Salas de estar ecléticas por Tiago Patricio Rodrigues, Arquitectura e Interiores

8 dicas para pintar a casa como um profissional (e não morrer tentando)

Marina Mantovanini – Homify Marina Mantovanini – Homify
Loading admin actions …

Um ambiente bem pintado e com a cor certa pode ser muito mais atraente e convidativo, mesmo que ele não tenha grandes detalhes decorativos. E para isso, não há necessidade de contratar um profissional, porque se você colocar esforço e aprender como pintar corretamente, você consegue poupar algum dinheiro e ficar satisfeito e orgulhoso pelo trabalho feito com suas próprias mãos.

Para muitos pode parecer uma tarefa complicada e impossível, mas, se você seguir algumas dicas, você pode chegar lá. É preciso ser prolixo, seguir algum método e escolher os materiais e a cor para não lamentar os resultados no final. O melhor é começar por um pequeno espaço para testar se você está pronto para isso. Se você passar no teste, é a hora de pintar ambientes maiores e, quem sabe, toda a casa. Neste livro de ideias, você vai conferir algumas dicas muito úteis.Vamos lá?

1. Faça uma lista dos materiais que vai usar

Antes de começar a pintar, você deve fazer uma lista de todos os materiais que serão necessários e conseguir grandes pedaços de plástico, tecidos obsoletos ou jornais. Tudo isso vai proteger os móveis, lâmpadas e objetos que não podem ser removidos do ambiente.

Com certeza você vai precisar de rolos, pincéis, espátulas, massa, cimento de secagem rápida, thinner, lixa, látex e esmalte sintético.E ainda, extensor de rolo, bandeja para colocar a tinta, escada, fita crepe, panos para limpar, luvas de borracha e fundo preparador adequado ao tipo de superfície.

2. Escolha a cor de acordo com o cômodo e seus ocupantes

Quarto infantil  por Kinderkamervintage
Kinderkamervintage

Gestylde meisjeskamer pastel door kinderkamervintage

Kinderkamervintage

A cor escolhida pode ajudar a ampliar visualmente um espaço, a adicionar brilho, a complementar a decoração e até mesmo dar uma sensação de relaxamento. Muitas garotas, por exemplo, sentem-se bem por ter um quarto pintado com com tons considerados femininos e complementado com vinil autoadesivo, já os homens são fascinados pelos tons vibrantes e cheios de energia.

3. Prepare as paredes

Antes de começar a pintura, é necessário que todas as paredes estejam em boas condições, sem partes soltas ou com rachaduras. Você tem que remover a tinta descascada com uma escova de arame e reparar imperfeições com massa ou cimento de secagem rápida. Quando estiver seco, lixe cuidadosamente. Depois, passe uma escova de cerdas para remover o pó e aplique uma mão de fixador. Pode ser uma tarefa tediosa, mas garante o sucesso do trabalho. Ao mesmo tempo que este passo faz com que a parede não absorva muita tinta, ajuda que ela tenha uma aderência perfeita.

Verdadeiro ou falso? Veja se você realmente sabe como pintar a sua casa aqui.

​4. Rolos para paredes, pincéis para os cantos, esmaltes para os caixilhos

Você pode pintar com trincha ou rolo. Nas paredes interiores, o mais simples é a utilização de tinta à base de água ou de látex aplicadas com um rolo. Já nas bordas e cantos é melhor usar um pincel porque é mais simples e são alcançados melhores resultados. Na hora de pintar os caixilhos, as portas e as janelas opte por um esmalte sintético, já que estes locais precisam de uma tinta mais resistente, ideal para áreas mais expostas ao contato.

​5. Como pintar tetos

Para os tetos, você deve escolher uma tinta especial com uma consistência que favoreça a aplicação para evitar respingos desconfortáveis. Se a tinta for aplicada em banheiros ou áreas com presença de umidade, escolha marcas que trazem substâncias antifúngicas. Isso ajudará a evitar as manchas pretas desagradáveis que geralmente aparecem após a exposição prolongada ao vapor ou umidade.

6. Calcule a quantidade de tinta que precisará

 Para calcular a quantidade de material necessário, você terá de medir a superfície que vai ser pintada. Cada mão de pintura de látex de boa qualidade é suficiente para cobrir 10 metros quadrados e 6 metros caso a qualidade seja inferior ou se a parede é muito difícil. Às vezes, é mais conveniente gastar um pouco mais com uma tinta melhor, já que você poupa trabalho e material. O esmalte sintético cobre 12 metros quadrados por mão. Para melhorar o rendimento, aplique primeiro uma mão de fixador.

​7. Ouse com texturas, drapeados ou outros efeitos especiais

O drapeado e o esponjado são maneiras de pintar uma parede, sem a necessidade de obter resultados perfeitos. É necessário apenas que o reboco esteja em boas condições, sem partes soltas, para que não fiquem áreas brancas quando o trabalho estiver finalizado. Para fazer estes tipos de textura, você tem que escolher duas cores complementares e usar uma na base da outra para criar a ilusão de textura. Você pode usar panos, esponjas marinhas, rolos especiais, sacos de plástico ou qualquer coisa que sirva para depositar uma pintura sobre a base formando desenhos livres. 

​8. Pintar a parede com tinta lousa é uma ideia simples e muito interessante

Escritórios  por G7 Grupo Creativo
G7 Grupo Creativo

SECTOR LIVING Y PIZARRA

G7 Grupo Creativo

 Atualmente está na moda transformar as paredes em lousas através de uma tinta especial. Além de ser uma ideia decorativa é, ao mesmo tempo, alegre e prática, especialmente se você tem crianças e adolescentes em casa. Você pode aplicar esta tinta como qualquer outra tinta, mas o ideal é passar duas ou três camadas para conseguir um melhor acabamento.

Qual dica você achou mais importante?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!