Closets industriais por Sikora Wnetrza

11 passos para organizar as roupas em casa de uma vez por todas

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Quase todo mundo sofre desse mal. Quando a gente vê, já foi: o armário está aquela bagunça em que não se encontra mais nada. Mas existem dicas simples que podem ajudar a devolver a ordem ao armário (e mantê-la!) e, de quebra, tornar muito mais fácil escolher a roupa certa para se usar em uma determinada ocasião.

O ideal é que se limpe o armário e organize roupas, calçados e acessórios de duas a quatro vezes por ano, de acordo com a estação. Isso coloca em primeiro plano as peças mais adequadas para a época e manda para o fundo  aquelas que só serão usadas novamente muitos meses mais tarde.

Assim, é pela limpeza que a gente começa. As outras dicas virão a seguir. Faça bom uso delas e as suas roupas serão muito bem aproveitadas o ano todo! 

1 – Separe suas roupas, calçados e acessórios

Separe três caixas e comece a triar as roupas, os calçados e os acessórios tendo em vista três situações: conservar a peça, mandar consertá-la ou doá-la. Esta etapa leva tempo, pois exige avaliação e, muitas vezes, provas. Mas é absolutamente necessária. Se quiser, já pode ir pensando na próxima triagem com uma ação bem conhecida dos organizadores profissionais. Consiste em pendurar as peças com a ponta do cabide para fora, devolvendo-as ao cabideiro com a ponta para dentro. Ao final de um ano, é possível descobrir quais peças foram usadas e quais nunca saíram do armário, podendo ser dispensadas. Na verdade, se você não usa uma roupa, calçado ou acessório há um ou dois anos, essas peças são sérias candidatas à doação – o que poderá fazer feliz a alguém necessitado.

2 – Organize conforme o uso

Closets modernos por Centimetre.com
Centimetre.com

Dressing – centimetre.com

Centimetre.com

As peças que se usa mais sempre devem ficar na parte de cima das gavetas ou na parte da frente das prateleiras. Isso também tem muito a ver com a estação do ano: no inverno, as blusas de lã vêm para a frente das prateleiras, enquanto no verão são as blusinhas leves, as camisetas, os tops. O mesmo vale para os casacos, que tomam a frente no inverno, enquanto os vestidos leves são colocados em sacos plásticos ou de tecido. Na sapateira, a mesma regra vale: botas à frente no inverno e sandálias no verão. Tudo fica mais fácil quando não se precisa procurar no armário inteiro. Ah, vestidos de festa, que são pouco usados, devem ser mantidos em sacos plásticos ou de tecido para que se conservem melhor.

3 – Aprenda a dobrar as peças

Camisetas e camisas polo podem ser dobradas com a ajuda de uma prancha, para que fiquem do mesmo tamanho e ocupem melhor o espaço nas prateleiras ou gavetas. Nas gavetas, essas peças também podem ser enroladas ou, ainda, caso a gaveta seja funda, colocadas na vertical. As blusas de lã podem ser dobradas com o mesmo instrumento e empilhadas no alto das prateleiras, no fundo no verão e na frente no inverno. Meias não devem ser dobradas como uma bolinha, pois isso pode esgarçar o elástico. O mais correto é enrolá-las ou dobrá-las normalmente. Lingerie, por sua vez, deve ser colocada em divisórias em uma gaveta. Apenas os sutiãs de bojo devem ser deixados abertos ou, então, dispostos na vertical dentro da gaveta.

4 – Organize cores e estampas

Uma boa ideia para se organizar roupas de forma visual é separá-las por cor ou estampa. Assim, os casacos podem ser agrupados na cor preta, na cor azul, na cor cinza, na cor marrom e assim por diante. Da mesma forma, as roupas de lã também podem ser empilhadas na prateleira em grupos de cor, assim como as camisetas e blusas nas gavetas. Do mesmo modo, pode-se agrupar camisas ou vestidos por estampa: lisa, listras, floral, xadrez etc. Mas isso só funciona se existe grande quantidade de roupas nas diversas cores ou estampas. Caso não seja o caso, o melhor é agrupar as roupas por tipo: camiseta de manga longa ou curta, saia social ou casual, vestido social ou informal, casacos de couro ou esportivos, sobretudos, ternos, tailleurs, entre outros.

