SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

9 dicas para organizar um closet

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Um closet bem organizado é um paraíso na Terra. Tudo é facilmente localizável, ficando bem à mão quando mais se precisa – e o melhor, sempre em perfeitas condições de uso. 

Sendo uma peça funcional, o closet deve ser pensado e planejado com bom senso, respeitando-se as condições ideais de acondicionamento e exposição. 

Para que isso seja possível, é preciso que você siga algumas dicas importantes que têm a ver com o planejamento do espaço e com o tipo de roupa, sapato ou acessório. 

Não importa se o seu closet é pequeno ou grande, estas orientações servem para todos os tipos de quartos de vestir. Muitas delas servem igualmente para simples armários, portanto você pode aplicá-las aos demais guarda-roupas da casa, se houver.

Conheça a seguir as dicas e orientações para organizar um closet de maneira eficiente e prática.

Planejamento do espaço

Para se ter um closet realmente funcional, é preciso atentar para detalhes como ventilação, temperatura, umidade e rachaduras. Nem é preciso dizer que um bom closet deve ser bem arejado: deixar os armários com as portas abertas algumas horas por semana ajuda a resolver essa questão. A temperatura do closet também deve ser moderada para não prejudicar a qualidade das peças com a exposição a extremos. Também a umidade deve ser controlada pelo mesmo motivo, por isso é recomendável que o closet esteja em perfeitas condições de estrutura, sem rachaduras e outros sinais de deterioração. Quanto aos compartimentos, procure instalar gavetas, prateleiras e suportes para cada tipo de roupa e acessório, incluindo aí a sapateira. Portas de correr ajudam a otimizar o espaço. E não se esqueça da limpeza periódica: uma vez por semana, tire o pó do closet e de seus armários e gavetas com pano seco ou espanador.

Estações

Lembre-se de que as roupas são divididas por estações, geralmente verão e inverno. Uma recomendação que é especialmente importante para closets pequenos é que as roupas da estação atual ocupe a frente dos armários e gavetas, guardando-se as roupas da estação anterior em caixas transparentes nas prateleiras mais altas. Assim, consegue-se manter os armários e gavetas sem excessos, o que favorece a ventilação. Uma boa ideia para o início de cada estação é se fazer uma triagem das roupas, sapatos e acessórios para doação. Itens que não se usou nos últimos dois anos dificilmente serão usados novamente, mas poderão vestir outras pessoas mais necessitadas. Dica semelhante vale para quando se compra uma peça nova: doe uma peça similar já usada.

Roupas

A primeira dica sobre a organização das roupas é que elas devem ser setorizadas por modelo: casacos, calças, camisas, blusas, saias, vestidos longos, vestidos curtos e assim por diante. Camisetas, lingerie, meias e biquínis devem ser colocados em gavetas. No caso de camisetas, elas podem ser enroladas para ganhar espaço. Já as meias e os biquínis não devem ser enrolados uns nos outros para não estragar a elasticidade das peças. Lingerie – sutiãs e calcinhas – pode ficar em gavetas com pequenos nichos para cada conjunto. A escolha dos cabides é importante: peças mais pesadas como casacos precisam de cabides mais estruturados, como os de madeira, devendo ser guardados abotoados, assim como as camisas. Jeans, jaquetas e vestidos em materiais mais casuais devem ser pendurados em cabides de plástico, que têm pequenos ganchos para alças. Já para vestidos em materiais nobres, o ideal são cabides acolchoados. Estas peças, quando pesadas, também podem ser guardadas em caixas transparentes e ventiladas. Já as malhas de cashmere e os tricôs devem ser acondicionados apenas em sacolas de filó ou TNT, jamais de plástico. 

Calçados

Closets  por In:Style Direct
In:Style Direct

Bespoke shoe cabinet

In:Style Direct

Os calçados devem ser colocados de pé em superfícies planas, como prateleiras ou gavetas próprias para este artigo. Existem suportes específicos para botas de cano longo a fim de não deformá-las. Não guarde seus sapatos em caixas, pois correm o risco de mofar e de deformar. Mantenha os calçados com pouco uso no fundo da prateleira, recheados com papel para manter o molde perfeito. 

Acessórios

Os acessórios são um capítulo à parte. As bolsas devem sempre ser guardadas com enchimento. As mais estruturadas podem ficar de pé na prateleira ou gaveta própria para elas. Já as bolsas moles precisam ficar deitadas em uma superfície. Por sua vez, os cintos jamais devem ser guardados enrolados. Eles devem ser dispostos retos pela fivela em suportes na porta do armário. Já aqueles sem fivelas devem ser colocados esticados sobre a superfície de uma prateleira ou gaveta. Finalmente, as joias e as bijuterias podem ser dispostas em pequenas gavetas com suportes apropriados para brincos, anéis e colares, entre outros. 

Cores

Há duas dicas importantes relativas às cores, uma com relação ao mobiliário e outra com relação às roupas. Armários, prateleiras e gavetas devem ser em tons neutros como branco, bege e madeira clara para dar destaque às roupas e tornar mais fácil encontrá-las. Já as roupas podem ser organizadas por cor pelo mesmo motivo. Assim, as peças estariam expostas por cor, da mais clara à mais escura ou vice-versa. Além de facilitar enormemente a localização dos itens, deixa o ambiente absolutamente lindo. Uma última dica sobre cores envolve caixas. Sabe as caixas com roupas do verão ou do inverno? Você pode escolher caixas de cores diferentes para cada uma das situações. Assim, é possível visualizar no armário onde estão as malhas de lã ou os tops.

Espelhos

Essencial em um closet é a presença de espelhos para que você possa fazer as provas de roupa e conferir o resultado imediatamente. Isso é ainda mais verdadeiro nos closets pequenos, pois dá amplitude ao espaço. Os espelhos podem inclusive ser as portas dos armários, o que otimiza o espaço, como aparece na imagem ao lado, em um projeto de Espaço do Traço Arquitetura. Lembre-se que é imprescindível uma boa iluminação para que os espelhos deem o máximo de si.

Iluminação

Closets  por Lamco Design LTD
Lamco Design LTD

Walk-in-wardrobe

Lamco Design LTD

E já que falamos de iluminação, nunca é demais salientar que a iluminação deve ser muito bem planejada em um closet, destacando as roupas, calçados e acessórios, assim como os espelhos. O closet é um lugar muito visual e exige portanto boa visualização de todos os elementos. Não deve ser uma iluminação que machuca os olhos, mas deve ser capaz de ajudá-la a fazer uma escolha acertada entre as dezenas de roupas penduradas ali.

Decoração

Por fim, não se esqueça de que o closet é um cômodo com uma função específica que deve ser plenamente atendida. Assim, a decoração não deve ser apenas bonita, mas também prática. Uma poltrona ou um pufe é necessário na hora da colocação dos sapatos e também nos intervalos de descanso entre as provas de roupa. O ambiente também deve ser aconchegante, por isso capriche no tapete, já que você vai ficar descalça bastante tempo quando provar um vestido de festa ou um tailleur para a entrevista de trabalho. Para outras dicas sobre closet, leia este artigo

Como deve ser o closet perfeito?
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!