Projeto: Casas coloniais por FLAVIO BERREDO ARQUITETURA E CONSTRUÇÃO

Casa rústica na serra carioca é perfeita para curtir o friozinho

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Alguns preferem o litoral, outros preferem o interior, mas todos concordam que a fuga da rotina para respirar novos ares e entrar em contato com a natureza traz enormes benefícios para o corpo, a mente e a alma. A ideia é buscar um lugar onde você esqueça as agitações diárias e experimente uma atmosfera relaxante e descontraída. 

Se você adora o estilo campestre e a atmosfera bucólica e tranquila do interior, você ficará encantado com o projeto desta casa localizada no Vale das Videiras, em Petrópolis, Rio de Janeiro. O projeto é de autoria de  Flavio Berredo Arquitetura e remete a um chalé inserido em uma paisagem natural exuberante e cercada de verde e plantas de diversos portes e espécies. O clima é absolutamente relaxante e inspirador, com o qual as superfícies de tijolinhos á vista, a estrutura de madeira aparente e o telhado cerâmico de planos inclinados combinaram perfeitamente. 

Confira mais detalhes e imagens deste projeto simples e coerente, que busca se integrar à paisagem natural circundante e criar um ambiente relaxante e acolhedor, para o deleite e satisfação absoluta dos proprietários.

Sala de estar e integração com o exterior

A sala de estar também se abre para o exterior, através de amplas janela emolduradas pelo revestimento de pedras. Aproveitando-se do potencial do lugar e das belezas do entorno, a tônica do projeto foi trazer a paisagem para dentro dos ambientes e otimizar o uso da luz e ventilação naturais para melhorar o conforto térmico e a sensação de bem estar dos moradores, que de qualquer ambiente, pode contemplar todo o esplendor da natureza exuberante do Vale das Videiras.

Para saber mais sobre projetos de casas rústicas, não deixe de conhecer o projeto espetacular desta casa em Campos do Jordão.

Fachada principal

A fachada principal é marcada pelas superfícies revestidas de tijolos à vista, que são predominantes e que transmitem rusticidade e uma sensação de calor e aconchego. Outro material que se destaca é a madeira, que compõe a estrutura aparente da residência e as esquadrias, e a pedra, que arremata alguns detalhes. Estes materiais naturais convivem com materiais arrojados, como o vidro das portas e janelas generosas que promovem a integração dos espaços internos com o exterior e trazem a luz natural abundante para os ambientes.

Hall de entrada

Ao desvendar o interior da residência notamos a predominância das superfícies brancas do piso e das paredes, contrastando com o aspecto rústico das paredes externas, revestidas de tijolos à vista. O toque rústico fica por conta das peças de madeira aparentes da estrutura e principalmente do mobiliário de madeira rústico, que realça o estilo campestre e a atmosfera natural do projeto. No hall de entrada, um aparador de madeira serve de barzinho e de apoio para artigos decorativos, que junto com acessórios, como a luminária de chão feita de cordas, o tapete e uma obra de arte, ornamentam o ambiente e realçam seu charme.

O protagonismo da madeira

Os espaços integrados do living room criam um ambiente mais fluído e agradável que também estimulam a convivência. O protagonismo da decoração é desempenhado pelo mobiliário rústico de madeira, que dá personalidade e rusticidade aos ambientes. Aqui uma cristaleira rústica de madeira, a bancada para refeições rápidas de madeira e os bancos de madeira com estrutura de ferro dialogam com as colunas e vigas de madeira e realçam a rusticidade do ambiente. O espaço se integra à cozinha por meio de uma janela emoldurada pela madeira.

Cozinha I

Na cozinha as paredes ganharam cor e vivacidade. A cor vermelha das paredes deu identidade e calor ao ambiente. Porém, o contraste com as cores suaves do piso e do teto evitou a exposição e o calor excessivos provocados pela cor vermelha. A bancada feita de alvenaria, os armários com portas de madeira e a faixa de ladrilhos que percorre a bancada e a área do fogão realçam o estilo rústico e colonial da cozinha. A paisagem natural é vista de vários ângulos pelas diversas janelas.

Espaço gourmet II

O espaço gourmet se integra também com o terraço externo, marcado pelo deck de madeira. Portanto, além do jogo de sombras produzido pela cobertura de bambu, um dos destaques do ambiente é a vista deslumbrante da paisagem natural circundante, descortinada pelos  amplos planos envidraçados com esquadrias de madeira. A integração com o terraço e com o espaço externo cria uma sensação de continuidade espacial que deixa o ambiente mais agradável e convidativo.

Cozinha II

Na cozinha, móveis de madeira natural, como a mesa de rodinhas e as prateleiras para utensílios, e em estilo rústico, como o armário de madeira branco, convivem com os eletrodomésticos de aço inox, como a geladeira, o fogão e a coifa. A combinação comprova que não é necessário um fogão a lenha e um lampião para criar uma cozinha rústica e charmosa.

Mais informações sobre projetos de cozinhas, você encontra aqui.

Espaço gourmet I

O espaço gourmet revela uma das vocações da residência, servir de refúgio de descanso e de lazer acompanhados de bons pratos. A porta de correr de ferro, na cor preta, marca a transição entre o espaço e à cozinha, integrando-os quando aberta. Aqui predominam as superfícies calorosas dos tijolinhos à vista. A cobertura feita de toras de eucalipto e bambu realça o estilo campestre e a sensação de aconchego. 

O que você achou da decoração dos ambientes deste refúgio na natureza? 
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!