5 – Distribua as peças corretas para cabides ou gavetas

Casacos, sobretudos, camisas e vestidos devem ser pendurados em cabides de forma que a peça fique reta, sem nada dobrando-os ou amassando-os. Saias e calças também vão nos cabides, mas pode-se ganhar espaço com cabides próprios para calças, que mantêm penduradas várias peças de uma só vez. Se o dono do armário usa basicamente camiseta, pode ser melhor para ele pendurá-las em cabides também. Caso contrário, camisetas, blusas, tops, roupa de ginástica, pijamas, camisolas, meias e roupa íntima vão todos para as gavetas. Estas duas últimas peças ficam mais organizadas se forem colocadas divisórias nas gavetas.

6 – Separe as roupas de estação

Closets ecléticos por Rash_studio
Rash_studio

Гардеробная

Rash_studio

É sempre bom reforçar: sua vida vai ficar infinitamente mais fácil se você adquirir o hábito de mudar de lugar as roupas da estação, mandando para o fundo do armário ou prateleira as roupas da estação que já passou e trazendo para a frente as roupas da estação que está começando. Use capas de tecido para protegê-las do pó e do mofo, mas não faça isso com roupas de couro. Estas não devem ficar dobradas, portanto continuam penduradas no armário. Já os calçados devem ser reorganizados na sapateira conforme a estação para facilitar o uso. Não os deixe em caixas, pois podem mofar. 

7 – Tenha locais específicos para calçados e bolsas

Os calçados não devem ficar amontoados uns sobre os outros no chão do armários, pois podem acabar danificados na forma ou mofar. O jeito certo é ter prateleiras com espaço suficiente para se colocar os pares bem folgadamente. Dessa forma, é bem mais fácil localizar um determinado par de sapatos e você pode até organizá-los por cor. Botas de cano longo ou curto devem receber cuidados redobrados. No caso de canos longos, é recomendável pendurá-los em cabides longe do chão, de modo que o cano fique reto e não deforme. Já as bolsas devem ter também seus próprios nichos, onde são depositadas de pé as de material firme e deitadas as de material macio. 

8 – Posicione em cabides gravatas, cintos, lenços e cachecóis

Gravatas, cintos, lenços e cachecóis podem ser organizados verticalmente em cabides ou ganchos de modo a não danificar as peças. Mas é possível também mantê-los enrolados em gavetas com divisórias, desde que haja espaço suficiente para que as peças fiquem com folga. Esses acessórios são delicados e pedem atenção frequente tanto durante o uso quanto durante o armazenamento para evitar deformações ou outros danos ao seu material. 

10 – Organize brincos e anéis em gavetas

Entre os acessórios estão as bijuterias e joias, que exigem também bastante cuidado. Um bom modo de organizar brincos, anéis, colares e pulseiras é ter uma gaveta com um fundo próprio para encaixe das peças. Dessa forma, evita-se a perda de tarrachas de brincos, conserva-se a forma dos anéis e impede-se que colares e pulseiras se enrosquem uns nos outros. Também é uma forma de se visualizar as peças e sempre saber onde elas estão, já que não ser mais deixadas em cima da mesa ou da pia. 

11 – Encontre caixas de diferentes formatos para diferentes objetos

Mais fácil do que organizar um armário de roupas, calçados e acessórios é mantê-lo organizado cotidianamente. Você já tem tudo de que precisa e sabe que, providenciando um lugar para cada coisa, fica muito mais prático deixar tudo em ordem. Faça bom uso das caixas também: caixas de papelão ou de plástico vazado podem servir para guardar roupas de inverno no verão, caixas redondas podem organizar chapéus e bonés, e assim por diante. Pesquisando, você sempre pode aprender novas técnicas ou formas de facilitar a sua vida. 

E, por último: boa sorte e bom trabalho!

Qual é a sua dica de organização de roupas?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!