Corredores e halls de entrada  por Studio Hooton

14 erros fatais que cometemos na hora de pintar paredes

Fernanda Maranha – homify Fernanda Maranha – homify
Google+
Loading admin actions …

Neste livro de ideias, vamos mostrar-lhe alguns dos erros mais comuns que cometemos ao pintar as paredes.

Ainda que pareça uma tarefa muito simples, pintar paredes é um processo que requer passos meticulosos para que o resultado seja bem sucedido. Paredes mal lixadas, com umidade e outras imperfeições irão se manifestar, independentemente das muitas camadas de tinta que usemos para cobrí-las. Pensando nisso, damos aqui alguns conselhos sobre o que deve evitar ao decidir ser pintor por um dia. Veja só.

1. Pular os preparativos

Paredes  por BPM Painting & Decorating
BPM Painting & Decorating

BPM Painting and Decorating

BPM Painting & Decorating

Uma parede que não está bem lixada e limpa não receberá a pintura da mesma forma, e isso vai ser muito evidente depois que a tinta secar. É melhor seguir cuidadosamente todos os passos, por mais chatos que sejam.

2. Não consertar as imperfeições antes de pintar

Os furos, a umidade e as demais imperfeições devem ser consertadas antes de se começar a lixar e a pintar. Do contrário, deixarão falhas na pintura, obrigando-nos a repetir o trabalho.

3. Abusar das texturas

Não há mal nenhum em usar textura nas paredes, desde que tenha como resultado uma superfície atrativa que não seja excessivamente desigual ou com bolhas.

4. Escolher tintas foscas

Decidir por uma pintura muito fosca, ou matte, fará com que as características da arquitetura se apaguem e, assim, o espaço pode ficar sem vida.

5. Escolher mal as cores

As nossas cores preferidas não necessariamente combinam entre elas. Se não está muito seguro sobre que cor escolher, peça ajuda a um arquiteto ou decorador ou, como terceira opção, opte pelo branco que nunca erra, e que pode ser depois complementado por outros itens coloridos coloridos.

6. Abusar da criatividade

Salas de estar coloniais por Pixers
Pixers

Watercolor Spots

Pixers

Pense bem antes de cometer um ato ousado e pintar uma parede de forma muito criativa. O resultado pode não ser o esperado e, depois, o seu trabalho terá voltado ao ponto de partida. É melhor ser prudente.

7. Escolher cores que nos podem cansar

Certos tons podem parecer fascinantes nas primeiras semanas, mas nos cansar pouco depois. Cuidado com cores muito vibrantes.

8. Criar ilusões de ótica ruins

Corredores e halls de entrada  por Studio Hooton
Studio Hooton

First Floor Landing

Studio Hooton

A cor das paredes pode diminuir ou ampliar os espaços. Escolha tons que façam os seus espaços parecerem maiores.

9. Cor em todas as paredes

É melhor pintar só uma parede e deixar as outras em branco do que pintar todo um ambiente com uma só cor.

10. Desenhos muito elaborados

Salas de estar escandinavas por Pixers
Pixers

Watercolor graphics

Pixers

A arte não faz mal nenhum às paredes de sua casa. Mas não escolha desenhos que contaminem muito os ambientes. A busca é sempre pelo equilíbrio.

11. Adornos estranhos

Paredes  por homify

Um toque diferente pode ser interessante, mas, às vezes, os resultados podem não ser tão bonitos quanto imaginava no começo.

12. Paredes muito escuras

Paredes  por CUSTOMS handmade
CUSTOMS handmade

Espacios decorados by Wallart

CUSTOMS handmade

Pintar um ambiente de um tom muito escuro fará com que a luz do ambiente seja absorvida pelas paredes, dando ao espaço um ar um pouco sombrio.

13. Pintura com esponja

Na década de 1990, esta técnica causou furor, mas caiu em desuso e está desatualizada. Hoje, é preferível evitá-la.

14. Pinturas fantasiosas

Paredes  por homify
homify

Wall paint design

homify

As pinturas fantasiosas fora dos quartos de criança podem não ser uma boa ideia. É preferível optar por paredes de uma só cor e recorrer a adesivos para melhores resultados.

Depois de ler, está pronto para pintar as paredes sozinho?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!