Jardins  por Gullaksen Architects

Vasos e canteiros para jardins pequenos: 10 ideias incríveis

Marina Mantovanini – Homify Marina Mantovanini – Homify
Loading admin actions …

Muitas pessoas pensam que as jardineiras não são muito pequenas e que, por conta disso, ocupam um espaço considerável de um jardim. Assim sendo, geralmente optam pelos vasos que podem variar de tamanho e que se ajustam a espaços grandes ou pequenos.

No entanto, esta é uma avaliação generalizada já que existem tantos vasos enormes como jardineiras pequenas. E é precisamente nesta segunda alternativa que Homify vai concentrar suas ideias para lhe mostrar que não é só possível desfrutar de jardineiras em espaços minúsculos, como elas também trazem um colorido novo ao seu jardim.

Você nunca imaginou que poderia optar por jardineiras em pequenos jardins? Veja com seus próprios olhos!

1. Misture jardineiras e vasos

Mostra de Ambientes de Sete Lagoas - Cozinha Gourmet e Área Livre de Lazer: Jardins modernos por Lider Interiores
Lider Interiores

Mostra de Ambientes de Sete Lagoas – Cozinha Gourmet e Área Livre de Lazer

Lider Interiores

Quando o espaço que compõe o jardim é muito pequeno, os cantos não podem ser esquecidos. Especialmente ao instalar floreiras, já que sua forma angular permite a criação de desenhos simples que não ocupam tanto espaço como retângulos ou quadrados.

Quanto ao fato de misturar as jardineiras com os vasos, esta opção é interessante quando não há tanto espaço para o verde nas floreiras. Neste caso, a presença de verduras e ervas nos vasos traz uma diversidade ao jardim sem acabar completamente com os espaços livres. 

2. Use jardineiras longas e estreitas

Existem diferentes motivos para um jardim ser reduzido: ele pode ser estreito no comprimento ou na largura ou ter uma configuração muito estranha que pode impedir a sua utilização. Portanto, é necessário que antes de colocar suas jardineiras em um pequeno quintal, você deve analisar bem a estrutura do lugar. 

Por exemplo, se o seu jardim é longo, mas não muito grande, a pior coisa que você pode fazer é optar por jardineiras pequenas e separadas. Para aproveitar melhor o comprimento, escolha peças não muito largas, mas extensas. 

3. Subindo pelas paredes

Ao instalar jardineiras em pequenos espaços, as paredes podem ser boas aliadas. Como? Use o o muro vertical para pregar ou construir jardineiras que são capazes de acomodar um bom número de plantas. Uma vez feito isso, você só precisa ter cuidado com o tipo de vegetação que vai plantar e com a manutenção das paredes. Lembre-se que plantas que acumulam uma grande quantidade de umidade podem danificar as paredes.

4. No chão, mas com um formato inteligente

Casas coloniais por Estudio Ideas
Estudio Ideas

Exterior Jardinera

Estudio Ideas

Parece um pouco arriscado colocar jardineiras no chão, especialmente quando a última coisa que queremos é subtrair espaços ou ter algo que atrapalhe a passagem.

Mas não há nada que uma ideia inteligente não consiga salvar. Por isso, se você já decidiu que o local das jardineiras é o chão e, ainda por cima, a parte central dele, pense em um formato que seja interessante. Por exemplo, crie um um caminho que não fique no meio da passagem e que ao mesmo tempo, você possa desfrutar de suas plantas.

5. Linhas curvas para ambientes homogêneos

Se você já ouviu falar que o formato dos cantos de qualquer peça pode determinar o design de um espaço, essa frase é verdadeira e vamos explicar porquê. Acontece que quando os cantos de um item, neste caso das jardineiras, são pontiagudos, eles indicam uma finalização do lugar. Já se a divisão dos cantos é curva, tem-se um ambiente visualmente muito mais homogêneo. Que tal experimentar no seu jardim?

6. Entre os vãos livres do seu piso

Jardins modernos por Paisaje Radical
Paisaje Radical

Tratamiento de pavimento y vegetación

Paisaje Radical

E para que os não os volumes não ocupem a pouca dimensão que você tem em seu jardim, você pode optar por criar ou melhor, definir seus canteiros de flores em vãos que não foram colocados nenhum piso. Depois que você decidir os locais, escolha as plantas e torne seu quintal mais verde.

Veja dicas para decorar pequenos jardins aqui.

7. Jardineiras em diferentes níveis

A ideia é trabalhar com os diferentes níveis do piso. Quando não se tem muito espaço, você pode criar prateleiras com a capacidade de abrigar muitas plantas..Portanto, quando plantamos em floreiras, nada nos impede de criar com elas alguns níveis em um dos lados e, assim, separar uma área apenas para a vegetação.

8. Ilusão de ótica

Se antes de optar pelas jardineiras, você já sabe que elas vão reduzir significativamente o tamanho do espaço, é melhor colocá-las de uma maneira uniforme. Como fazer? Não diminuindo a dimensão de apenas uma das extremidades, o melhor é reduzir todos os lados igualmente. Desta forma, você não dará a impressão de que o local está menor, e sim, vai dar a ideia de que o tamanho do seu jardim sempre foi este.

9. Apenas um lado sem jardineiras

Jardins  por Gullaksen Architects
Gullaksen Architects

Moroccan style garden

Gullaksen Architects

Esta ideia, similar à anterior, é a instalação de jardineiras em quase todos os lados do quintal. É preciso deixar apenas um lado livre que permite que você se conecte com o resto de sua casa. Por sua vez, ele também será o espaço para remover a ideia de saturamento que você possa ter. Lembre-se que em um lugar pequeno, quando todos os lados estão ocupados, as dimensões (visualmente) parecem menores.

10. Jardineiras no alto

Jardins modernos por Deck-linéa
Deck-linéa

Palissade IdéAl – Deck-linéa

Deck-linéa

E vamos fechar com uma sensação de altura. A ideia é colocar as jardineiras no topo das paredes que delimitam o seu jardim. Quanto mais largas são essas diivisões, mais plantas podem ser acomodadas neste espaço. 

Agora você só precisa escolher as plantas para embelezar suas jardineiras, já tem alguma em mente?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!