SOLICITAR ORÇAMENTO

Número incorreto. Por favor, corrija o código do país (+55 para o Brasil), código da cidade ou número de telefone.
Ao clicar em 'Enviar', confirmo que li os Política de privacidade e aceitei que a minha informação será processada para responder ao meu pedido.
Nota: Poderá anular seu consentimento enviando email privacy@homify.com com efeito futuro

10 fontes incríveis para jardins!

Gustavo de Campos Gustavo de Campos
Loading admin actions …

Seja num jardim de amplas dimensões ou naquele cantinho da casa em que você descansa após um longo dia de trabalho, as fontes são garantia de movimento para a visão, som relaxante para os ouvidos e refrescância para a pele que pode tocar suas águas. Usadas desde os tempos mais longínquos nos mais antigos jardins, elas são um elemento imprescindível para quem quer adicionar um toque de natureza aliado ao engenho humano. Elas já estavam presentes nos jardins de laranjeiras da Espanha do século XII, nas Villas italianas do Renascimento e, agora, também estão com toda sua elegância ao alcance do seu jardim. As fontes são mais do que água jorrando: são perpétuo o movimento da vida na escala da vida humana, fonte de leveza e paz na agitada rotina moderna.

Amplas dimensões e minimalismo líquido

Jardins  por Guido Ariotti
Guido Ariotti

Pavimento e fontana

Guido Ariotti

Linhas retas quebradas por uma forma circular. O contraste do piso rígido, o gramado verde e a semi-transparência dos jato d'água. Neste jardim aberto, com uma espetacular vista, a fonte é o toque de mestre num ambiente feito para ser caminhado e apreciado nas gostosas tarde de primavera. O som de sua água em constante movimento é a cereja no bolo de um jardim feito para recebê-la.

Cortina d'água

Situada num canto do jardim, que parece ser mal cuidado ou até mesmo esquecido, esta fonte acaba por convencer aqueles que tinham como primeira opinião esta conclusão apressada. A natureza, que ali cresce sem muito controle, é corroborada pela fonte cercada por pedras ornamentais. O contraste entre o volume monolítico de seu corpo principal, é diluído pela cortina de água que jorra, formando algo como uma pequena cachoeira, a qual dialoga com a vegetação rústica ao seu redor e as pedras que a cercam, transformando este lado do jardim em uma síntese das possibilidades que a natureza oferta quando controlada pelo ser humano.

Reflexo e reflexão em tamanho dimínuto

Jardim  por Primrose
Primrose

Eclipse Stainless Steel Sphere Water Feature

Primrose

Esta pequena fonte, talvez a menor deste artigo, parece, a primeira vista, apenas um detalhe a mais num jardim que pode ser presumido como complexo e rico em seus mais variados elementos. Entretanto, ela é mais do que isso. Assim como os melhores perfumes vem nos menores frascos, algumas das melhores fontes também vem nos menores formatos. O seu reflexo, capaz de abarcar 180° de visão do jardim numa única tomada de vista, ainda trabalha com o brilho da água contida nela e acaba por criar uma série quase ininterrupta de reflexões e luzes, não só físicas, mas também sentimentais.

Clássico revisitado

O seres marítimos adornando fontes são um tema corrente nas mesmas desde o Renascimento Italiano (ou até mesmo tema dos romanos, antes dos renascentistas). Um clássico nunca se desgasta quando não perde sua alma e nunca está fora de moda se ainda há quem o aprecie. Esse é o caso desta bela fonte realizada pela Gartentraum-de-Werner-Klopfleisch. Seus múltiplos jatos ainda ressuscitam os espíritos dos artistas mais antigos e trazem sensibilidade ao jardim que a tem.

A insustentável leveza da água

Jardim  por arQing
arQing

MEXICAN PATIO

arQing

O contraste e a harmonia são alguns dos conceitos mais trabalhados entre os arquitetos e paisagistas. O sábio jogo dos volumes sob a luz ganha novos aspectos quando manipulados por quem os entende. Esta pequena fonte é um exemplo perfeito disto. A solidez da esfera de pedra contrasta com a fluidez da água ao seu redor, mas se harmoniza, ao mesmo tempo, com a pequena mureta de pastilhas que contém o líquido. A transparência das águas desta fonte o peso da esfera maciça dão ares poéticos a esta pequena joia.

O querubim e o jardim

Mais um clássico das fontes de outrora. Um elemento que resiste ao tempo e prova que a tradição ainda vive na sensibilidade de alguns jardins. O querubim jorra água por seu vaso (ou outros elementos em fontes diversas) que cai numa pequena bacia de contenção e depois retorna para as águas calmas da fonte circular onde plantas acostumadas ao ambiente palustre crescem mais verdes do que nunca. O pequeno anjo parece abençoar a fonte com sua delicadeza e cuidado.

Som relaxante e jardim irrigado

Fontes não apenas objetos de decoração, certo? Se resta alguma dúvida esta fonte está aqui para provar a mentira que a afirmação contrário pode se revelar. Sem perder a beleza simples e minimalista de seus tons de cinza, esta fonte derrama água através de três pequenos canos, de uma altura que pode ser colhida, até mesmo com as mãos, para regar as plantas que convenientemente se encontram ao seu redor. Aquele vaso de lavanda não está tão exuberante por acaso.

Toda a França dentro de uma fonte

As fontes feitas como o bulbo de uma flor, adornadas de motivos marítimos e lacustres, ainda são símbolo da França e de sua elegância e sofisticação. Quando Estado ainda era Luis XIV, elas já brilhavam aos olhos mais intrigados e hoje em dia ainda mantem seu charme. A calma com que suas águas se movimentam fazem dela uma fonte excepcional quando assunto é charme discreto.

Austeridade clássica

As gárgulas das catedrais jorravam água de forma assustadora do alto das catedrais góticas, mas o leão sempre foi símbolo da coragem, nobreza e poder real, tenso assim se transformado num símbolo de pureza. Com certeza esse tema seria então incorporado às fontes. Consegue sentir a imponência desta fonte repleta de nobreza?

Fonte dos desejos

Uma fonte rústica ao estilo daquelas onde as pessoas costumam jogar moedas e desejar coisas em suas vidas. Ela funciona perfeitamente num jardim de amplo gramado cercado por belos espécimes vegetais. Seja para pura contemplação ou para sentar ao seu redor com os entes queridos, esta fonte é repleta de uma aura rústica porém sofisticada. 

Esta fonte dos desejos é também desejo do seu jardim? Leia mais sobre essas belas obras aqui e não deixe seus desejos continuarem a ser apenas moedas no fundo de uma fonte.

Quais suas fontes preferidas? Deixe suas ideias fluírem como água e nos conte quais mais te cativaram.
Casas  por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!