por Oscar Hernández - Fotografía de Arquitectura

Feita de blocos de concreto, casa ficou chique e elegante

Tony Santos Arquitetura Tony Santos Arquitetura
Loading admin actions …

Em geral, as casas feitas de alvenaria de tijolos são rebocadas e posteriormente pintadas para dar um aspecto mais liso e bem acabado às superfícies externas e internas. Mas o papel do arquiteto também é inovar e quebrar paradigmas, seja por questões técnicas, econômicas ou estéticas. No caso desta casa, construída com blocos de concreto, o arquiteto inovou ao deixá-los sem acabamentos, de modo a valorizar a estética brutalista dos blocos e também reduzir os custos da obra.

Hoje apresentamos uma casa diferente do que estamos acostumados a mostrar aqui. Você vai notar que a residência foi construída com blocos estruturais de concreto que dispensam o uso de pilares e foram empregados sem acabamento, exibindo sua aparência crua. Além da proposta estética ousada, o projeto de interiores da residência faz uso de soluções simples e baratas, que priorizam o conforto e a funcionalidade.

Curioso para desvendar todos os ângulos e todos os encantos desta residência brutalista com ótimas ideias para uma construção e decoração de baixo custo? Então confira a seguir mais imagens e mais detalhes desta casa singular, com soluções surpreendentes que vão te agradar em cheio. As imagens são de autoria de Oscar Hernández – Fotografias de Arquitetura.

​Living room

No living room, que integra a sala de estar e a sala de jantar, além do mobiliário de design contemporâneo e linhas sobreas, sem ornamentos, como a estante de estrutura metálica e a mesa de madeira aparente, acessórios como a luminária de chão e uma obra de arte complementam a decoração do ambiente, dando-lhe mais personalidade.

​Integração com o espaço externo

Embora as paredes de blocos de concreto possam transmitir uma impressão de espaços demasiadamente fechados, os espaços internos priorizam a integração com o espaço exterior, através de generosas portas de vidro.

Mobiliário com função de humanizar

Um dos desafios do projeto era humanizar os ambientes e dotá-los de personalidade, quebrando a neutralidade e a frieza causada pelas paredes de blocos de concreto aparentes. É o mobiliário, portanto, que desempenha esta função de humanizar os ambientes. O mobiliário segue a linguagem brutalista do projeto arquitetônico, destacando-se pelo design simples e pela funcionalidade.

Cozinha

A cozinha é compacta mas dispõe de todos os equipamentos e de toda estrutura necessária para proporcionar o máximo de conforto e praticidade aos moradores, integrando inclusive a máquina de lavar. Organizada em forma de L, a cozinha é composta de armários de madeira planejados, bancadas de granito, na cor preta, e de pendentes que iluminam e realçam a elegância do ambiente.

Home-office

O programa de necessidades inclui também um home-office, que conta com uma estante metálica de prateleiras de madeira, que dialoga com a linguagem brutalista do projeto e agrega funcionalidade ao ambiente.

Quarto

No quarto do casal foi escolhido o piso de madeira para trazer aconchego ao ambiente e conforto ao ambiente

Mais informações sobre projetos de quartos, você encontra aqui.

Prateleiras simples e eficientes

Na decoração foram empregados mobiliário de madeira, como os criados-mudos e o rack, e soluções práticas e baratas como a estante desmontável com prateleiras de madeira e suportes de livros e Dvds fixados à parede. Na estante, os objetos são guardados em caixas de cores distintas, que dão um toque de descontração e mais personalidade ao ambiente.

Se você gostou desta casa feita de blocos de concreto, então leia esta artigo com mais uma casa incrível construída com blocos de concreto, uma solução barata e eficiente.

Pátio interno

O projeto combina materiais usuais, como os blocos de concreto aparentes, venezianas metálicas, pintadas de preto, e planos envidraçados, que conforme o arranjo, criam espaços fechados ou abertos. Os painéis de vidro são utilizados para o melhor aproveitamento da luz natural e para descortinar as vistas para o espaço externo. Neste espaço, é possível se sentir fora sem estar fora. 

Fachada principal

A residência apresenta uma forma moderna, composta de volumes retangulares, ora opacos, ora transparentes e abertos para o espaço externo. A proposta do projeto foi explorar uma linguagem estética conhecida como brutalista, em que os elementos construtivos são empregados em seu estado bruto, portanto, sem acabamentos. Este tipo de obra é mais visceral e explora as qualidades estéticas naturais dos materiais. Nada é Escondido ou disfarçado. No lugar das superfícies lidas e homogêneas das paredes acabadas, temos os blocos de concretos expostos dispostos em fileiras com rejunte.

Você construiria uma casa de blocos de concreto sem acabamento?
Casas modernas por Casas inHAUS

Precisa de ajuda para projetar a sua casa? Entre em contato!

Encontre inspiração para sua casa!