10 ideias para a calçada na frente de casa | homify

10 ideias para a calçada na frente de casa

Jessica Perriello | Homify Jessica Perriello | Homify
Casa Buriti Arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris Casas modernas
Loading admin actions …

Embora a calçada fique na área externa, seja ela dentro de um condomínio ou em uma rua pública, ela ainda faz parte da composição e deve ser trabalhada junto com a fachada da casa, criando uma unidade estética. Podemos considerar que a calçada, juntamente com a fachada da casa, são o cartão de visita.

Além de ter calçadas bonitas, é preciso que os projetos de calçadas respeitem as normas e tragam segurança para todas as pessoas que utilizam esse espaço. As leis que normatizam os passeios públicos – calçadas – são municipais e mudam em cada cidade, então não construa sem consultar as exigências na área de planejamento urbano do seu município. Se a lei não for cumprida e a fiscalização visitar o espaço, será necessário adequar a calçada aos parâmetros exigidos e, caso isso não seja feito no estipulado período de tempo, você estará sujeito a multas altas. Algumas regras são básicas de como fazer uma calçada na sua casa estão presentes em grande parte das legislações municipais:

  • Se o terreno for mais alto ou mais baixo que o nível da rua, esse desnível deve ser vencido dentro do terreno. Além disso, as calçadas nunca devem ter degraus, todos os desníveis devem ser tratados com rampas.
  • Se houver alguma vegetação de grande porte no local onde será feita a sua calçada, também é necessário consultar os órgãos públicos de meio ambiente para conseguir autorização para o corte.


Nesse post, vamos mostrar 10 ideais de arquitetos da homify para calçadas externas de casa com dicas dicas de qual piso escolher para cada uma das situações.

1.Mesclando vários estilos

Aqui nesta imagem temos vários estilos mesclados na fachada, no jardim e na calçada. Notamos o uso de blocos de concreto, pedras brancas, grama, plantas, além do assentamento que a calçada teve com as pedras no tom bege. Tudo funcionou super bem, trazendo grande harmonia para a fachada da casa e uma jardinagem incrível.

2. Pedras para calçadas residenciais

Uma opção interessante na hora de pensar na calçada, invés de usar pisos, são pedras que podem ser assentadas, e depois levam o rejunte, é um trabalho um pouco mais artesanal, porém muito interessante.

O petit-pavè, que foi utilizado nesta calçada, é uma das pedras para calçadas externas mais utilizadas no mundo. Ela também é conhecida como pedra portuguesa ou mosaico português e é um técnica trazida pelos portugueses para o Brasil em 1901. Ela consiste em encaixar pequenas pedras irregulares, geralmente calcário branco e preto, para formar desenhos e adornos nas calçadas. A calçada mais popular do Brasil que foi feira com essa técnica é certamente a orla de Copacabana.

3. Blocos de granito

Na calçada pública foi utilizado o tradicional pavê de concreto, já no caminho entre a calçada e a casa, optou-se blocos de granito entalhados para criar este caminho, que parece estar flutuando.

O granito ou mármore são bons materiais para piso para calçada residencial, desde que tenham tratamento adequado. O ideal é que esse tipo de pedra receba tratamento flameado, jateado ou escovado para não escorregar.

4. Iluminando o caminho

Faz uma grande diferença quando pensamos no projeto de iluminação para área externa, inclusive para a calçada da casa, que geralmente é um ambiente esquecido. Os ponto de luz no chão deram charme para a calçada, que ficou lindíssima.

Se você está pensando em ideias de calçadas residenciais com jardim, nunca esqueça da iluminação. Além de valorizar muito a vegetação, torna o ambiente mais seguro a noite.


5. Paginação em círculos

Como a casa possui linhas curvas, o profissional replicou essa organicidade no modelo de calçada, que é cheio de figuras geométricas circulares, ficou super diferente e lindo!

