: Estudio Motim: Escritórios  por Mmaverick Arquitetura

7 pontos a considerar antes de comprar sua primeira casa

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+

SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro
Loading admin actions …

O sonho da casa própria é algo comum a quase todas as pessoas. Dizer adeus ao aluguel mensal ou procurar mais espaços longe da casa dos pais é algo que muita gente deseja. 

Quando o momento da independência chega, é comum sentir a euforia de ir atrás de milhares de possibilidades que concretizem a realização deste sonho. Contudo, é preciso estar atento a algumas etapas e informações para que esta realização seja mais breve possível e não tenha muitos percalços no caminho.

Abaixo, trouxemos algumas destas dicas importantes para quem está prestes a adquirir ou construir a casa própria. As sugestões são partindo da ideia de que o terreno e a localização já estarão escolhidos. Este é o primeiro e fundamental passo. Desta maneira, todas as sugestões abaixo poderão oferecer auxílio no importante processo que se segue adiante. Outro ponto importante a ressaltar é que a ordem das sugestões pode ser diferente conforme a necessidade de cada pessoa/família. 

Por fim, lembramos todos de que a consultoria com profissionais de sua confiança é fundamental para tudo resulte exatamente como você deseja. 

Agora é hora de seguirmos adiante, conferir alguns passos para a compra de seu próprio lar, realizar este maravilhoso sonho e, quem sabe, vê-lo aqui, no homify.

1. O desenho

O desenho de sua casa deverá ser resultado de uma série de somas: melhor organização das portas e janelas para o aproveitamento da luz natural, a adaptação da fundação para que as variações climáticas não prejudiquem a estrutura do seu lar, a organização dos espaços na planta da casa – passo fundamental a ser discutido com um bom arquiteto e, por fim, os traços estéticos do lar que, serão definidos conforme o estilo arquitetônico pretendido e o valor disponível no orçamento. 

Um bom exercício inicia, é tomar nota do formato do terreno para que a distribuição de espaços seja realizada da maneira mais fluída e funcional possível para todos os moradores. Após isto, o olhar apurado de um bom profissional deixará o seu lar pronto para tomar formas.

2. A distribuição

A distribuição tem relação direta com o conforto necessário para que a moradia seja a mais feliz possível. O ideal é sempre pensar na funcionalidade de cada ambiente, especialmente quando se trata de uma casa pequena. O aproveitamento da iluminação natural deverá ser o melhor possível, bem como a ventilação. Portas corrediças de vidro são ótimas soluções para estas necessidades. 

Para lares pequenos, lembre-se de que a integração de ambientes, com cozinha, sala de estar e jantar presentes no mesmo espaço e separadas sutilmente, será uma ótima escolha. Quartos podem contar com espaços suficientes para camas confortáveis e roupeiros amplos. O banheiro deverá aproveitar boa ventilação para que a umidade seja rapidamente eliminada.

3. Sistemas de segurança

A localização escolhida corresponderá às necessidades específicas de segurança. Portões altos, muros com proteção contra invasores e a contratação de empresas específicas para segurança residencial são boas soluções a serem consideradas no momento de compra do lar. 

4. Acabamentos

Dependendo da compra a ser realizada, a casa adquirida será entregue praticamente desnuda, ou seja, sem os acabamentos internos e externos. 

A escolha e compra dos revestimentos é uma das etapas mais importantes na construção do seu lar, isto porque serão estes materiais, cores e texturas que darão a determinada personalidade ao seu lar. Mais uma vez, a figura de um bom profissional fará diferença, já que ele saberá fazer escolhas mais econômicas e esteticamente perfeitas às inspirações que lhe agradam. Uma boa dica é definir um determinado estilo decorativo para que as composições possam realizar combinações mais fáceis e, com isto, escolhas mais econômicas.

5. Serviços públicos e comércio local

A relação dos serviços públicos, como transportes, hospitais, escolhas e supermercados têm uma relação direta com o orçamento despendido tanto para a valorização futura do seu imóvel, quanto para possíveis gastos adicionais no deslocamento diário. Leve isto em conta, bem como ruas asfaltadas e possíveis ciclovias nas proximidades do seu lar. Quanto menor a necessidade de deslocamento rotineiro, mais será a economia com despesas rotineiras no seu lar. 

Coloque todas estas informações na ponta do lápis e faça projeções para curto, médio e longo prazo. As respostas serão esclarecedoras para que seu planejamento possa ser o mais perfeito o possível.

6. O Crédito

São amplas as possibilidades de fazer financiamentos de até 30 anos para que a mensalidade do seu imóvel se encaixe perfeitamente às necessidades do seu orçamento. Contudo, lembre-se de levar em conta possíveis amortizações de juros para possíveis quitações antes do prazo. Além disto, os juros cobrados no financiamento contratado devem seguir a valorização do salário mínimo e inflação prevista. Este tipo de planejamento a longo prazo será muito importante para evitar possíveis apertos em períodos de recessão econômica. Além disto, com a valorização do imóvel, a possível venda poderá ainda render bons lucros de acordo com a taxa de juros do financiamento. Um planejamento cuidadoso a longo prazo é fundamental para financiamentos que valerão por muitos anos.

Custos adicionais a médio e longo prazo

Casas  por JF ARQUITECTOS
JF ARQUITECTOS

Roof Garden

JF ARQUITECTOS

Além do financiamento realizado para a casa, é importante ter atenção a possíveis desgastes dos acabamentos e materiais utilizados na construção. Tenha em mente a durabilidade média de cada componente comprado e instalado e a manutenção periódica a ser realizada para evitar problemas estruturais do seu lar. O ideal é ter um fundo que atenda estas necessidades específicas para que seu lar esteja sempre confortável e seguro.

7. Olhar geral e planejamento

Pois bem, tomando os devidos cuidados para a escolha da localização, terreno, financiamento, bons profissionais, manutenção futura e possível valorização do imóvel, será extremamente prazeroso ver o seu lar tomando formas reais e trazendo para a realidade o sonho da maioria das pessoas. Consulte bons profissionais, pesquise custos e tome todas as precauções para que os detalhes em cada centímetro estejam dentro de um controle rigoroso quanto a qualidade e custos. Lembre-se de que cada pequeno cuidado valerá muito a pena ao olhar para a casa já construída e chamá-la de sua.

E você, acrescentaria algo nesta lista? Deixe sua dica!
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!