Dicas de mobiliário certo para o seu jardim!

Lara Berol Lara Berol
Loading admin actions …

Jardim não é apenas um lugar para plantar uma coisinha ali ou aqui e cuidar de vez em quando. O jardim é uma parte da casa e deve ser tão bem cuidado e planejado como a cozinha ou o banheiro. Sem essa de fazer distinção a esse ambiente.

Para deixar o jardim ainda mais agradável e integrado ao ambiente interno, basta escolher o mobiliário correto para ele. Com os móveis certos os jardins ganham vida, utilidade e se tornam muito mais atraentes.

Com escolhas simples, mas sempre levando em consideração alguns critérios importantes na hora de escolher o mobiliário para seu jardim, é possível renovar o ambiente e fazer dele um cantinho muito gostoso para receber amigos, relaxar, ler e passar momentos em contato com ao ar puro.

Não importa o tamanho ou a frequência com que você vá ao seu jardim, ele pode se tornar um dos espaços mais requisitados de sua casa apenas com a mudança ou o acréscimo do mobiliário correto. Vale lembrar que nem os móveis que já temos em casa são adequados para áreas externas, por isso, é importante verificar se o móvel é compatível com áreas externas, ou se é possível fazer com aquele mobiliário passe por um tratamento para suportar o sol e as mudanças climáticas. Manutenção constante também é necessária para preservar a beleza e utilidade dos móveis.

Um recanto natural

Novos ou antigos, os móveis para jardim possuem diversas opções. Para essa casa, foram usados dois bancos de madeira bem envelhecida acompanhados de luminárias para compor o ambiente do jardim, em meio às arvores. Podendo ser utilizado até durante a noite, pois as luminárias não deixarão faltar luz quando o sol já tiver ido embora, esse pequeno jardim se tornou um recanto natural dentro da casa. Um espaço de reflexão e relaxamento.

Piscina e estofado

Jardins modernos por Biesot

Colocar almofadas bem próximas à piscina seriam uma boa opção? Claro que sim! As almofadas e estofados para áreas externas são tratadas com um tipo de impermeabilizante que impede que elas encharquem ou desbotem. Então é só ousar na imaginação que tudo ficará bem nesse casamento. Não com o que se preocupar, basta procurar um bom produto e ter certeza que elas se adequam a esses fins. O mesmo vale para poltronas, sofás ou outros tipos de tecidos que façam do projeto no jardim ou na área externa.

Jardim integrado

Jardins modernos por homify

Esse jardim pode parecer ser até um espaço público de tão grande que ele se tornou. Mas a ideia dessa moradia em Londres foi tão boa que é digna de imitação. Para esse jardim, foram pensados diversos ambientes num só. Com essa parede que se assemelha a um conjunto de prateleiras foi possível incluir um mesa e bancos inteiros em um espaço enquanto que no outro, foi possível colocar vasos, um banco solitário e outros objetos para a decoração. Com isso, criou um espaço de convivência ou um cantinho particular para as horas de reflexão.

Anexo

Jardins modernos por GREENLİNE PEYZAJ
GREENLİNE PEYZAJ

GREENLİNE PEYZAJ ALMANYA UYGULAMAMIZ.

GREENLİNE PEYZAJ

Essa opção, que parece ter roubado a ideia de algum jardim de inverno, mistura o sofá em formato de U com uma mesinha e ainda oferece um pequeno lago artificial. Bonito e perfeito para aqueles que buscam opções de mobiliário de jardim possíveis para se fazer em pequenos espaços, essa é uma opção. Em um móvel único foi possível fazer o sofá e a plataforma que encobre o lago.

Urbano e compacto

MÃO NA TERRA, in Belo Horizonte. BR (2015): Jardins rústicos por Luiza Soares - Paisagismo
Luiza Soares – Paisagismo

MÃO NA TERRA, in Belo Horizonte. BR (2015)

Luiza Soares - Paisagismo

Pode parar de reclamar da falta de espaço agora! Essa casa ganhou um jardim bastante funcional em apenas um corredor. Utilizando caixotes de madeira presos à parede, foi possível criar um jardim vertical muito bonito. Com destaque para as plantas suspensas na estrutura de madeira, foi possível deixar o ambiente mais fresquinho e, para não perder a luminosidade, as lanternas dão conta do recado.

Estofados e charmosos

Uma das possibilidades é reservar cantinhos no meio do jardim ou tomá-los ilhas, com espaço delimitado por pisos diferentes para abrigar o mobiliário do jardim. Essa dica vale para quem tem áreas verdes grandes ou pequenas, mas não pretende alterar sua extensão ou densidade para decorar o jardim. Com esses pequenos espaços, escolhendo móveis adequados ao seu tamanho é possível dar graça e leveza ao jardim. Com estofados resistente à água e ao sol, esse jardim ficou bastante convidativo.

Clássico

Ao escolher esse conjunto clássico para o mobiliário do seu jardim, é preciso levar em conta os cuidados com a madeira. Apesar de serem bastante resistentes, as madeiras que ficam em áreas externas precisam de cuidados constantes. Nada de pensar que o móvel de jardim é diferente daqueles que ficam dentro de casa e por isso suportam tudo. Eles possuem tratamentos contra o sol, as mudanças de temperatura e até sujeira, mas não ficam sempre bonitos se não forem cuidados.

Cobertura descolada

Cobertura Leblon : Terraços  por Escala Arquitetura
Escala Arquitetura

Cobertura Leblon

Escala Arquitetura

Essa cobertura no Rio de Janeiro ganhou mobiliário eclético e bastante colorido para compor o ambiente. A cadeira verde chama atenção por seu design inovador. Em contraponto com o sofá de madeira e estofado brancos, o mobiliário de jardim mostra que pode ser versátil. Mesclar estilos, cores e formatos têm tudo para dar certo.

Mais de uma utilidade

Esse painel usado como apoio de plantas é lindo, não? Pois saiba que além de fazer parte do mobiliário do jardim externo do condomínio eles estão ali com uma função: esconder os aparelhos de ar condicionado. Não parece uma ótima ideia? Esse artificio, encontrado como solução para o projeto desenvolvido por Eduardo Luppi Paisagismo, pode ser utilizado também em sua casa. Em menor escala, a ideia serve para camuflar não só os aparelhos de ar condicionado, mas também outras máquinas ou peças aparentes na área externa.

Jardim suspenso

Glass 1701 - Arq. Exterior: Terraços  por Tellini Vontobel Arquitetura
Tellini Vontobel Arquitetura

Glass 1701 – Arq. Exterior

Tellini Vontobel Arquitetura

Não se engane. Nem todo jardim precisa ter raízes presas ao chão para ser bonito e aconchegante. No alto desse edifício, é fácil dizer que esse jardim se tornou um espaço de encontro dos moradores do prédio. Reunindo plantas, água e espaços confortáveis para deitar e relaxar, esse projeto não teve receio de aproveitar as áreas externas para construir um ambiente de muito mais utilidade. Sem contar que esse jardim está alinhado às tendências mundiais, que pretendem cobrir de verde o alto dos prédios. Muito populares nos Estados Unidos e alguns lugares da Europa, os jardins no alto dos prédios são uma arma contra o aquecimento global e uma maneira de preservar algumas espécies de plantas.

Gostou das sugestões para os móveis de jardim? Conte-nos sobre o seu jardim. 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!