Banheiros rústicos por Fabio Carria

7 erros ao decorar o banheiro

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Dedicado aos rituais de higiene e beleza, o banheiro é utilizado diariamente, várias vezes ao dia, e, portanto, exige mais atenção na hora de decorar para que atenda perfeitamente a todas as necessidades. Um erro frequente é não prever áreas de armazenamento de produtos e aparelhos em quantidade suficiente para facilitar as atividades nesse espaço.

Outra coisa que também recebe menos atenção do que deveria é a iluminação, que deve favorecer a visualização de procedimentos de higiene e beleza. Junto com ela, deve-se pensar no espelho, essencial para essas mesmas tarefas. No mesmo conjunto de elementos, a cuba pode ser inadequada e comprometer o bom funcionamento do banheiro.

A decoração também pode ficar a desejar com o uso de tons escuros no piso e nas paredes, de tapetes sem anti-derrapante e de objetos em demasia, que poluem visualmente o espaço.

Conheça 7 erros ao decorar o banheiro e torne o seu muito mais útil e agradável!

Tons escuros

Um dos erros mais comuns na hora de decorar o banheiro é lançar mão de tons escuros no piso, nas paredes ou no mobiliário, até mesmo tudo isso junto. Tal escolha torna o banheiro pesado, sombrio e o faz parecer menor, o que é especialmente contra-indicado para banheiros pequenos, com exceção dos lavabos, onde a permanência é mais curta. O ideal é escolher branco, que dá a sensação de limpeza e pureza, ou tons neutros ou, ainda, materiais como madeira, que tornam o ambiente acolhedor.

Armazenamento insuficiente

Um banheiro é também um lugar de rituais de higiene e beleza, o que costuma levar tempo e exige uma infinidade de produtos e aparelhos. Portanto, o espaço deve contar com áreas de armazenamento apropriadas para esses materiais, assim como para toalhas. O ideal é ter um gabinete fechado sob a pia e, igualmente, prateleiras, nichos e cestos, de modo a guardar tudo que se usa no cotidiano durante as práticas de higiene e beleza.

Enfeites demais

Às vezes, as pessoas se empolgam e decidem enfeitar demais o banheiro, seja com quadros, painéis, vasos ou vidros de perfume. Isso polui o espaço visualmente e o torna cansativo – sem falar que a umidade e o calor podem danificar objetos decorativos e outros itens, especialmente os perfumes. A solução é tentar fazer uma composição comedida, com poucos objetos resistentes e coerentes com o estilo do banheiro.

Cuba incorreta

Muita gente erra na hora de escolher a cuba da pia. Para começar, ela tem que ter um tamanho proporcional para o tamanho do banheiro, ou seja, nada de cubas grandes em um lavabo ou banheiro pequeno. Também deve combinar com o estilo do ambiente para não acabar destoando e chamando muito a atenção. Por fim, a cuba deve ser profunda o suficiente para se lavar as mãos dentro dela sem esparramar água na bancada. Para isso, é fundamental também uma torneira não alta demais.  

Espelho desproporcional

Os espelhos redondos ou em outros formatos, com molduras trabalhadas, ficam lindos nos lavabos, que são usados apenas socialmente. Já os banheiros utilizados no dia-a-dia devem contar com espelhos retangulares ou quadrados na extensão exata da pia ou pouco menos. O objetivo é a visualização adequada do rosto e do colo na hora de se realizar as práticas de higiene e limpeza. De quebra, esse tipo de espelho é discreto no conjunto e ajuda a dar impressão de amplidão ao banheiro.

Iluminação inadequada

Um dos elementos mais negligenciados no banheiro é a iluminação. Feita de forma incorreta, ela deixa pontos escuros no ambiente, que o fazem parecer menor e que o tornam desconfortável e triste. A maneira certa de iluminar esse espaço é distribuir pontos de luz em toda a extensão do teto, de preferência com spots. Acima e nas laterais do espelho também deve haver pontos de luz para facilitar as atividades de higiene e beleza. Uma alternativa interessante é a instalação de fitas LED em torno do espelho.

Tapete errado

Banheiros modernos por ARKITURA GmbH
ARKITURA GmbH

Wellnessoase

ARKITURA GmbH

A rigor, no banheiro não deveria haver tapetes, pois existe um grande risco de as pessoas – especialmente, idosos e crianças – se enroscarem nele e tropeçarem ou caírem no chão. Mas muita gente acha agradável ter um tapete felpudo onde pisar ao sair do banho, evitando assim o piso frio. Nesse caso, é essencial que o tapete tenha uma película anti-derrapante na parte de baixo.

Qual é o erro do seu banheiro?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!