Neste projeto também temos uma iluminação específica que conduz o visitante em todo o trajeto e ilumina as plantas. Podemos notar que as vegetações estão plantadas bem próximas à calçada residencial, é preciso ter cuidado na hora de escolher as espécies de plantas para que no futuro as raízes não prejudiquem a calçada.


6. Parece uma praça

Casa Barra 01 GEA Arquitetura Casas tropicais
GEA Arquitetura

Casa Barra 01

GEA Arquitetura

Neste projeto, a pedra para calçada é de ardósia em placas e o caminho circular cria esse ambiente de grama que lembra uma praça. As calçadas de casas simples podem ser lindas e a ideia de criar uma mini pracinha na frente de casa é incrível! Além de ter um jardim na calçada, você pode utilizar o espaço para conversar com os vizinhos e integrar a comunidade local.

7. Escadas na entrada

Por que não ter uma calçada de casa com escadas? Lembre-se de ter um acesso alternativo para a possibilidade de receber pessoas que tenham dificuldade em subir escadas. 

8. Combinando com o muro

Casa Malva, Bloco Arquitetos homify Casas modernas
homify

Casa Malva, Bloco Arquitetos

homify

Podemos observar uma grande harmonia na composição da fachada desta casa: o muro e a calçada tem o mesma cor terracota e o verde quebra a sensação de monotonia. O material utilizado no caminho são lajotas cerâmicas, que têm um custo muito acessível e provam que é possível desenvolver calçadas modernas e baratas.

9. Rústico

Para quem gosta do estilo rústico e calçadas com grama, esse exemplo de calçada é uma ótima opção. Pedras assentadas irregularmente no chão e um pouco de grama conferem um ar super rústico e aconchegante à fachada.

10. Tons claros

Mais uma vez temos um grande exemplo aqui de pedras petit-pavè para compor a calçada. Sem dúvida é uma ótima opção, pois as possibilidade de paginação e composição são infinitas, e, mesmo que tenha uma identidade visual bem característica, não existe uma padrão no modelo de calçadas, pode-se ousar e fazer algo muito legal e divertido.

Ficou inspirado com os modelos de calçadas para residência e se empolgou para para cuidar da sua calçada, ou planejar a reforma da sua casa? Separamos um post para te ajudar no planejamento.

Calçadas: 9 orientações fundamentais

Residencial Uberaba studio vtx Casas minimalistas
studio vtx

Residencial Uberaba

studio vtx

Observe as regras municipais – Especialmente aquelas sobre área de circulação exigida, inclinações permitidas e presença de obstáculos como árvores ou lixeiras. 

Estude o conjunto – Deve-se considerar o todo, como tráfego de pessoas e de veículos, ciclovias, arborização, iluminação, segurança e mobiliário urbano.

Obedeça a regra das três faixas – A primeira é para o acesso de veículos, a segunda para livre circulação de pessoas e a terceira para equipamentos urbanos.

Considere o escoamento da água – Para evitar acúmulo sobre a calçada e consequentes enchentes, recorra a gramados e revestimentos permeáveis como concreto.

Atente à acessibilidade – Considere as necessidades de cadeirantes e pessoas com deficiências físicas e pense nas possíveis quedas de idosos e crianças. 

Escolha o material certo – Deve-se considerar fatores como durabilidade, sustentabilidade, fácil manutenção, capacidade de nivelamento e acabamentos.

Não abra mão de resistência e durabilidade – Escolha material resistente a alto tráfego e que exija pouca manutenção ao longo do tempo.

Pense na estética – A beleza da calçada valoriza o imóvel, portanto invista em revestimentos bonitos como concreto estampado.

Verifique o custo/benefício – Procure sempre conciliar preço justo com material de qualidade e mão de obra especializada. 

O que é Croqui na Arquitetura? Tudo que Você Precisa Saber + 10 Exemplos
Arrow navigation 3b3136b1
Gostou destas calçadas?
Casas inHAUS Casas modernas

Precisa de ajuda para projetar a sua casa?
Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!