Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura

Fresquinha, casa tem 9 ideias para construir em lugares quentes

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Todo arquiteto sonha em projetar e construir a sua própria casa. Esta é a chance ideal de materializar as suas ideias e os seus conceitos sobre arquitetura e ousar na concepção da estrutura, da forma e dos espaços sem a interferência de terceiros. Mas uma residência é sempre o abrigo de pessoas reais com necessidades reais e não apenas uma vitrine. É assim que o arquiteto Wandenkolk Tinoco encarou o desafio de projetar sua casa, simplesmente como um lugar habitável. 

Hoje desembarcamos em Caruaru, Pernambuco, para apresentar um projeto residencial diferenciado, feito por um arquiteto para si mesmo. A casa prioriza o conforto térmico e os espaços externos, com destaque para o pátio interno, o coração da casa.  

Curioso para desvendar todos os ângulos e todos os encantos desta residência surpreendente? Então confira a seguir mais imagens e mais detalhes desta casa feita para acolher os moradores e proporcionar bons encontros.

1 – Jardim semelhante à vegetação natural

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

O arquiteto tem na jardinagem uma atividade relaxante e prazerosa. Portanto, um dos destaques do pátio interno é o jardim de distribuição espacial espontânea e estética orgânica, mas exuberante. O jardim é complementado a cada visita que o arquiteto faz ao viveiro.

2 – Quebra sol de madeira na fachada

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

A fachada norte foi protegida com um brise de madeira, permitindo que a sala de estar se abra para o exterior e controle a entrada de luz no ambiente. A casa do arquiteto, de acordo com suas próprias palavras, foi concebida desprovida de vaidade. 

3 – Uma parede de cobogós ondulados favorece a ventilação

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

A parede sinuosa feita de tijolos de dois furos aparentes, que lembram cobogós, marca e conduz os visitantes à entrada principal. Além disto, a parede funciona como divisória entre o espaço público e o espaço privado do pátio interno, garantindo a fluidez da ventilação e protegendo a intimidade dos moradores.

4 – ​Pé-direito duplo faz a sala de estar parecer maior

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

Na área social, uma parede dupla e ventilada, que protege o poente, e o pé-direito duplo, que potencializa a ventilação natural, asseguram o conforto térmico necessário. 

5 – Integrar os ambientes facilita a criação de espaços de convivência

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

Além da integração com a cozinha, que é aberta, o living room se integra com o pátio interno através de uma generosa porta de correr de vidro. O projeto priorizou a criação de espaços para a convivência, para receber amigos sempre ao som de música ao vivo, para as crianças espalharem seus brinquedos e curtir os momentos de brincadeiras, para os banhos de mangueira nos dias de sol e para ler um bom livro ou apenas para cuidar ou contemplar o jardim. Portanto, era fundamental ocupar a menor área possível do terreno. Dos 375 m² do lote apenas 75 m² foram ocupados no nível térreo para a distribuição dos espaços sociais, living room, cozinha, lavabo e área de serviço.

6 – ​O pátio é o coração da casa

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

O pátio interno, carinhosamente apelidado de “bebódromo”, é o protagonista do projeto. Todos os espaços estão organizados em torno do pátio, que funciona como área de lazer ao ar livre, embora uma parte esteja abrigada sob pilotis.

7 – Parede verde e cama baixa tornam os espaços surpreendentes

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

Na suíte máster o destaque é a parede pintada de verde, que dá personalidade ao ambiente, e a cama de plataforma larga e rebaixada, que realça a atmosfera minimalista e oriental do ambiente. 

Mais informações sobre decoração de quartos, você encontra aqui

8 – Uma horta criada com canteiros de concreto fica charmosa

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

No pavimento superior, sobre a laje da cozinha, foi implantada uma horta, onde são cultivadas verduras hortaliças e algumas ervam medicinais.

9 – Amplos beirais protegem a casa do sol

Casa do Arquiteto:   por Jirau Arquitetura
Jirau Arquitetura

Casa do Arquiteto

Jirau Arquitetura

A forma da residência é inspirada no modernismo da escola de pernambucana. Mas a qualidade dos espaços de convivência e o conforto térmico foram as principais preocupações do projeto. Neste sentido, os textos do “Roteiro Para Construir No Nordeste”, de Armando de Holanda, contribuíram para a elaboração de diversas soluções construtivas como a orientação adequada, no qual os espaços voltados para o lado leste e sul se abrem para o espaço externo, tirando proveito da luz e da ventilação naturais e da integração com o pátio interno. Além disto, a casa é protegida por amplos beirais, que bloqueiam o sol evitando assim a transmissão do calor das superfícies para o interior.

Você gostaria de ver mais projetos de casas com foco no conforto térmico?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!