance figuras em torno. 

2. Design caprichado

Na imagem acima, o quarto pode ser bem pequeno, mas tem uma decoração original por apostar no design moderno. A cama em madeira clara fica a um canto e tendo na parte inferior prateleiras para livros e objetos. O quarto é pintado de branco, mas conta com uma parede azul à cabeceira da cama que se harmoniza perfeitamente com o quadro na parede oposta, com motivos geométricos. Mesinha lateral e relógio de mesa em amarelo alegram o espaço, enquanto a luminária de teto e as arandelas ao lado da cama não apenas iluminam o ambiente eficientemente, como também imprimem linhas modernas à decoração.

3. Jogo de cores

Quartos  por Vondom

Saber jogar com as cores é fundamental em decoração, ainda mais se há problemas de espaço. Em um quarto pequeno, por exemplo, o segredo é ter como base uma cor clara, em especial o branco, dando a tônica no mobiliário, nas roupas de cama, nas paredes e nos acessórios, pois ela ajuda a dar a sensação de amplidão ao ambiente. Mas, para não ficar muito impessoal ou enfadonho, é importante lançar mão de toques de cores mais vivas em uma colcha bonita, nas almofadas da cama ou em um tapete fofinho. 

4. Máximo proveito do espaço

Quartos  por Sylviane Gestalder
Sylviane Gestalder

vue d'ensemble

Sylviane Gestalder

Em um quarto de jovem, adolescente ou criança, há mais liberdade para se utilizar ao máximo o espaço. É o caso da imagem acima, em que a cama é disposta em uma espécie de mezanino, deixando espaço embaixo para a instalação de um escritório ou sala de estudos. Sobra também mais espaço para uma saleta informal com banquetas e pufes. A iluminação ao redor da cama também merece destaque, pois melhora a visão de todo o espaço e permite que, na cama, se possa ler confortavelmente.

5.Divisória minimalista

Para quem quer o máximo de privacidade e gosta de linhas simples e cores neutras, uma solução interessante é adotar o estilo minimalista, com uma cama toda branca, cabeceira estofada em tons neutros e divisória vazada que permite a passagem da luz e do ar, mas esconde o espaço de olhares alheios. É uma boa ideia para quitinetes e studios, sem abrir mão da elegância.

6. Cinza e madeira

Corredores e halls de entrada  por homify
homify

Feature Staircase

homify

Uma variação do estilo minimalista pode ser visto neste quarto todo claro. Ele reúne tons brancos e cinza na decoração das paredes e da roupa de cama, assim como na luminária moderna do teto. O contraste fica por conta do piso de madeira maciça escura, que se estende também à escada. Simples e refinado. 

7. Cortinas para dar privacidade

As cortinas têm várias funções, como embelezar o ambiente e barrar a luz externa para que se possa dormir tranquilo. Mas, em casas com peças voltadas para um pátio central ou em apartamentos pequenos cercados por prédios bem próximos, um dos motivos para não se dispensar as cortinas é a privacidade. Procure harmonizá-las. em estilo, cor e forma, com o mobiliário, as roupas de cama, os tapetes e outros acessórios. 

8. Ideias originais

Se o quarto é mesmo muito pequeno, pode-se aproveitar ao máximo o espaço com algumas ideias originais. A cama da imagem acima é elevada, com uma escadinha para o acesso. Em toda a sua volta, porém, prateleiras e nichos permitem a acomodação de livros e objetos pessoais. A madeira clara tira o peso do móvel e ainda torna o quarto aconchegante. 

9. Espelhos para ampliar

Uma das ideias mais fáceis e rápidas de se colocar em prática para se ampliar o quarto é instalar espelhos. Eles dão a ilusão de maior profundidade do ambiente, o que torna o espaço mais confortável. Pode-se instalar os espelhos nas portas do armário, por exemplo, o que cai muito bem se ele está localizado em frente à cama. 

10. Elementos decorativos e criatividade

A criatividade é o elemento mais importante para se conseguir fazer do seu espaço um lugar delicioso. Lance mais de objetos decorativos para dar um toque pessoal único no seu quarto pequeno. Um exemplo é mostrado na imagem acima, em que o quarto ganha mais sofisticação e personalidade com a disposição de um belo quadro sobre a cama.

Para outras dicas sobre quartos criativos, leia este artigo.

Qual é o quarto de que você mais gosta?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!