Lofts: Casas modernas por canatelli arquitetura e design

6 erros a serem evitados por quem mora em sobrado geminado

Eduardo Prado – homify Eduardo Prado – homify
Google+
Loading admin actions …

Morar em um sobrado é algo sobre o qual muitas pessoas não abrem mão. Os sobrados oferecem conforto, segurança e, geralmente, são mais espaçosos do que casas térreas. Neste tipo de habitação, os espaços são divididos em ambientes sociais – geralmente no térreo -, e ambientes privados no andar superior – geralmente os quartos.

Uma das maneiras mais econômicas de morar em um sobrado é optar por residências geminadas. Construídos em um terreno desenhado com medidas simétricas, os sobrados geminados são encontrados com preços menores, já que o custo da construção também é mais baixo.

Embora muitas pessoas vejam nesta situação a oportunidade ideal de morar em um sobrado, nem sempre isto significa que a escolha não precise de algumas atenções especiais – especialmente quanto ao fato de dividir com um vizinho a estrutura completa do seu lar. 

Para falar um pouco mais sobre isto, hoje trouxemos algumas ótimas dicas para evitar algumas dores de cabeça na decisão de morar neste tipo de moradia. São erros comuns e que passam despercebidos em meio a empolgação de mudar para um novo lar. 

Por isto, siga conosco pelas dicas abaixo e confira algumas ideias sobre o que fugir para ter uma moradia mais confortável e agradável em um sobrado geminado. Com todos os cuidados tomados, temos a certeza de que o dia a dia será ainda mais feliz. Confira!

1. Não cuidar corretamente das instalações elétricas e hidráulicas

Sobrados Geminados: Casas modernas por mga.arq
mga.arq

Sobrados Geminados

mga.arq

Sobrados geminados têm um custo menor para a compra porque têm instalações exatamente iguais. Embora cada um dos lares conte com ligações independentes, muitas vezes o problema em um dos lados poderá acarretar consequências na casa ao lado. É essencial que, principalmente, as instalações hidráulicas estejam bem reguladas para que não ocorram vazamentos na estrutura divisada. Em caso de maiores problemas, mantenha o vizinho sempre bem informado.

2. Não marcar as divisões de espaço

CASAS VERDES CAMPOS: Casas modernas por hola
hola

CASAS VERDES CAMPOS

hola

fachada moderna de um sobrado sem grandes divisões de espaço agrada, mas, nem sempre resulta em uma boa escolha. Manter uma divisão bem definida dos limites de cada terreno é fundamental. Embora o bom senso seja sempre um caminho esperado, isto não significa que vá ser sempre seguido. Divisões mantém a privacidade e garantem proteção a ambas as residências. Um muro bem estruturado que atenda bem às duas casas poderá ser suficiente para que a paz reine por longos anos entre os vizinhos.

3. Não avisar aos vizinhos sobre possíveis reformas

Por menor que seja a reforma, quando se trata de casas geminadas, isto sempre afetará ambos os lares. Por isto, seja qual for o espaço a ser reestruturado, é imprescindível manter o vizinho bem informado sobre os procedimentos que possivelmente afetarão a casa ao lado. 

4. Não cuidar corretamente da limpeza da fachada

Casas iguais, mas com manutenções diferentes: nada pode ser mais prejudicial à vizinhança. A escolha de residir em sobrados geminados resulta em esforço necessário igual para todos os vizinhos. Um dos principais cuidados está na manutenção da fachada. A má limpeza de uma das fachadas acaba por incomodar também o visual do lar ao lado. É preciso manter a unidade nos esforços para que os lares fiquem igualmente agradáveis. 

5. Não dar uma personalidade própria ao seu lar

Ter uma casa geminada não necessariamente quer dizer que o seu lar deve ser totalmente igual à casa do vizinho. Pequenas mudanças, como a pintura, podem fazer toda a diferença para dar mais personalidade ao seu lar. Na imagem, por exemplo, as faixas coloridas na fachada oferecem individualidade visual para cada uma das habitações.

6. Não levar em consideração os ruídos alheios

Uma casa geminada significa um grande lar dividido ao meio. E isto significa também que os ruídos em um dos lados acabem surgindo também do lado oposto. Por isto, o reforço nas paredes é muito importante para garantir o sossego no dia a dia. Revestimentos com madeira, espuma, gesso acartonado ou até mesmo tapeçarias, são excelentes maneiras de garantir o conforto acústico do lar e, certamente, farão grande diferença ao longo a médio e longo prazo.

Gostou das dicas? Gostaria de deixar outras? Comente!
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!